Resenha: Watchmen - Edição Definitiva

Título Original: Watchmen
História: Alan Moore
Arte/Cores: Dave Gibbons (Arte) e John Higgins (Cores)
Ano: 1986
Editora: Panini
Páginas: 460
Compre aqui

Por volta dos anos 1980 e 1984, Alan Moore que já não era um mero principiante no meio da criação de roteiros para histórias em quadrinhos, porém ainda era um nome desconhecido no meio (até aquele instante ele já havia escrito para a 2000 A.D. e para a Marvel UK), teve de assumir o mensal Monstro do Pântano

Naquele momento ele teve de aprender a escrever uma revista inteira sozinho, e seguiu com o Monstro do Pântano por 40 ou 45 edições. Conforme a sua fase com a HQ terminava, o sentimento de iniciar uma nova história totalmente do zero se estabelecia, quando uma oferta da DC surgiu, ele não pensou duas vezes antes de aceitar, dando o seu primeiro passo para criar o que hoje conhecemos por Watchmen.

Com algumas ideias na cabeça e com grande vontade de iniciar algo novo, Alan Moore convida Dave Gibbons para realizar a arte de toda a nova história em quadrinhos que aos poucos surgia. Os dois já haviam trabalhado juntos em algumas outras histórias, como na série Future Shocks e 2000 A.D. porém, através dessa nova parceria, Alan gostaria de ter a oportunidade de trabalhar com Dave em algo substancial, algo que possuísse uma continuidade. Ele não queria que sua história se interligasse a outras histórias ou tivesse personagens diversos, provenientes de outros mundos ou outras dimensões e universos (coisa que vemos bastante nas HQs). 

O que ele queria era um começo, um meio e um fim. Além disso, Alan que era fã de vários personagens da finada Charlton Comics, gostaria de utilizar alguns dos personagens da empresa para sua nova história, porém após alguns empecilhos e algumas mudanças de planos, ele decidiu criar personagens novos, aqueles que amamos ou odiamos em Watchmen. Esses personagens tão conhecidos hoje em dia foram inspirados em personagens famosos e icônicos da Charlton, como é possível observar nos extras da edição definitiva.


E foi assim que Watchmen começou a dar os seus primeiros passos, com várias ideias saltitando aqui e ali, Alan Moore e Dave Gibbons criaram uma das histórias em quadrinhos (ou se preferir graphic novels) mais influentes de todos os tempos. Foi pensando em todas as vezes que eu li e reli essa história, todas as vezes que assisti ao filme ou ouvi a trilha sonora, em todo o meu fascínio por esse mundo criado e nos apresentado sem rodeios através de Watchmen (sem contar na presença ilustre do meu personagem preferido de todos os tempos) que eu decidi realizar essa resenha. Aqui eu não vou me ater muito no que acontece na história em quadrinhos (farei apenas um resuminho), o que eu quero fazer mesmo é destacar os vários aspectos da história, as diversas facetas que podemos observar ao longo das páginas, sem falar em alguns de seus personagens e dos extras maravilhosos que estão presentes na edição definitiva.

A história de Watchmen se inicia de forma rápida, brutal, e sem qualquer tipo de flores e fru-frus para enfeitar o que está acontecendo. Tudo começa quando um antigo vigilante mascarado, conhecido como Comediante, é assassinado. O Comediante havia trabalhado por muito tempo para o governo dos Estados Unidos, ele era um dos únicos vigilantes mascarados que não sofreu com a lei que tornou a prática ilegal. Uma vez que estava sobre a proteção do governo ele era enviado para guerras (como a do Vietnam) e também para acabar com revoltas e rebeliões em diversos outros países, resumidamente ele era aquele cara que servia como um auxílio extra ao exército dos Estados Unidos. 

