Resenha: Carta de Amor aos Mortos

Título Original: Love Letters to the Dead
Autora: Ava Dellaira
Ano: 2014
Editora: Seguinte
Páginas: 344
Compre aqui

Olá pessoal tudo bem? Hoje falarei de um livro que acabei ganhando em um top comentarista do blog da Amanda Almeida parceira aqui do Estante. 

Antes de qualquer coisa devo dizer que Carta de Amor aos Mortos falará sobre perdas, depressão, abuso e a importância da estrutura familiar para jovens adolescentes. Mas o principal falará também sobre suporte e superação. Mas fique tranquilo, tudo isso é abordado de uma maneira muito sutil pela autora Ava Dellaira, de forma que você vai se adaptando a tudo, naturalmente conforme vai lendo está bela e exemplar história.

Aperte o Play e boa leitura!
O livro é narrado por Laurel no formato de cartas, o que torna a leitura muito mais interessante e fluida. Ela começa a escrever estas cartas através de uma tarefa dada por sua professora de inglês e o objetivo era escrever uma carta para alguém que já havia morrido. A tarefa passa a virar um hábito de Laurel e é aí que a nossa protagonista começa a colocar para fora toda sua história e seus segredos mais obscuros.

Um dos pontos que mais me chamaram a atenção no livro, foi o fato de que algumas dessas cartas tinham como destinatários artistas do qual eu sou muito fã, dentre eles Kurt Cobain, Amy Winnehouse, Heath Ledger, etc. E o fato de muitas dessas cartas carregar também, parte da biografia desses artistas torna tudo ainda mais real. Ah e é claro, além de trazer uma trilha sonora igualmente inspiradora e nostálgica para mim.

Há poucos meses, Laurel perdeu sua irmã e melhor amiga May. Sem o apoio da sua mãe e com a ajuda limitada de seu pai e de sua tia, Laurel com apenas 15 anos tenta agora não se sentir perdida, culpada e sozinha. Ao se mudar para outra cidade e escola, ninguém saberia de nada daquilo que a atormentava e esta era sua chance para construir um novo futuro, deixando no passado sua tragédia familiar. Porém nem mesmo ela saberia se seria capaz de supera-lo.

"É possível ser nobre, corajoso e lindo e ainda assim desabar"

O livro parece ter todo seu enredo claro para o leitor, como se fosse apenas uma jovem tentando seguir em frente, que busca forças para compartilhar sua história e que grita por ajuda. Laurel sabe que sozinha ela ficara estagnada em sua tristeza deixando passar por seus olhos os melhores momentos da sua vida mas não para por aí, vamos ser surpreendidos por algo a mais por trás de tudo isso, e isso que engrandece o livro.

Apesar do livro ter uma temática pesada, sua rotina na nova escola faz que o livro também tenha partes mais leves, como o surgimento de novas amizades. Eu sinceramente, não poderia pedir amigos melhores para a vida de Laurel. E sim, eu vibrei com o desenvolvimento do romance lindo entre ela e o mais do que especial Sky. Obviamente, estes personagens também têm seus dramas, mas é nesta "troca" de experiências que Laurel encontra mais coragem para sua vida.

"Queria que Sky me visse como perfeita e linda, como eu via May. Mas na verdade, todos nós temos sangue e entranhas. E, por mais que eu estivesse me escondendo dele, acho que parte de mim sempre quis que Sky me visse de verdade - e soubesse das coisas que tinha muito medo de contar. Mas não somos transparentes. Se quisermos que alguém nos conheça, precisamos nos revelar a essa pessoa."

Fico aqui imaginando quantos pessoas tem, tiveram ou terão uma experiência de vida como Laurel, Com apenas 15 anos de idade, quantas pessoas conseguem forças para superar tudo, a o que elas se agarram? Por que outros não conseguem? Diálogo, família, laços e compreensão, para mim são a chave para que nada disso aconteça.

