Resenha: Insurgente

Título Original: Insurgente
Autora: Veronica Roth
Ano: 2013
Editora: Rocco
Páginas: 511
Compre aqui

Hoje teremos a participação de mais uma pessoa aqui no blog! A Ana é blogueira do Universo ao Quadrado. Atendendo o meu pedido, ela vai me ajudar com três resenhas aqui no Estante Diagonal. Ela já fez a resenha de Divergente e aqui eu também falei sobre, cliquem aqui e aqui para conferir as resenhas respectivamente. Vamos conferir o que ela tem a dizer de Insurgente?

Divergente acabou do nada. Simplesmente do nada. E Insurgente começou assim também. Depois que Tris e Tobias e outros de seus colegas acabam virando fugitivos por motivos do livro anterior, eles tem que dar um jeito de permanecerem vivos. Logo no inicio do livro eles acabam encontrando uma forma. Acabam se abrigando em uma facção até eles resolverem o que deverá ser feito e depois disso, vem a ação.

A escrita da autora Veronica Roth continua da mesma forma, porém a trama foge um pouco do que estávamos acostumados com apenas o primeiro livro da trilogia. Vemos agora uma Tris mais forte já que ela tem que começar a lidar com as mortes que presenciou no passado e na maioria das vezes isso podo incomodar alguns leitores.

No inicio até aceitamos o fato dela estar abalada com isso, só que depois a autora força demais a dor, até que finalmente faz a personagem ficar mais forte com isso, como se a Tris usasse tudo aquilo como um escudo para se proteger, porém em um ponto do livro esse "escudo" quebrou e a nossa personagem principal volta a ficar mole até fazer uma loucura. Enquanto Tris está fazendo essa "loucura" nós vemos muitos membros de facções se aliando aos "sem-facções". Nesse livro somos introduzidos a uma personagem importante que não liga em apenas manter a paz e acabar com os planos de Jeanine, pois ela também quer o poder e durante essa aliança fica muito claro suas reais intenções em tudo aquilo.


E agora focando na relação entre a Tris e o Tobias você deve saber que fica um pouco chata. Alguns momentos são legais, porém Tris é um pouco teimosa em alguns pontos e eles acabam brigando quase toda hora e então depois de um tempo tudo está novamente certo. Até eles brigarem novamente e todo aquele ciclo se iniciar mais uma vez. Isso é praticamente no livro inteiro, então tem que aguentar e ler com calma para não arremessar o livro pela janela (mas se você gosta de briga toda hora, então tá tudo OK, você vai amar essa relação conturbada dos dois). Só que eu tenho que admitir que quando eles não estão brigando a cena fica realmente fofa e derrete corações.

Fora Tris e Tobias temos uma outro casal no livro que eu acho que não posso falar pois seria spoiler, mas fiquem ligados pois você vai achar alguma coisa ligada com esse casal e no final você vai descobrir que é outra coisa. Neste casal esta ligada uma outra pessoa e é as coisas do casal com está pessoa que vai explodir sua mente no final quando tudo vier a tona. Bom, eu pelo menos não desconfiava, até que li com os meus próprios olhos. Em relação as mortes, se prepare, Veronica Roth pode ser considerada filha de George R.R. Martin, autor de As Crônicas de Gelo e Fogo. Algumas vão doer, outras nem tanto. Isso vai de cada leitor e do quanto o leitor se apegou a tal personagem em questão.




Mas voltando ao livro em si. Vale a pena ler para saber como é a continuação, e quem ler vai ter que ler o próximo pois Insurgente acaba da mesma forma que foi Divergente: sem um final certo. Temos é claro, algo importante que acabamos descobrindo, que levam as consequências para o próximo livro. Resumindo: o livro é cheio de reviravoltas. Em alguma hora vamos amar tal personagem e depois não. Uma hora vamos querer tal personagem morto e depois nos arrependemos disso.

"Acordo com o nome dele na boca. Will. Antes de abrir os olhos, vejo -o desabar sobre o asfalto novamente. Morto." 

E não, eu não acho que este livro seja melhor que Divergente. Como já conhecemos a maioria dos personagens fica um pouco chato, ver eles mudando toda hora de personalidade, por exemplo no caso da Tris que fica fraca, forte e novamente fraca. Ainda por cima temos uma traição no meio de tudo isso, que deixa os fãs da série de boca aberta. Se você já leu não deixe de comentar o que achou e se você ainda não leu, comente o que espera do livro.