O Comediante era o homem que fazia parte da força tarefa, juntamente com o Dr. Manhattan. Por ter estado na guerra e por tantos outros motivos, o Comediante poderia muito bem ter criado diversos inimigos, mas alguém, uma única pessoa, percebeu que seu assassinato não se tratava de um simples ajuste de contas, não se tratava apenas de um velho inimigo buscando vingança. Existia algo mais, algo maior acontecendo. A única pessoa, o único justiceiro mascarado que realmente percebia algo acontecendo, ou que era louco o suficiente para ir atrás de informações, era Rorschach, e ele não ficaria parado vendo mais ex justiceiros morrendo enquanto ninguém fazia nada.


Essa é apenas a premissa básica de Watchmen, é apenas o pequeno palco que servirá de base para uma trama muito bem elaborada, uma trama que é muito maior do que um simples homem buscando por pistas e respostas. Através dessa história Alan Moore conseguiu refletir sobre como a sociedade reagiria ao surgimento de justiceiros mascarados, quais seriam as consequências de termos, soltos por aí, uma quantidade razoável de pessoas que buscavam defender outras pessoas, de pessoas que estavam cansadas de sair de casa e verem inocentes sendo assaltados, homens sendo espancados, bandidos andando soltos sem qualquer tipo de justiça. Esses justiceiros “ajudavam” a polícia em seu trabalho, e com o tempo (o que foi muito esperto de Alan por sinal) provocaram uma greve na polícia, o que culminou com uma lei que declarava a ação de justiceiros totalmente ilegal.

Além de abordar a questão dos justiceiros mascarados, a HQ aborda a questão dos super-heróis. Através dela nós podemos refletir sobre como seria um mundo em que um homem tivesse poderes, pudesse se tele transportar de um lugar a outro em questão de segundos, pudesse observar a menor partícula dos seres vivos ou do próprio universo ou ainda, como seria o mundo se nele morasse um único homem com uma inteligência suprema?! Certamente, o país que tivesse esses homens como aliados seria considerado superior em relação aos outros. Mas o que isso causaria nos outros países, quais pressões eles deveriam sofrer?! Como pessoas comuns reagiriam a tais seres?! Através da história nós observamos a possibilidade de uma terceira guerra mundial, observamos o quanto a tensão entre os países aumenta, percebemos que alguma coisa deve ser feita para que o mundo se alinhe na direção da paz e não da guerra, e é exatamente isso que um certo personagem decide fazer.


Dentre tantos outros aspectos importantes, geniais e incríveis dessa história, eu não poderia deixar de comentar um pouco sobre o meu personagem preferido. De tantos personagens icônicos, bem elaborados que nos foram apresentados, o meu preferido sempre será o Rorschach. Esse personagem é aquele que engatilha toda a história, é ele que se recusa a sair das ruas quando a lei de ilegalidade é aplicada, ele tem seus princípios, tem sua própria justiça e de maneira alguma vai contra suas próprias convicções. O que mais me chama a atenção em Rorschach é que apesar de seus métodos brutais, ele busca a justiça, ele responde a brutalidade da sociedade com sua própria brutalidade, ele luta para que aqueles que fizeram o mal paguem suas dívidas aqui na terra. Rorschach é o elemento principal das minhas cenas preferidas, como as da prisão, as conversas com o psiquiatra, os trechos de seu diário (maravilhosos por sinal, meu sonho é que lancem o diário dele em formato de livro) ou ainda a discussão com o Doutor Manhattan. Eu poderia ficar horas e horas falando sobre a profundidade desse personagem, sobre seus princípios, sobre como ele se manteve fiel a tudo o que acreditava mesmo até o final da história, mas acredito que o que disse até agora já é o suficiente!

Outra coisa maravilhosa que Watchmen nos traz são as pequenas histórias paralelas de pessoas comuns. Nós podemos observar os pensamentos de um jornaleiro, uma pequena parte da vida de um psiquiatra, um garoto lendo uma HQ. E essa é a melhor parte! Aqui nós temos uma HQ dentro da HQ. Em Watchmen nós podemos ler trechos de Contos do Cargueiro Negro, uma história em quadrinhos de piratas que se mistura a história principal da graphic novel, e que após o lançamento do filme, virou desenho e foi lançado em dvd.