Mesmo assim, Carta de Amor aos Mortos não foi um livro que mexeu totalmente comigo sabe? Fiz uma comparação injusta dele com Um Caso Perdido e admiro a coragem da autora por abordar temas tocantes e desenvolve-los muitíssimo bem. Por estes temas, não é uma leitura super rápida mas tudo é valido pela quantidade de frases tocantes e bem inseridas que a autora consegue colocar no livro (haja posts'it!), que é do tipo que te passa uma mensagem gratificante ao finaliza-lo, mostra sem dúvidas, o quanto as pessoas precisam de suporte e que sozinhas o caminho é muito mais perigoso.

Mesmo aos pedaços, temos que ter forças para gritar por socorro e só assim poderemos ter ajuda, podemos recomeçar e reconstruir a alma, superar o luto ao qualquer outro tipo de dor que esteja presente. Nada será como antes, é verdade mas tiraremos algo como aprendizado e que podemos encontrar nas pessoas, outras motivações.

"Talvez ao contar as histórias, por pior que sejam, não deixemos de pertencer a elas. Elas se tornam nossas. E talvez amadurecer signifique que você não precisa ser uma personagem seguindo um roteiro. É saber que você poder ser a autora."

Laurel aprendeu e você leitor também aprenderá que não é se fechando para o mundo que conseguiremos nos libertar dos nossos fantasmas mais sombrios e sim é compartilhando seus sentimentos para que alguém te escute e te estenda a mão pois sempre haverá alguém para te puxar. Na capa do livro temos uma mensagem de Stephen Chbosky, autor de As Vantagens de ser Invisível que fala que Cartas de Amor aos Mortos é o anúncio do surgimento de uma nova voz literária corajosa. Eu concordo plenamente.

58 comentários

  1. Desde que fiz minha parceria com a cia, eu quero mto ler esse livro! :(
    Beijo! Adorei a resenha!

    http://evolucaoliteraria.blogspot.com.br/2014/08/resenha-maldicao-do-tigre.html

    ResponderExcluir
  2. Olá Joi!
    Adorei sua resenha e gostei bastante da proposta do livro e fiquei bastante interessada.
    Coloquei na minha listinha de compras! =)

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste tanto quanto eu Fer! Beijos Joi

      Excluir
  3. Olááá!
    Joooi! adorei sua resenha!
    quero muuito ler esse livro, gosto de livros que abordam temas pesados com leveza!
    se é para comparar, espero que eu goste tanto deste quando eu gostei de Hopeless!
    e aaaii, adoro livros que mostram o lado da amizade. acho que amigos é a melhor que coisa que a vida nos dá! :)

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é bem sutil mesmo Lara, apesar da Laurel ter me irritado um pouquinho, mas a dor era dela então a entendi. Joi

      Excluir
  4. Oi Joi!
    Eu tenho muita vontade de ler este livro por como ele é descrito. Gosto de livros que tenham este estilo de escrita, com cartas e ainda mais para pessoas famosas, acredito que ia gostar bastante.

    Beijos

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha a oportunidade de ler em breve Greice é otimo! Beijos Joi

      Excluir
  5. oi Joi,
    esse livro parece se muito bom, e realmente, deve ser um termendo aprendizado. Não sei se eu seria uma das pessoas a conseguir superar as coisas que a protagonista sofreu, ainda mais se tivesse essas perdas tão jovem assim.
    Esse é um livro que sem dúvida está na minha listinha de desejados, rs
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que todo o ser humano tende a se adaptar com as coisas, todos acabam superando, não esquecendo mas superando. Beijos

      Excluir
  6. Olá, Joi. Eu tenho muita vontade de ler esse livro. Parece ser um livro incrível e adorei essa ideia de escrever cartas para pessoas que já morreram, sabe?
    Sua resenha me deixou com mais vontade de ler o livro. Espero poder ler o livro em breve.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que consiga ler sim, recomendo bastante. Joi