Confira a série Divergente:
1. Divergente
1.5 Quatro
2. Insurgente

20 comentários

  1. Eu só li o primeiro livro, e gostei bastante. Não acho TUDO DE BOM como muitas pessoas acham.
    Mas é um livro bem elaborado e escrito.
    Adorei a resenha, fiquei com medo de pegar spoilers kkkk mas foi tranquilo ler. ADOREI de verdade.
    Só espero que minha opinião seja diferente e que eu goste ainda mais de insurgente kkkkkk.
    Beijos

    Coleções Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, ainda não li o livro tbm! Mas vi o filme e gostei bastante, apesar de corrido. Vamos ver a leitura agora. Joi

      Excluir
  2. Adorei a resenha, já li insurgente e gostei muito, o filme não tem tanto haver com o livro kk mas mesmo assim é bom , estou querendo ler convergente mas ainda não tenho kkkkkk


    www.luanneoliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luanne todo mundo fala isso ^^ Que muda um pouco o livro do filme, mas preciso ler para tirar minha própria conclusão!

      Excluir
  3. Olá, Ana.
    Ainda não li o livro, mas tenho certeza que vou gostar bastante da série, principalmente porque eu adoro distopias. Preciso começar a ler logo Divergente.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  4. Já li e acho esse livro demais, o final pra mim foi surpreendente e o filme é ótimo, amei *oo*

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  5. Amiga pra te falar a verdade eu ainda não li nenhum dos livros da autora, mas tenho bastante interesse, porque me parecem ser bastante interessantes. Eu vi o filme DIVERGENTE e fiquei bastante impressionada com tudo que aconteceu. Até fiquei com medo de altura como o QUATRO no filme hahahaha, mas mesmo assim quero ainda ter a chance de fazer a leitura para poder também conhecer mais distopias que até hoje apenas li um. Espero gostar bastante. Adorei tua resenha e espero que o ultimo seja bom também =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/resenha-se-joga.html

    ResponderExcluir
  6. Realmente Divergente é o melhor da série. A Tris com essa fraqueza toda e esses mimimis me deixou com muita raiva! Porém é um livro com traições e complôs e situações bem tensas.

    ResponderExcluir
  7. Anaaa <3 Adorei a resenha.
    Amei Divergente e estou louca para ler Insurgente. Mas já estou um pouco receosa por causa de alguns comentários que li a respeito do enredo, então espero não me decepcionar. Não sou a maior fã da Tris, o jeito parcialmente egoísta dela me irrita </3

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Gostei do filme Divergente e fiquei com vontade de ler os livros. Ana, sua resenha ta show e me deixou curiosa pra saber que traição seria essa ai que você falou...

    Bjs
    http://livros-e-tantos-vicios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Primeira resenha que concordo sobre esse livro, meu deus, necessito de mais pessoa assim.
    E o ultimo é ainda pior

    Ai to feliz agora kkk

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hahahaa, muito ~~doido~~ ver minha resenha aqui. Espero que tenham gostado!!

    Beijos, Ana K | http://universoaoquadrado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Adorei a resenha, quero muito ir logo ver o filme também, mas os livros eu não li, acho que por ver o filme primeiro, não me interessei pelos livros, não sei bem porque!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  12. Joi, estou louca para ler esse amooores *-* Vi os filmes e amei! Gostei muito mais de Insurgente do que de "Divergente" ... mas está valendo! Não vejo a hora do próximo. Espero que eu já tenha lido todos da série! Infelizmente vi os filmes antes da leitura... mas vou me arriscar mesmo assim! rss

    Beijo, amore!
    http://psicoselliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, asvezes é bom por que a leitura flui bem mais, quando tu já tem o perfil físico do personagem e o ambiente já na cabeça ^^

      Excluir
  13. Eu acabei de ler o primeiro e tava louca pra ler este, mas você conseguiu me desanimar. Me pareceu que ela passa o livro todo sofrendo, ai nen. Vou ler mesmo só pra vê a Jeanine se dar mal, porque já estou decepcionada.

    ResponderExcluir
  14. Muito boa sua resenha, gosto muito da Triologia. Kkk uma das primeiras resenhas que eu vejo que não há quase nada de spolier, bom pra quem ainda não leu, fora que desperta curiosidade. ^^ (Obs: Estou lendo o Livro: Quatro)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que achou do livro Four? eu adorei, achei bem esclarecedor em alguns pontos! ^^ Beijos Joi

      Excluir