Grimm - 1º Temporada | Crítica

Criado por: David Greenwalt, Jim Kouf
Com: David Giuntoli, Russell Hornsby, Sasha Roiz
Gênero: Fantasia, Policial
Duração: 22 episódios - 42 minutos
Lançamento: 2011

E se não existisse contos de fadas? E se tudo for real? Em 28 de outubro de 2011 foi ao ar o primeiro episódio da série de TV Grimm, transmitida pela NBC nos Estados Unidos. Grimm tem como base os fundamentos dos contos de Jacob e Wilhelm Grimm. A mistura entre a ficção e as histórias dos irmãos foi a primeira coisa me chamou a atenção nesta série. Aqui, os ainda Grimm's e descender desta família, significa carregar uma maldição até o último dia de sua vida.

Nick Burkhardt é um dos detetives de homicídios de sua cidade. Curiosamente, uma série de assassinatos "estranhos" e violentos começam a acontecer coincidindo com a repentina chegada de sua tia Marie Kessler à cidade. Além disso, outros eventos começam a atormenta-lo, como uma série de que ele acredita ser, alucinações. Pessoas começam a adquirir outras formas, em frente aos seus olhos. A chegada de sua tia Marie não é em vão, ela volta depois de anos, para uma última missão.

Marie sabe exatamente o que está acontecendo com a cidade e com seu sobrinho, ela sabe que sua morte está próxima e a desgraça da sua família está passando para Nick. Marie e Nick são de uma família descendente de uma sociedade secreta de caçadores, conhecida como Os Grimm's. Depois da morte dela, Nick seria o último vivo e apenas ele terá a habilidade de ver o que os outros não conseguem, os Wesens, criaturas que também habitam a Terra.


A missão de sua família é a mesma e vem se repetindo desde seus antepassados. Eles devem manter o equilíbrio entre o mundo real e o mundo sobrenatural. Todas as histórias e fábulas registradas realmente aconteceram. Entre os Wesens, a existência de um Grimm é como uma lenda e também uma ameaça. Nick começa a descobrir que existe muito mais perigo nas ruas do que ele imaginava e apenas ao tomar conhecimento sobre este "novo mundo" já o coloca em perigo. A série conta com personagens secundários bem presentes e importantes na trama. Durante os episódios somos apresentados a Juliette Silverton, noiva de Nick e ao seu parceiro Hank Griffin

Existem Wesens e Wesens, alguns são inofensivos mas também existem aqueles que perseguem/assassinam, fazem mal aos humanos, e cabe à Nick saber identifica-los. No meio de suas descobertas ele conhece Moroe, um Blutbad (Lobisomem) reabilitado, que passa a ajuda-lo juntamente com Rosalee, uma Fuchsbau que tem muito mais conhecimento do mundo Wesen do que o novato Grimm.

Como eu adoro releituras e contos de fadas não preciso nem dizer que adorei esta série né?! Grimm é o exemplo de que um bom enredo pode começar com um baixo orçamento e crescer ao decorrer dos das temporadas. A diferença da primeira temporada para a segunda já é nítida entre os efeitos especiais, mas isso para mim, foi apenas um detalhe. Hoje, Grimm já está em sua quarta temporada e cada episódio é surpreendente e de tirar o fôlego.


Um ponto positivo da série é que as criaturas malvadas que costumamos conhecer não levam os mesmos nomes que sabemos. Aqui bruxas, lobisomens e vampiros não existem, cada um leva um nome específico para sua raça, todas muito bem detalhadas pela série, com suas características, costumes e padrões. Aqui você pode conferir toda a lista de criaturas (Wesens) da série, são mais de 80, e algo me diz que as novas temporadas podem nos trazer muitas mais, já que temos mais de 190 contos dos Irmãos Grimm. No site da NBC podemos também entrar dentro do trailer de Marie, deixado como herança para Nick, lá encontramos armas, poções e principalmente o Livro Grimm onde se encontra todas as informações de cada raça já confrontada por um descendente.

Também em outubro de 2011, Once Upon a Time foi lançada, nos Estados Unidos, dizem que ambas são bem parecidas mas eu não saberia dizer pois nunca vi a outra série (Edit: a única semelhança é a releitura dos contos. Obrigada meninas ♥). Pelo enredo Grimm e OUT dão vida aos personagens de nossos contos de fadas preferidos, recontados de uma maneira mais real e perigosa, exatamente o que o público em geral procura. Grimm é uma série munida com muita história e um enredo envolvente, eu indico aqueles que procuram ação e fantasia misturada aos contos que costumávamos conhecer desde crianças.


23 comentários

  1. Oiii.
    Eu adoro Grimm e achei que era a unica blogueira a conhecer a série hehe. Eu estava assistindo na Universal, portanto nem sempre os episódios passavam na ordem cronológica correta, mas ai eu criei vergonha na cara e vou assistir na ordem. Bom, eu assistia Once Upon a Time e, mesmo também se tratando de contos de fadas, não vejo qualquer semelhança entre as duas.
    Um grande beijo

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAhaha eu adoro Grimm! Vi desde o começo em sua estreia =D

      Excluir
  2. Oi Joi... tudo bem???

