Resenha: Quatro

15 nov, 2014 Por Joi Cardoso

Título Original: Four – A Divergent Collection
Autora: Verônica Roth
Editora: Rocco
Ano: 2014
Páginas: 272
Compre aqui
Atenção! Esta resenha poderá conter spoilers de Divergente.  Mas se você já leu pode ficar tranquilo, o livro Quatro da autora Verônica Roth pode ser lido antes de Insurgente e Convergente. Se preferirem, lembrem-se das resenhas de Divergente postadas aqui no blog, clique aqui para conferir sobre o livro e aqui para o filme. 
Vamos lá! Todo mundo que me conhece sabe que Divergente foi a minha melhor leitura de 2013 e além disso, eu morria de curiosidade para conhecer mais sobre Quatro, pois pela visão de Tris algumas cenas ficaram incompletas para mim. Lógico que eu vibrei de emoção quando a autora deu a notícia que unificaria os contos que ela andava postando, em um único livro e era claro, que assim que chegasse no Brasil eu ia correr para ter o meu exemplar, e foi isso que eu fiz.

No livro encontraremos quatro contos, A Transferência, A Iniciação, O Filho e O Traidor, todos narrados por Tobias Eaton, o garoto que dois antes de Tris, saiu da Abnegação direto para Audácia. Seus motivos? fugir das agressões físicas e psicológicas do pai e do lugar que não se encaixava, era sua única chance de recomeçar.

“Na verdade, quero que minha escolha seja uma faca atravessando o coração do meu pai, apunhalando-o, causando o máximo de dor, vergonha e decepção possível. Apenas uma escolha tem esse poder.” 

Logo no primeiro conto, descobriremos como Tobias tomou sua decisão, como ele chegou na sede da Audácia disposto a deixar todo seu passado para trás e como ele ponderou as consequências disso. Sua escolha o mudaria para sempre, começando com seu nome, na Audácia ele ficaria conhecido por Quatro, o número de medos que possuía, um recorde na facção.

Os contos corresponderam todas as minhas expectativas, pude matar completamente a saudade desta história. Toda a iniciação de Quatro é narrada com detalhes importantes, vemos as dificuldades que ele tem ao longo do caminho e como ele supera cada uma delas. É como se Quatro tivesse nascido para ser da Audácia, ele se destaca e é o preferido, teria um cargo de liderança garantido se preferisse, o que despertava certa inveja do também transferido, Eric.

Mas não era isso que ele queria, afinal aceitar um cargo de liderança o colocaria a frente a frente do seu motivo da fuga, seu pai Marcus Eaton líder da Abnegação. No terceiro conto, já temos Quatro como um membro da Audácia, destemido e instrutor dos novos transferidos como seu segundo emprego. Quando não estava na sala de treinamentos, Quatro estava na sala de controle monitorando a segurança da sede.

É a partir deste conto que Quatro começa a perceber certas irregularidades nos novos métodos de treinamento da Audácia e a forte influência da Erudição dentro da facção. Ainda mais agora que Eric era o mais novo líder da Audácia, cargo que Quatro havia recusado. Além disso, Quatro toma conhecimento da existência dos Divergentes, como ele encaixava neste grupo e a forma que ser assim era perigoso demais.

O último conto, se passa paralelamente aos acontecimentos de Divergente. Ao conhecer Tris, Quatro estranhamente sente como se tivesse revivendo sua própria história, ainda mais ao descobrir que possivelmente ela também seria uma Divergente. Por outro lado, as suspeitas dele quanto as intenções da Erudição dentro da facção ficam cada vez mais claras e revelações bombásticas são feitas. Fatos novos são descobertos, segredos que só Quatro sabia, ou seja não constam na visão de Tris no primeiro livro.

Além dos quatro contos temos mais três cenas exclusivas de Divergente, uma quando os dois personagens se encontram pela primeira vez, em outra quando Tris, mesmo com sua forma frágil resolve confrontá-lo mesmo sem conhece-lo e por fim quando ele percebe que ela seria o rumo de mais um passo para sua liberdade.

O livro é um presente para os fãs, reler alguns diálogos mágicos e reviver alguns acontecimentos foi tão bom! Me ver novamente dentro de Divergente não teve preço, ainda mais narrado por este personagem tão forte mas ao mesmo tempo tão inseguro, que aos poucos entrega seu coração a novos sentimentos, ao lado daquela pessoa que permitiria que ele fosse de novo, simplesmente o Tobias da Abnegação, sem medos.


Confira a série Divergente:

1. Divergente

1.5 Quatro

2. Insurgente

rela
ciona
dos