Título Original: Die for Me – Revenants #1
Autora: Amy Plum
Ano: 2013
Editora: Farol Literário
Páginas: 424
Compre aqui


Assim que fiquei sabendo do lançamento do último livro da série Die for Me, If I Should Die, minhas expectativas que já eram altas, aumentaram mais ainda. Todas as meninas, também blogueiras sempre me falaram para adquirir o livro, me diziam o quanto a leitura era boa. Acabei cedendo e solicitando.
Assim que cheguei já fui surpreendida, a capa é linda, as aplicações em verniz são super delicadas e percorrem todo livro, desde a contracapa e lombada, os mesmos arabescos pulam para a introdução de cada capítulo, fechando a diagramação do livro com chave de ouro. Fonte em tamanho perfeito para que a leitura flua rapidamente somado com o enredo dinâmico criado pela autora Amy Plum, fazem com que Morra por Mim entre para minha lista de romances sobrenaturais preferidos.
Kate e sua irmã, perderam os pais em um terrível acidente a pouco menos de um ano. Depois disso, foram as duas morar com seus avós na França mais precisamente em Paris. Tudo é novo para elas, escola, amigos e o ambiente. Cada uma tem um jeito diferente de lidar com o luto, para Georgia, irmã de Kate, parece ser mais fácil. Ela sai a noite e se diverte sempre que pode, mas a dor que ela sente é a mesma. Já para Kate as coisas são um pouco mais complicadas. Ela prefere passar as tardes em cafés na companhia de grandes clássicos da literatura. Tem uma personalidade mais reservada e retraída, o oposto da irmã.

A nova rotina de Kate continua da mesma forma, até o dia que encontra no café um jovem que chama sua atenção, na verdade não só ele mas como toda a turma que estava com ele. Vincent logo desperta em Kate aquela sensação de déjà vu, como se ela já tivesse o visto antes, mas logo ela descarta a possibilidade, pois foram poucos as vezes que estivera antes em Paris. Suas dúvidas voltam e ficam ainda mais intrigantes, quando Kate encontra a foto do mesmo garoto em um obituário. Seria possível? Sendo que pelos cálculos dela, a foto tinha mais de 45 anos? As coisas parecem ainda mais confusas quando em uma noite de caminhada, ela e sua irmã avistam Vincent e sua turma em uma espécie de conflito, providos de armas e espadas antigas, mesmo avistando tudo isso de longe, ela pode ver claramente, Vincent pulando atrás de uma garota que parecia se jogar da ponte em que estavam. 
Apesar de todos os avisos e alarmes mostrando que Vincent poderia ser problema, Kate acaba de aproximando, e querendo conhecer mais sobre os mistérios que tanto a intrigavam, sem que notasse, ela encontrou nele um pouco mais de vida na sua que já andava sem sentido. Vincent ao lado dela se encontra mais vivo também, assim como ela, é o exato sentimento que Kate despertou nele. Mas como desconfiamos, ele guarda um segredo, algo sombrio, desconhecido, complicado e extremamente perigoso, estará Kate preparada para tudo isso em sua vida, algo tão cheio de incertezas??

Como disse a cima, Morra por Mim é o primeiro livro da série Revenants. Eu adorei o enredo que Amy criou. Sobre o cenário eu nem preciso dizer! Além de mágico é lindo, reconhecer as imagens de todas estas localidades de Paris descritas no livro aproxima muito mais o leitor à trama. A construção dos personagens, não só os protagonistas quanto aos secundários são incríveis, possibilita conhecer a fundo todas as personalidades distintas. E apesar de tímida, Kate sabe se posicionar como heroína e toda sua postura encantou o jovem Vincent que encontrou nela a chance de refazer sua vida.
O livro é um romance sobrenatural, mas também proporciona vários momentos de reflexão sobre a existência de Vincent e sua estirpe. Reflexões sobre o amor além da vida é fortemente abordado aqui. Assim como vidas levadas precocemente e a importância da existência de pessoas como Vincent neste mundo criado pela autora. Se você está cansada(o) de livros com vampiros e lobisomens, Morra por Mim é o livro ideal, com uma proposta nova, conduzido de forma incrível e sem perder o ritmo. Sendo assim, passa por cima de qualquer clichê que possa parecer e de qualquer cena previsível que mesmo assim nos encanta. E mais do que recomendo a leitura. Os direitos autorais do livro já foram comprados, agora só me resta esperar!

rela
ciona
dos