Título Original: O Francês que Caiu do Céu
Autor: Wagner Grillo
Ano: 2014
Editora: Scortecci
Páginas: 156
Compre aqui

O Francês que Caiu do Céu é um livro de contos do autor Wagner Grillo, com uma leitura rápida e retratando momento corriqueiros e escondidos de nosso dia a dia, os 9 contos do livros passaram pelos seus olhos sem eu nem perceber, é claro que a maneira que o autor apresenta cada conto contribui com isso.
O livro é curtinho, e os contos também, com exceção do conto que leva o nome do livro, que conta com a distribuição de 7 capítulos. Em sua seleção de conto o autor aborda assuntos com temas atuais e por vezes maquiado pela sociedade como, pobreza, traição, corrupção e também como amor, medo e memorias, tudo isso dentro do cenário brasileiro o que é sempre bom encontrar nos nacionais. Tudo em um misto de sentimentos que expõe nós meros humanos. Existe uma mistura de real e ficção e isso ajuda a envolver ainda mais o leitor.
Durante a leitura, senti que todos os contos passam uma mensagem clara para o leitor, como as pessoas buscam de maneiras sujas subir na vida, como a sociedade em si se corrompe facilmente em busca do benefício próprio, da forma como dinheiro as move e além do dinheiro, a forma como a luxuria leva as pessoas. 


Seria impossível falar de todos os contos e tornaria a resenha da obra maçante, mas três deles merecem destaque. Entre eles é claro o Francês que Caiu do Céu que contará a aventura desse francês que apareceu para salvar Efigênia e sua filha Jéssica das mãos de traficantes. Em seguida tem Decoro Para-lamentar onde um deputado federal se encontra num dilema. Ele deve escolher entre manter sua estabilidade política com sua esposa ou o amor de sua amante trinta anos mais nova. Por fim e sem dúvidas, Tempo, onde temos uma monologo inquietante e reflexivo do personagem que se encontra numa espécie de viagem temporal.

A única coisa que me desagradou foi a forma que as mulheres são retratadas, basicamente em todos os contos, algumas tem seus merecedores “finais felizes”, mas o fato é que em sua maioria algumas são tratadas como um objeto sexual e isso me incomodou um pouco. Mas talvez seja por que seja a primeira vez que tenha lido algo assim. 
O que posso dizer é que todos os contos inquietam e fazem o leitor refletir. Recomendo a leitura, principalmente para o público adulto, os amantes de contos e para aqueles que gostam de ter uma espécie de revelação com a leitura. Aqui a parte feia, cruel, egoísta e mesquinha do ser humano é retratado entre os desejos e fantasias dos personagens. Wagner Grillo nos mostra a verdade nua e crua, definitivamente não é o livro que vai te fazer suspirar e isso nem é a intenção do autor ele vem para fazer você pensar.

Sobre o autor:

Tem 55 anos, nascido em Belo Horizonte e morou dois anos na Argentina, nos últimos três anos morou no Rio de Janeiro. Trabalha com produção de eventos musicais, faz captação de recurso em empresas para os Projetos Culturais. O Francês que Caiu do Céu, é um livro com nove contos: O conto Tempo por exemplo: estava viajando só de carro, viu um casal pedindo carona na estrada, lembrou quando pedia carona no mesmo local, há 20 anos atrás.

rela
ciona
dos