Título Original: Lembranças Perdidas
Autora: Ana Paula Oliveira
Ano: 2014
Editora: Independente
Páginas: 74
Compre aqui

Lembranças Perdidas é um livro nacional, apesar de curtinho é super envolvente. Aqui conheceremos Cecilia Fontaine, uma jovem da elite cafeeira brasileira. Ela vive com sua mãe, uma senhora já debilitada que pretende encontrar um bom partido para a sua filha. Como qualquer romance de época, o amor aqui não está em primeiro lugar e mesmo Cecilia nutrindo um forte sentimento por seu primo Augusto ela sabia que para ter um bom futuro e se livrar das dívidas que seu pai deixou estaria destinada a se casar com outra pessoa.
Ao frequentar um dos chás sociais, que as madames da época faziam, ela acaba conhecendo um lindo rapaz de olhos azuis marcantes e então, tudo se apaga. Isso seria apenas um flashback e assim como Cecilia somos surpreendidos ao descobrir que já se passaram 2 anos desde sua última visão e que agora ela não se lembra de nada. Não reconhece o lugar que está, e aos poucos ela descobre que o mesmo rapaz que encontrará naquele chá, é o mesmo que a mantém presa em sua propriedade. Ela deveria ficar ali, até o dia que se recuperasse de seu estado e depois partiria. Este rapaz é um Duque e se chama Estevan Vila Nova e agora ele nutre repulsa sobre a presença de Cecilia.
Ela não entende nada do que está acontecendo e nem entende por que todos se recusam a ajudá-la a se lembrar. Tudo está apagado em sua mente. Ao longo do livro vamos descobrindo junto com Cecilia, todas as causas que levaram ao seu estado e tudo que fez nestes 2 anos apagados. O que ela não contava é que mesmo presa na casa do jovem duque, mesmo odiando seu jeito indiferente a ela, ela se encantaria da mesma forma.

A história é um grande mal entendido, e mostra de que forma a falta de comunicação pode piorar ainda mais as coisas, e é claro que a amnésia de Cecilia coopera com isso. É interessante saber que a personagem vive momentos de fraqueza, erra e redime, aos mesmo tempo que seu algoz também, tornando a história bem mais palpável. Estevan, ao mesmo tempo que tenta ser cruel não consegue deixar de ser apaixonante. A trama esconde um grande segredo e apenas Cecilia sabe a resposta, caberá a ela, a pessoa que menos sabe, desvendar todo o suspense. Sobre o final do livro, fica um pouco aberto em relação ao destino de um dos personagens e é bem dramático mas eu como grande romântica que sou já visualizei meu final perfeito.
Adorei que a história se passa no Brasil, mesmo que o cenário tenha sido pouco detalhado. Temos mais uma envolvente história que prova que o amor, quando verdadeiro, pode nascer em qualquer lar. A trama tinha potencial para ser mais desenvolvido e explorado, mas mesmo assim a autora soube levar muito bem o leitor, mesmo em suas pausas de tempo corridas. Encontrei alguns errinhos de digitação mas nada que atrapalhe do andamento. Ana Oliveira fez uma ótima estreia e fico muito feliz dela ter depositado sua confiança em nosso trabalho. Recomendo a todos que procuram uma história, leve, rápida e que te prenda do início ao fim.
Conheça a autora: 

Ana Oliveira é acadêmica de medicina, futura pediatra. Blogueira no Livro Rosa Schok, apreciadora de História. Sua inspiração são os romances de Jane Austen. Reside em São Paulo com os pais e dois cachorros. Apaixonada por todas formas de artes. Amo as civilizações antigas, garimpar o passado Sonho acordada, vivo da matéria efêmera dos sonhos.

Para saber mais acesse: Blog | Facebook | Fanpage

rela
ciona
dos