No começo do ano eu tomei uma decisão que mudou, até certo ponto, a minha vida drasticamente. A verdade é que eu nunca fui de acompanhar ou assistir muitas séries, até alguns anos atrás, eram pouquíssimas as séries que me interessavam e deixavam curiosa para saber mais. Mas com o passar dos anos, e com a diversidade de séries que foram surgindo por aí, eu me vi cercada e morrendo de vontade de conferir algumas das várias opções disponíveis. O problema é que me faltava tempo e um lugar, canal ou site legal que me permitisse assistir a todas essas séries. Podem me chamar de tapada, e admito que nesse sentido eu sou muito tapada, mas eu só fui descobrir as maravilhas do NOW (uma coisa, ou canal, que a Net criou, e que na minha mente confusa é uma espécie de Netflix, só que feito para os assinantes da Net) no ano passado, e pior ainda, só fui começar a usar definitivamente o tal do NOW, no comecinho deste ano.

Uma coisa que vocês precisam saber sobre mim, além de que eu sou tapada, rsrs, é que eu adoro séries de comédia. É por isso que eu sempre vou trazer uma ou outra série de comédia aqui para o Estante Diagonal. Eu não consigo evitar, eu gosto de dar risada, e além disso, eu gosto de compartilhar com vocês boas opções para que, juntos possamos dar boas risadas! É por esse motivo que, no começo deste ano, quando estava descobrindo pela primeira vez as maravilhas do NOW, eu fui direto para a série New Girl
New Girl é uma série produzida pela FOX, lançada no ano de 2011, e que já está com sua quarta temporada sendo transmitida nos Estados Unidos. A série pega emprestado várias fórmulas muito utilizadas em outras séries de comédia, como Friends e How I Met Your Mother, mas apesar de utilizar fórmulas antigas, ela também apresenta elementos novos, frescos, que quando misturados com todos os personagens, histórias, detalhes e aquelas fórmulas bem conhecidas, se torna algo ótimo e até certo ponto, atual. É verdade que as personalidades de cada personagem também auxiliam o sucesso da série, são esses personagens e suas histórias que permitem que o telespectador se identifique e dê boas risadas de praticamente tudo o que acontece, mas gosto de pensar que é uma junção de tudo. São todos os detalhes que tornam a série especial e engraçada.
Nossa história começa quando Jessica Day, ou Jess (Zooey Deschanel), uma professora do ensino fundamental maluquinha, fofa e esquisitinha, resolve fazer uma surpresa para seu namorado. O que a pobre Jess não imaginava era que, ao entrar na casa que os dois dividiam, iria fazer papel de trouxa, e como se não bastasse, iria encontrar o seu namorado com outra mulher. A partir dessa traição Jess decide que precisa de um novo lugar para morar, um lugar longe do ex namorado, onde ela possa se recuperar e seguir com a vida. Ela não pensa duas vezes quando descobre o apartamento ideal. O único problema, ou talvez nem seja um problema (dependendo de como você observa a situação), é que esse apartamento possuí três inquilinos, que dividirão o teto com a recém-chegada Jess.
O primeiro inquilino, e o meu personagem preferido de toda a série, é o mal-humorado Nick Miller. Nick (Jake Johnson), é um fracassado, no momento em que Jess se muda para o apartamento ele estava se recuperando de um término de namoro, e não lidava muito bem com a situação. Ele havia desistido da faculdade, estava “escrevendo” um livro sobre zumbis que nunca, nunca terminava, e como as pessoas precisam de dinheiro, ele trabalhava como barman em um… adivinhem só ?! Bar, da cidade. Nick é carrancudo, estressado, revoltado com as coisas, tem sua maneira de lidar com tudo, e faz de tudo para não gastar (já que ele mal tem dinheiro para gastar), mas apesar de todas as suas características, ele é o personagem que mais encanta essa pessoa aqui, e o que me faz dar boas gargalhadas.
Nosso segundo inquilino é o Schmidt (Max Greenfield), ele é o personagem mais rico e bem-sucedido de todos os personagens. Schmidt possuí alguns probleminhas, ele é quem comanda o apartamento, além de ser uma tremenda diva, tudo deve estar de acordo com suas vontades, desde a disposição dos móveis até a limpeza da casa (e é ele quem limpa), como se não bastasse ele tem um catálogo com todos os seus ternos, isso mesmo, ele possui um catálogo com  todos os seus ternos! Schmidt era bem gordo na faculdade, por isso cresceu com certos problemas de auto estima, apesar de afirmar que está bem e melhor do que nunca, agora que emagreceu.
Em seguida nós temos o Winston (Lamome Morris). Winston foi uma descoberta do futebol quando estava na faculdade, por isso ele foi enviado para um time em outro país. Porém, quando seu futuro se torna inserto e até certo ponto, arruinado, ele volta para os Estados Unidos, e, consequentemente, para o apartamento em que Jess vive com os outros dois personagens. Winston pode ser considerado o personagem mais normal de todos (mas não pense que por isso ele não é engraçado), além disso, ele trabalha duro para conseguir um bom emprego e seguir com a vida.

Por fim, nós temos a Cece (Hannah Simone), uma modelo descendente de família indiana que é a melhor amiga de Jess. A Cece não mora com Jess e seus novos amiguinhos, ela mora em um apartamento que divide com outras modelos. De todos os personagens a Cece é a que eu menos gosto. Não que eu realmente não goste da personagem, é só que de todos, ela está no final da minha lista!

Ao contrário de The Middle (que já foi resenhado nesse link aqui), New Girl não é uma série familiar recheada de piadas para toda a família e para todas as idades. Ela usa e abusa de piadas ligadas aos mais diversos temas, partindo de temas familiares e simples, e chegando até mesmo no sexo. Por esse motivo acho bom deixar o aviso, é claro que eu sei que hoje em dia a juventude está cada dia mais avançada, mas não custa nada avisar. Confesso que acho a série bem engraçada, mas os momentos que mais me encantam e fazem rir são as piadas simples, sem nenhuma apelação, são aquelas piadas vindas das características e detalhes de cada personagem.
A atuação de todos os atores é ótima, eles conseguiram entrar muito bem na pele de cada personagem e nos fazem rir com suas loucuras e características peculiares. Apesar de gostar de todas as atuações e de todos os atores escolhidos para o elenco de New Girl, os meus atores preferidos, desde o primeiro episódio foram os personagens da linda e fofa Zooey Deschanel e do engraçado Jake Johnson. Esses dois atores, além de interpretarem muito bem possuem uma ótima química. Desde o início da série você percebe como esses dois estão ligados, como eles se conectam facilmente e fazem a atuação fluir de forma natural.
New Girl é uma boa pedida para momentos de descontração, para dar boas risadas. O que mais me encanta nessa série é o fato de que, aqui, os personagens não precisam se encaixar em modelos criados pela sociedade, e nem precisam ser o tipo de personagem ideal, como Jess e Nick, para agradar, para fazer rir. De todos os personagens, acredito que vocês já perceberam que os meus preferidos são o Nick e a Jess (até porque, essa pessoa aqui se parece com a Jess). Por isso, se você está procurando uma série de comédia para assistir, essa é definitivamente, uma boa pedida!


New Girl

Criado por: Liz Meriwether
Com: Zooey Deschanel; Jake Johnson; Hannah Simone; Max Greenfield; Lamome Morris
Gênero: Comédia
Duração: 22 minutos – 24 episódios
Lançamento: 2011

rela
ciona
dos