    Eu assisti alguns capitulos dessa série e gostei muito.... Once Upon A Time eu amo... eu acho que a semelhança das duas séries é apenas a adaptação e nada mais... porque embora eles retratam os contos de fadas com outros olhos... a mensagem ao meu ver é diferente... mas eu acho que você deve experimentar já que gosta tanto dos irmãos Grimm... eu pretendo voltar a assistir, mas meu tempo anda tão curto e minhas férias passaram tão rápido que terminei deixando de assistir até as que eu acompanho... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendi Di, espero conseguir ver OUAT em breve! Bjs

      Excluir
  3. Oi, eu estou pra ver essa série tem muito tempo, ainda não tinha lido nenhuma resenha completa quanto a sua, sem dúvida vou começar ainda esse ano.

    beijos

    aestranhanoparaiso.blogspot.com.br
    Instagram: @aline_bianca

    ResponderExcluir
  4. Eu assistia alguns episódios na tv as vezes, minha irmã mais velha adora, pretendo pegar tudo para assistir, adoro demais releitura de contos de fadas! Adoro demais Once Upon a Time, estou acompanhando na risca, mas fora ambos se tratarem de contos de fadas não tem relação alguma.

    Bites!
    <a href="http://tarybelmont.blogspot.com.br/>Tary Belmont </a>

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendi Tary, como falei não a conheço mas quero fazer em breve! Bjs

      Excluir
  5. Eu com certeza veria essa série. Se não me engano eu cheguei a ver uma capítulo. Ai...quero muito acompanhar inteira, verei se acho na internet. Se bem que eu não estou com muito tempo, mas eu arrumo. kkkkkkkkkkk
    Amei a dica!
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  6. Oi, Joi! Tudo bem?
    Eu tentei dar uma chance a "Grimm" por gostar e muito de releituras dos clássicos, mas depois de assistir alguns episódios acabei ficando desempolgada. O ritmo da série não me convenceu e nem o personagem principal conseguiu conquistar a minha afeição, o resultado final foi que acabei abandonando a produção. Ao contrário de OUAT que, mesmo tendo uma pegada mais infantil, acabou tendo mais ritmo, mas é como as meninas disseram, pelos poucos episódios que assisti de Grimm, a única semelhança está na adaptação dos clássicos infantis entre ambas as séries. Fora isso, o clima entre as duas é bem diferente. Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jess, como disse em minha resenha - a diferença entre a primeira temporada para a segunda é gritante, de repente dá mais uma oportunidade à ela. Bjs

      Excluir
  7. Acredita que eu só conhecia OUAT? Gosto da série, mas não consigo ver vários episódios seguidos, vejo às vezes apenas :/
    Grimm me pareceu bem interessante e um dia desses devo dar uma chance!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito Gio, a série é mais conhecida e Grimm não recebe a atenção devida, mas posso te garantir vale a pena!

      Excluir
  8. Oi Joi,
    Desde que Grimm foi lançado tenho curiosidade de assistir, mas antes gostaria de ler os contos originais. Acho que a gente conhecer uma versão mto mais romantizada do que o original.
    OUAT é outra série tão elogiada, que tbm tenho vontade de ver.
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Assisti a duas temporadas da série e gostei muito. Infelizmente não pude mais acompanhar. Não acho que seja tão parecida com OUAT, outra série que amo, na verdade a semelhança está apenas no aspecto de darem vida aos personagens de contos de fadas. Gostei muito do post.

    cafeecomletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Andreza, quero assistir tbm OUAT assim consigo fazer até uma discussão entre elas. Bjs

      Excluir
  10. Esta série é mesmo ótima. Vi as duas primeiras temporadas no Netflix, e assim que chegar a terceira vou conferir também. O legal é que ao menos até agora a série está cada vez se superando mais.

    Once Upon a Time também é fantástica, mas é realmente uma pegada bem diferente, outro clima

    Beijos,
    Thiago - Blog GentleGeek

    ResponderExcluir
  11. Grimm é uma das minhas séries preferidas, infelizmente estou super desatualizada!
    rs

    Adorei a postagem.
    Beijos, www.modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Grimm é uma das séries da minha lista ( que só aumenta ) to louca pra arranjar um tempinho e começar ela.

    http://mylittlegardenofideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu simplesmente adoro essa série e eu comecei a acompanhar ele quando elA foi lançada e até hoje assisto porque é tudo muito surpreendené e cheio de reviravoltas. Essa releitura tem um tom mais policial e eu simplesmente adoro isso recomendo essa série para qualquer um!!

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
  14. Bom dia,

    Essa série realmente parece muito boa, acho que vou dar uma olhada, ótimo post...abraço.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Faz tempo que vivo adiando pra ver essa série, porém adoro o contexto dela, irei ver logo.

    ResponderExcluir