      Excluir
  7. Olá, tudo bem?
    Nossa, está todo mundo falando super bem deste livro, estou ficando louca de vontade de ler!
    Assim que possível, em relação a tempo, disponibilidade e money, eu o lerei. Sua resenha apenas fez aumentar a chama dentro de mim, hehe.
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que minha resenha tenha de influenciado positivamente Rô. leia o livro é otimo!
      Beijos Joi

      Excluir
  8. Oi Joi, tudo bem?
    Adorei sua resenha! Que sorte a sua ter ganhado esse livro, estou louca para lê-lo, e sua resenha só aumentou essa minha vontade.
    Fiquei muito curiosa para saber sobre as cartas que ela escreveu para a Amy e para o Kurt <3.
    Achei a capa desse livro muito linda e espero em breve ter a oportunidade de lê-lo.

    Beijão :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kurt é a pessoa mais presenteada com as cartas, e eu amei isso! Joi

      Excluir
  9. Oiee ^^
    Eu ameeei esse livro! Foi um dos melhores que eu li este ano, mexeu bastante comigo. Já vi opiniões de todos os tipos sobre ele, mas acho que a maioria concorda que é bom, por mais que não tenha curtido tanto :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim também vi opiniões bem divergentes sobre, mas o livro consegue passar a mensagem com destreza! Beijos Joi

      Excluir
  10. Estou louca pra ler esse livro, parece tão bom! *-* Adorei a resenha, só não entendi bem por que o livro não te cativou tanto. Mas vou ler em breve, e conto também a minha opinião!
    http://blogsemserifa.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As lamentações da Laurel se entendeu durante muito tempo, fazendo que eu me irritasse em certo ponto da leitura. Joi

      Excluir
  11. Oi Joi!
    Tinha visto em alguns blogs as meninas comprando esse livro, principalmente na Bienal.
    Além de ter achado a para e o título lindos fiquei curiosa quanto à sinopse, mas não tinha lido nenhuma resenha a respeito.
    E depois de ler a sua entendi melhor do que se trata a história, gosto quando os autores atrelam a vida real em suas histórias, parece que a própria história fica mais autêntica também.
    Citei seu blog no meu último post, depois vai lá dar uma olhada.

    Beijos e até mais

    Raíssa Martins - O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que surpresa! vou dar uma olhada! Beijos Rai

      Excluir
  12. O livro parece muito bom, mas ultimamente tem tanto livro mais nessa 'vibe' triste que acabo deixando de lado. =/ Tem um desses mais tristes que eu estou pra pegar emprestado, mas esqueci o nome agora, e aparentemente o Skoob deu um sumiço nele, da minha lista de 'vou ler'.

    Beijos,
    Thiago - Blog GentleGeek

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago, to em uma vibe de livros tensos mesmo, tenho que dar uma mudada, mas todos até agora valeram apena viu?! Beijos Joi

      Excluir
  13. Oie

    Eu já li esse livro e amei ele demais, perdi um amigo da mesma forma que a irmão de Laurel e me identifiquei muito, a história é bem forte mas eu torcia o tempo todo para ela conseguir escrever uma carta para sua irmã só assim ela poderia se libertar da culpa que sentia e acho que para quem teve um caso desse na vida a autora fala exatamente todos os sentimentos, quem nunca passou por isso até se sinta tocado mas não da mesma forma.

    Amei o livro e recomendo muito a leitura!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos duas Andressa, no ensino médio perdi um colega bem próximo e foi aquele "baque" acho que ninguém ali tinha passado por aquela experiencia e foi bem traumatizando, inclusive os votos de homenagem em nossa formatura fui eu que escrevi e fiquei eternamente grata por ter falado algo para ele mesmo que indiretamente.

      Beijos Joi

      Excluir
  14. Nossa, eu adorei este livro. Sua resenha está incrível e eu estou louca para comprar, até o momento só vi as resenhas mesmo.
    Ahh, recebi o livro do sorteio 'Amizade Literária' Adoreiiii. Muito obrigada Joice.

