Resenha: As Folhas da Cidade Dourada

Título Original: Crônicas de Unumlabium
Autor: F. Noronha
Ano: 2014
Editora: Independente
Páginas: 136
Compre aqui

As Folhas da Cidade Dourada é o primeiro volume da série de estreia do autor Fernando Noronha. As Crônicas de Unumlabium começa com a história do reino Efraim. Uma peste desconhecida vem assombrando o reino, beirando sua existência a extinção, uma vez contaminada a pessoa é condenada a apenas cinco dia de vida.

A peste vem encurralando a Casa Real, até que o dia em que o Rei é contaminado. O Rei jamais deixaria seu reino e seu povo para trás e com pouquíssimo tempo e agora, sem condições de ir em busca uma cura, seu filho, o jovem príncipe Josias resolve sair em busca da única esperança de seu povo. Guiado por uma velha crença, o príncipe parte para a misteriosa Cidade Dourada. Lá, no meio desta cidade, existiria uma árvore, que de suas folhas poderia ser extraída a cura para a peste.

A partir daí, vamos acompanhar toda a aventura de Josias até a terra distante, ao longo desse caminho ele enfrentará muitos desafios. Isso exigira que o príncipe coloque a prova muitas de suas virtudes, como seu carácter, bondade e inteligência. As provações são muitas, com ladrões, feras indomadas, reinos desconhecidos e até mesmo gigantes famintos, F. Noronha consegue guiar ao leitor por um caminho sem volta. A cada página virada é impossível deixar de conferir o desfecho desta aventura e ao final já desejamos saber outras histórias desse universo mágico.

Recomendo a todos que procuram um livro de leitura leve e empolgante. O livro nos passa uma bonita mensagem de que é sempre preciso ter fé, acreditar e jamais desistir, de uma forma ou de outra, seremos recompensados. O segundo livro da série já está disponível na Amazon e se chama O Resgate do Rei - aqui o príncipe Josias participa de outra aventura com muito mais ação e magia.

Conheça o autor:
Francisco Tavares Noronha Neto (F. Noronha) nasceu em abril de 1978 em Belém-Pa e em dezembro de 2005 mudou sua residência para Maceió-AL, onde atualmente mora com sua esposa e seus dois filhos. Mestre em Gestão de Empresas e especialista em Direito Constitucional do Trabalho, F. Noronha é Juiz do Trabalho, professor universitário e autor da série de literatura fantástica “Crônicas de Unumlabium”, cujo primeiro livro “As folhas da Cidade Dourada”.
Para saber mais acesse: Site | Skoob

13 comentários

  1. Oi, Joi!
    Quando vi a capa pensei em diversos tipos de enredo, exceto esse, rs. Não gostei da capa, não mesmo. Mas a história é bem interessante. Adoro uma boa aventura, por isso acho que vou dar uma chance a esse livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Lary faltou um pouco de fantasia na capa mas isso não me incomodou. O próximo volume já conta com este elemento.

      Excluir
  2. Oi Joi!!! Andei sumida, mas cá estou eu. Não consigo ficar muito longe do seu blog.
    Eu não conhecia o livro. Fiquei curiosa, parece ser um universo muito interessante, e como você ressaltou com uma leitura leve e empolgante. Quer associação melhor?? Mais legal de tudo isso é ser de autoria nacional. Adoro isso!! E vi que você quase de deu nota máxima. Então acredito que posso me aventurar sem medo pelas páginas da trama.

    Café com Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim eu me surpreendi com a história, não achei que iria ficar tão instigada. Adorei

      Excluir
  3. Olá, Joi
    Pela capa eu não daria nada pelo livro. Não vou mentir, achei ela feia. Mas lendo a resenha... Que enredo O.o. Esse gênero me agrada muito, e pode ser uma boa pedida.
    Abraços :)
    www.chamandoumleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Joi!
    Parece fascinante! Gostei também da capa!
    A proposito, te indiquei na tag Meme Escrito
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
  5. Parece bom, não gostei da capa mas a sinopse é bem intrigante.
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  6. Oi Joi, sua linda, tudo bem?
    Essa capa não tem nada a ver com o livro, o autor poderia trocá-la em uma segunda edição. Elas dão a impressão de ser um outro tipo de leitura e por conta disso o autor pode estar perdendo vários leitores em potencial. Eu adorei a trama, além da aventura com muitos perigos, ainda temos o drama e uma menagem muito bonita. Fiquei com muita vontade de acompanhar toda a série. Não vejo a hora de ler. Desejo sucesso ao autor.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Cila, acredito que o autor vá dar uma passadinha aqui na resenha e esperamos que veja as dicas dos leitores ^^ Bjs e obrigada pela visita

      Excluir
  7. Oi Joi, tudo joia?
    Não conhecia a obra, mas achei bem interessante, pela sua resenha ele me parece ser bem empolgante o desenvolver, e assim como nos comentários anteriores, a julgar pela capa eu não me interessaria muito pelo livro, SIM, as vezes infelizmente eu julgo um livro pela capa, mesmo sabendo que posso quebrar a cara como agora hahha;

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Joi, muita gente não gosta de admitir, mas a capa continua sendo um elemento essencial para o obra.

      Excluir
  8. não conhecia e não gostei muito :/
    espero q quem goste e tenha interesse em ler, possa gostar.
    se algum dia eu tiver a oportunidade de ler, espero gostar tbm.

    abs

    ResponderExcluir