American Hustle

Lançamento: 7 de fevereiro de 2014
Com: Christian Bale, Bradley Cooper, Amy Adams
Gênero: Comédia dramática

Dirigido por David O. Russel o filme Trapaça levou para casa três Globos de Ouro e dez indicações ao Oscar. Repetindo a parceria de atores o diretor americano consegue mais uma vez, desde O vencedor (2010) e O Lado Bom da Vida (2012) ser aclamado pela crítica e tem merecido as suas indicações como melhor diretor.
O filme conta a história de um vigarista Irving Rosenfeld interpretado por Christian Bale (melhor ator para mim em entrega de personagem, sua preparação de visual é sempre muito bem feita! Oscar cadê você?). Irving cresceu dando pequenos golpes como: quebrar janelas e vitrines de lojas pela sua cidade apenas para dar mais serviço para o seu pai, vidraceiro da região. A partir daí, iludido com a vida fácil ele não parou mais, conseguiu muito dinheiro em cima de seus golpes brilhantes e nunca foi pego. Quando Irving conhece sua futura parceira e amante Sydney Prosser (Amy Adams) as coisas pareciam perfeitas. Sydney era astuta e especialmente sedutora, algo essencial para o meio. Nesse cotidiano de trapaças e manipulações o casal é pego em uma armação pelo agente do FBI Richie DiMaso (Bradley Cooper).

Os dois vigaristas são forçados a colaborarem e configurarem uma operação para prender políticos e federais corruptos da região, inclusive colocar sob investigação o prefeito da cidade de Camden, New Jersey, Carmine Polito (Jeremy Renner). Tudo é basicamente “simples” e envolvidos no mundo perigoso da máfia em uma trama que nenhum deles esperavam o plano de Irving e Sydney parece perfeito até que Rosalyn Rosenfeld, a esposa traída de Irving (Jennifer Lawrence) passa a ser a chave de tudo. Com uma personalidade desequilibrada e totalmente imprevisível, fica nas mãos dela a capacidade de mudar toda a trama nesse meio de golpes com mais uma grande reviravolta.
Falando dela não poderia deixar de comentar sobre a interpretação de Jennifer. Mais do que conhecida pelo seu jeito irreverente e espontâneo, em uma de suas melhores cenas, ela canta a música de Paul McCartney Live and Let Die e está perfeita. Muito bom mesmo! Para mim revelou a grande capacidade dela de interpretar personagens malucas, assim como Tiffany Maxwell de O Lado Bom da Vida
Ambientado em 1978 e vagamente baseado na operação do FBI chamado de ABSCAM, o escândalo que acarretou a maior operação com o objetivo de derrubar funcionários públicos corruptos, Trapaça é um filme que segue uma receita de realidade aumentada com atuações exageradas e envolventes.

O filme pode ter pecado em algum ponto em seu roteiro mas o grande diferencial é o elenco arrebatador, personagens marcantes com diálogos memoráveis e atuações impecáveis. A Trapaça já saiu de cartaz, mas assim que sair para venda não deixem de assistir, se quiserem dar umas boas risadas em uma trama inteligente este é o filme certo para você.

rela
ciona
dos