Sei que já falei muito, mas acreditem em mim quando digo que eu poderia muito bem ficar horas comentando sobre os diversos aspectos, todos os detalhes dessa história. Eu poderia divagar tanto que em certo momento não saberia mais o que me levou a tais pensamentos. Mas para finalizar, eu tenho que dizer que recomendo Watchmen para todos os amantes de histórias em quadrinhos e mesmo para aqueles que estão se apaixonando agora. Peço que leiam, peço que se deixem levar por esse mundo tão distante e ao mesmo tempo tão próximo do nosso. 

33 comentários

  1. Oiiii.

    Não é um livro que eu leria. Até boiei kkkk por que realmente não faz meu genero, mas eu ameii a resenha... Talvez seja uma das mais bem escritas aqui.. Mas vcs sempre arrasam mesmo, sempre perfeitos.
    Adorei as fotos, diagramação incrível.
    Adorei a resenha.

    Heim, fiz uma tag junto com o blogueiro Marcio sobre frases de mãe. Queria que vc respondesse ela. Indiquei vcs lá:3

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2015/05/tag-frases-de-mae.html

    Veja minha ultima resenha tmbm:

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2015/05/resenha-escolha-nicholas-sparks.html

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, tudo bem ???
      Fico muito feliz por saber que gostou da resenha flor !!! Pena que não se interessou pelo livro, é uma das minhas HQs preferidas !!! ^^

      Beijinhos

      Excluir
  2. Oi Ry!
    Cara eu ainda não tenho o costume de ler HQ.
    Mas quem sabe um dia... haha
    Assisti ao filme e curti muito a estória.
    Não sou nenhuma perita no assunto, mas curto muito os filmes de super heróis, tanto da Marvel quanto da DC!!

    Beeijo!
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raissa, tudo bem contigo ???
      Sabe flor, eu nunca fui de ler HQs, até que um dia me interessei por uma, e quando vi, me apaixonei por esse mundo !!! Mas confesso que não sou nenhuma expert, existem muitas HQs que eu nunca li, e nem sei se um dia vou conseguir ler, rsrsrs, mas eu vou tentando !!!
      O filme é ótimo mesmo, é super fiel a história original !!! Isso é o que eu mais gostei no filme ... Isso e o ator que interpretou o Rorschach !!! *-*

      Beijinhos

      Excluir
  3. Nossa , eu amo uma boa história em quadrinhos, mas sinceramente não acho que essa eu leria .. Não gostei muito,apesar que também é a primeira vez que vejo algo a respeito de Watchmen, então pode ser que meu conceito venha a mudar caso ouça mais alguma coisa ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Graziele, tudo bem ???
      O bom das histórias em quadrinhos é que, assim como os livros, existem HQs para todos os gostos, a gente só precisa encontrar a HQ certa !!! ^^
      Então flor, Watchmen é uma HQ antiga, de 1986, por isso acho difícil você encontrar muita gente comentando sobre ela por aí, só pesquisando mesmo, lendo resenhas e conversando com outras pessoas que já leram !!!

      Beijinhos

      Excluir
  4. Não curto muito histórias em quadrinhos,nunca nem fui fã de monica hahah.
    Eu tb tenho um blog e marquei você em uma tag, espero que vc responda bjss
    http://apenasmais1livro.blogspot.com.br/2015/05/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, tudo bem ???
      Que pena que não é fã de histórias em quadrinhos ... Hoje em dia elas são tão diversificadas, e é tão fácil encontrar novas ou velhas histórias por ai !!! ^^
      Muito obrigada por nos indicar, mas nós já respondemos essa TAG aqui no blog, se quiser dê uma passadinha nas TAGs para conferir as respostas !!!