    Bjs.
    http://livrosporumbeijo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainn que bom Milla! Espero que goste! Mande um beijo para o Woods! Joi

      Excluir
  15. Adorei sua resenha, já tinha me interessado pela sinopse mas ainda não tinha lido a fundo nenhuma resenha a respeito do livro. Ultimamente tem saído bastante livros com temáticas mais pesadas de se abordar, e é legal da parte do autor saber como falar a respeito com simplicidade e leveza, pra não nos deixar mais angustiados do que é a intenção. E concordo com toda a reflexão, o mais importante é se libertar dos fantasmas que te assombram pra assim poder seguir em frente, mas... E se você não tem essa mão amiga pra escutar e dar esse impulso?

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova de "O Doador de Memórias" no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão Carol é justamente ir atras de pessoas que possam te proporcionar isso, as vezes as pessoas estão tão absortas em sua tristeza que não observam que os amigos então a sua volta, prontos para ajudar.

      Eu penso assim! Ficar triste e permanecer assim só atrai mais escuridão.
      Joi

      Excluir
  16. Esse livro parece ter uma história linda e emocionante. Espero ler em breve.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha a oportunidade Ana! é sensacional. Joi

      Excluir
  17. Oie,
    não conhecia o livro, mas gostei bastante da história.
    A sinopse não tinha me chamado atenção, mas sua resenha sim :D

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Van <3 vindo de você é um elogio!
      Beijos Joi

      Excluir
  18. Oi Joi, tudo bem?

    esse assunto é tão duro, tão difícil. Será que a as pessoas realmente u dia serão capazes de superar? E será que superar é justo? pois pense bem, não é justo perder quem ama e também não é justo ter que esquecer quem você perdeu para seguir em frente. Acho que todas as saídas são injustas e difíceis.Mas entendo que são necessárias, mesmo não gostando delas. Gosto muito de livros que mexem comigo, que me marcam, esse parece ser um deles. Adorei sua resenha, seu argumentos, está super bem escrita.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cila a questão não é esquecer pois é impossível certo? ninguém apaga uma pessoa da sua vida, mas sim compreender, e por vim aceitar, mas jamais esquecer.

      Excluir
  19. Nossa, Joi. Me senti muito tocada com as suas palavras, confesso que tive um momento meio deprê na minha adolescência e eu acabei me fechando muito. Hoje em dia parece até exagerado falar sobre isso, porque nem era um motivo tão pesado assim, como a perda de alguém, mas na época me abalou bastante. Mas e aí que a gente percebe que nem sempre a gente se esforça pra compreender o outro, né? Às vezes a gente tende a menosprezar os problemas dos outros, eu mesmo fiz isso algumas vezes, mas hoje em dia tento me colocar no lugar da pessoa.

    Esse livro não me parece o melhor livro do mundo, mas pelo o que você colocou parece um livro tocante e que podemos tirar alguns ensinamentos dele. Tinha desistido de dar uma chance para ele com medo de acabar não gostando tanto assim, mas...mudei de ideia! :)

    Beijão!
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso Babi o livro não ganhou nota máximo por não ter me tocado tanto, mas mesmo assim ele cumpre com o proposto e passa uma mensagem mais do que positiva, necessária para nossas vidas.

      Joi

      Excluir
  20. Desde a Bienal estou doida pra ler esse livro, pena que não estava com um preço muito bom :/
    Mas adorei a sua resenha e quero MUITO ler!
    Beijos
    http://www.gemeasescritoras.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei sabendo mesmo que o livro estava bem salgado na Bienal, eu tive a felicidade de ganha-lo! Beijos Joi

      Excluir
  21. Oi Joi, tudo bem?

    Eu amei tanto esse livro! Isso das cartas e das personalidades também chamou a minha atenção, mas foi o segredo da protagonista que acabou comigo. Eu adorei como a autora abordou o relacionamento da Laurel com sua irmã, e me emocionei demais com seus aprendizados. E estou com você, o livro nos faz refletir sobre quantas meninas assim existem pelo mundo.

    Eu já li vários livros com esse tema, e entre os new adults Um caso Perdido é o melhor mesmo. Mas já entre os jovens esse e Just Listen são meus preferidos! Tem mais nessa listinha, mas os outros podem ser spoiler, então prefiro não falar, haha

    Beijos,

    Pah - Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Pah, mas foi como disse fiz uma comparação INJUSTA pois li quase que seguido então não fiquei tão chocada mas para jovens ele é um livro com uma grande mensagem.
      Gostei da dica do Just Listem vou ir atras!

      Joi

      Excluir
  22. Oi Joi, tudo bem?

    To com esse livro pra ler, mas como li Claros Sinais de Loucura e a personagem tb escrevia cartas para o personagem preferido dela, resolvi ter outro livro nesse meio tempo para não atrapalhar meu julgamento, sabe? huahuahuahua Mas Carta de Amor é minha próxima leitura. Espero gostar tanto quanto vc

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim de uma aguardadinha mas tenho certeza que vai adorar Kel! Beijos Joi

      Excluir
  23. Esse livro está sendo muito bem falado,
    só li resenhas positivas, estou curiosa pela trama, além de estar loucamente
    apaixonada por essa capa.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda, e tem aquela textura soft sabe? eu amei! Joi

      Excluir
  24. Oi Joi!
    Eu tenho lido bastante resenhas sobre esse livro, mas não bateu ainda aqueeeeela vontade de ler. Gostei da temática, a história parece ser bem bacana (muito embora não o tipo que me faça emocionar), mas acho que falta aquele tchans pra me atrair.
    A sua resenha ficou ótima, bem esclarecedora. Entendo perfeitamente isso de uma história não mexer por completo com a gente.
    Um dia, quem sabe, se a oportunidade surgir, penso se lerei esse livro.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que continua considerando a leitura Neyla é uma leitura boa, não é sensacional mas boa.
      Espero que possa ler um dia! Beijos Joi

      Excluir
  25. Oi Joi tudo bem?

    Ai eu adoreeeei esse livro!! E foi muito bom resenha-lo também! Achei bem melhor que vários lançamentos que tem feito mais sucesso, mas este livro é um must read de todo leitor que gosta de um pouco de drama e intensidade, fugindo um pouquinho do cliche!
    Achei a historia muito intensa, e foi uma pena não ter mexido por completo contigo, comigo conseguiu mexer!

    Não é um livro top ou perfeito, mas é aquele livro que quando você pega sem esperar nada te surpreende, por isso gostei tanto!

    Beijooo e adorei a resenha, como sempre você escreve muito bem!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Caah fico muito feliz em ler isso, gosto quando consigo colocar em palavras o que sinto! Beijos Joi

      Excluir
  26. Oi Joi tudo bem?
    Nossa, a sinopse já me chama a atenção mas sei lá, eu fico meio com o pé atrás pelas resenhas.
    Adorei a sua, me animou ainda mais.

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia e verá que é bem legal e gratificante no final! Beijos Joi

      Excluir
  27. Oi, Joi! Poxa, que máximo ganhar essa belezinha do top comentarista! Parabéns!
    Eu quero muito ler, já vi gente exaltando e já vi gente dizendo, assim como você, não foram muito tocadas pelo livro. Mas quero ler para ter a minha opinião também! rs Beijos e parabéns pela resenha!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tici espero que consiga fazer isso em breve! Você vai amar!
      Beijos

      Excluir
  28. Hey Joi, tudo joia?
    Eu já tinha visto algo sobre o livro, e de primeira me apaixonei pela capa (sou daquele tipo de pessoas que muitas vezes julga pela capa haha') ótima resenha;

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo acaba julgando né? hahaha Beijos Joi

      Excluir
  29. Eu não tava dando muito por esse livro não. Achei a capa bonita, mas o enredo dele muito sombrio pro que to acostumada a ler. Só que as resenhas tem sido tão positivas e a minha clunista amou que to querendo ler. Espero gostar também!!

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que curta Denise é muito bom! Beijos Joi

      Excluir