      Beijinhos

      Excluir
  5. Olá,
    Esse infelizmente não é o meu tipo de leitura, quadrinhos não são minha praia, mas leria sim!
    Adorei sua escrita! Muito objetiva, parabéns!

    bjs,
    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabella, tudo bem ???
      Que pena que não gosta muito de quadrinhos flor ... Mas te garanto que a história é ótima, muito bem pensada e arquitetada, no final você vai ficar de queixo caído !!! :D

      Beijinhos

      Excluir
  6. EU GOSTEI!!!!!
    Definitivamente livros em quadrinhos é a minha praia
    TEM MUITA GENTE QUE DIZ QUE esse a esse hq é muito complicado e com o filme é mais fácil de entender
    Mas eu gostei do filme e quero ver de pertinho o livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lissandro, tudo bem ???
      Fico muito feliz por saber que gostou da história, e mais feliz ainda por saber que já assistiu o filme e pretende ler a HQ !!!
      Olha, sendo bem sincera, eu não achei a história complicada não, ela possuí pontos mais confusos na história sim, mas não é nada que filmes, livros ou séries já não tenham feito também, rsrsrs. É uma história que vale muito a pena, sem contar na beleza das cores e desenhos que encontramos nela !!!
      Espero que goste da HQ !!!

      Beijinhos

      Excluir
  7. Ola
    Confesso que ainda boio um pouco nesse lado de HQ's. Ha um tempo comecei a acompanhar series e filmes que abordam essa tematica, mas ainda boio muito kkk quem sabe lendo esse livro eu consiga me envolver de fato com tudo e virar fã? gostei da premissa q vc passou e acho q vai ser interessante!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacqueline, tudo bem ???
      Não esquente flor, esse mundo das HQs é um pouco complicado mesmo, e fica mais complexo ainda quando estamos falando de uma ou mais HQs que façam parte de um mesmo universo, rsrsrs, dai o bicho pega, rsrsrs. Mas mesmo assim, acho que vale a pena conferir, mesmo que seja assistindo filmes e séries !!! :D
      Espero que consiga dar uma olhadinha na HQ, ela é muito boa, e além disso, no caso de Watchmen nós temos um começo, um meio e o fim, assim fica mais fácil de entender tudo !!!

      Beijinhos

      Excluir
  8. Zentii, adoro Watchmen!! Acho que não tenho um personagem favorito, gosto de todos um pouco, mas tenho um mix de feelings pelo Comediante!

    Acho que é realmente uma das mais influentes HQ's que já existiu, amo o filme e desejo muito comprar essa edição!!
    Já leu V de Vingança?! Pra mim V é perfeito, sou mega fã e suspeita pra falar! XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, tudo bem ???
      Sério que você gosta do Comediante ?! Rsrsrsr, eu confesso que sou meio indecisa com relação a ele, mas na maior parte do tempo eu não o suporto, rsrsrs.
      Infelizmente até hoje não consegui ler V de Vingança, está na minha lista já faz tempo, mas até hoje não tive a oportunidade de ler ... Espero conseguir conferir a história em breve !!!

      Beijinhos

      Excluir
  9. Neste momento eu não consegui nem ler a resenha só consigo expressar minha inveja por ter essa edição e eu não ter dinheiro para Hqs.
    Brincadeira, ai Watchmen é ótimo, um dia ainda terei todos

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie !!!
      Essa edição é maravilhosa !!! Acho que de toda a minha coleção de livro, esse é o que foi mais caro (uma facada, para falar a verdade, rsrsrs) mas não me arrependo de ter comprado. Ele é o meu xodó !!!
      Espero que um dia consiga comprar, ou quem sabe, ganhar essa edição !!!

      Beijinhos

      Excluir
  10. Oeee Ry!

    Cara posso ser sincera: achei do caralho essa HQ, eu não assisti o filme e sabia beeeeem pouco sobre Watchmen mas você conseguiu com sucesso que eu me interessasse em ler essa HQ, até porque eu tô bem a fim de começar a ler HQ. O bom de HQ de super herói é a trama política por detrás e algo que me interessa muito.
    Tá mais que desejado!

    Beijos :3
    ~nathália n.
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, tudo bem ???
      Fico muito, mas muito feliz mesmo, por saber que consegui te deixar curiosa e com vontade de ler essa HQ flor !!!
      Eu sou suspeita para falar, pois ela é a minha preferida de todos os tempos, mas ela é ótima. Tem uma história muito bem pensada e, como você disse, trata bem essa parte política que algumas histórias de super heróis abordam !!!

      Beijinhos

      Excluir
  11. Oi, não gosto muito de HQ, na minha infância era apaixonada, aliás, foi pelas HQ's que peguei gosto pela leitura, mas atualmente já não gosto tanto, não é mais um gênero que leio com tanta frequência, esse livro não me chamou atenção para a leitura no momento, mas achei incrível, e tenho certeza que todos que amam HQ vai se amarrar.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lara, tudo bem contigo ???
      Nossa que estranho flor ...
      Que pena que não curte e não lê mais tantas HQs. Watchmen é um clássico, e uma das minhas HQs preferidas. Pena que não se interessou ... :/

      Beijinhos

      Excluir
  12. Eu gosto do mundo das HQs, mas entendo muito pouco delas, como exemplo eu não conhecia o Watchmen até ler a sua resenha cheia de elogios, mas depois de ter me apaixonado por um outro justiceiro mascarado (Demolidor <3) eu vou dar uma olhadinha nas versões comuns de Watchmen, e a propósito, que coisa mais linda essa edição definitiva!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovana, tudo bem ???
      A flor, eu também não entendo tanto assim do mundo das HQs não, rsrsrs. Sei muito pouco, e sempre estou pesquisando mais e mais, porque, toda hora surge algo novo, e fica difícil acompanhar tudo, rsrsrs.
      Fico muito feliz por saber que se interessou por Watchmen !!! Estou aqui torcendo para que consiga ler a história, garanto que ela não vai te desapontar !!!

      Beijinhos

      Excluir
  13. Olá, eu adoro histórias em quadrinhos, mas não sei se leria essa, gosto mais de outros temas, não que não seja emocionante uma história com heróis e vilões, mas não são as minhas preferidas.
    Adorei a resenha, da pra perceber seu amor no seu modo de falar sobre a história.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lorena, tudo bem ???
      Fico muito feliz por saber que gostou da resenha !!! Essa é a minha HQ preferida, por isso eu sou totalmente suspeita para falar, rsrsrs, é difícil não me animar quando começo a falar dela !!! :D
      Pena que esse não é o tipo de história que te encanta, é uma história maravilhosa e instigante !!!

      Beijinhos

      Excluir
  14. Adorei a resenha. Não tenho costume de ler HQ, mas essa com certeza chamou a minha atenção. Fiquei com bastante vontade de ler. E essa edição é linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, tudo bem ???
      Fico muito feliz por saber que gostou da resenha !!! ^^
      Watchmen é ótimo, eu sei que sou suspeita para falar, mas é uma história muito bem pensada e arquitetada !!! É o tipo de história que te instiga e faz criar mil hipóteses !!!
      Espero que consiga conferir a história algum dia !!!

      Beijinhos

      Excluir
  15. Adorei a resenha, mas não tenho certeza se eu leria, mas me deixou um pouco curiosa vou deixar anotado aqui e se eu tiver uma oportunidade de ler eu não irei desperdiçar. Muito obrigado pela dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Brenda, tudo bem ???
      Fico feliz por saber que curtiu a dica !!!

      Beijinhos

      Excluir
  16. Hello!
    Não sabia que tinha livro do Watchmen!
    Eu já vi o filme e achei tão confuso a história. Acho que eu ficava comparando com X-men.
    Meu namorado amou o filme, vou ate ver se compro pra ele o livro.
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy, tudo bem contigo ???
      Pois é flor, na verdade, o filme foi inspirado na HQ !!! :D
      É uma HQ maravilhosa, tenho certeza de que ele irá curtir.

      Beijinhos

      Excluir
    2. Ah sim. Um filme é pouco para contar tudo que se passou nos quadrinhos, deve ser por isso que achei confuso.
      Mas ele vai amar mesmo!
      Bjus

      Excluir