Resenha: O Príncipe dos Canalhas

Título Original: Lord of Scoundrels
Autora: Loretta Chase
Ano: 2015
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Compre aqui

Desde que soube do lançamento de mais um romance de época da Arqueiro e já sabia que de alguma forma eu ia acabar lendo, depois de ir no encontro que tivemos aqui em Porto Alegre e conhecer mais sobre Loretta Chase, eu não via a hora de conhecer este tal de Dain, Sebastian, Lorde Belzebu, o Príncipe dos Canalhas.

Abandonado aos 8 anos de idade por sua mãe e rejeitado pelo pai que o achava um monstro (que na minha opinião, por ser filho de uma estrangeira italiana, apenas não se encaixava nos padrões de beleza da época), Sebastian Ballister, conhecido como Lorde Dain se criou e cresceu em um internato para jovens meninos. Lá, depois de ter vencido todas as implicações e insultos de seus colegas, Sebastian começou a construir parte de sua reputação. Sebastian cresceu com a raiva e ódio em seu coração, virou uma pessoa fria e grosseira, desde cedo já era chamado de o filho do diabo, depois de adulto, o Lorde Belzebu em pessoa.

Depois da morte de seu pai, assumiu toda a herança da família, e sozinho tirou suas propriedades da lama, situação da qual seu pai havia deixado, construiu um império para si, o seu próprio inferno. Nenhuma alma atrevia-se atravessar o seu caminho, nenhuma dama respeitável o queria como marido, ele fugia de compromissos, era dono de si e gostava de levar uma vida de libertino, era um devasso e levava uma vida de pecado e gostava disso. Mas tudo mudaria quando Bertie Trent começou a andar sob a influência de Dain, disposta a afastar seu irmão do mal caminho Jéssica Trent chega a Paris para enfrentar o próprio diabo.


Jéssica por conta própria escolheu recusar todas suas propostas de casamento para ser uma solteirona, para sozinha abrir sua loja de vendas e conseguir seu próprio dinheiro. Um verdadeiro escândalo para a época, mas ela não ligava para os tabus da sociedade e não seria isso e nem as ameaças de Lorde Dain que a tiraria do seu objetivo e é claro que foi logo essa sua determinação e a falta de papas na língua que despertou o interesse de Dain na bela dama, mesmo que ele jamais admitisse isso.

"- Acho que o senhor está me ameaçando - disse ela. - Permita me deixar tudo bem claro (...), - Posso destruir sua reputação em menos de trinta segundos. Em três minutos, posso reduzi-la a pó."

O livro tem um "Q" de "O Cravo e a Rosa" e eu amei cada discussão desses dois desde seu primeiro encontro, Jéssica é muito inteligente e por isso tem a língua afiada, por vezes o próprio Dain parecia perder a fala com tamanha audácia e insolência de Jéssica. Ele também é um Lorde difícil, não está acostumado a ser cortês para agradar ninguém e muito menos receber ordens, ainda mais de uma mulher. O livro é recheado de intrigas, de humor e de cenas hilárias.

" E, se eu não aceitar, vai tentar destruir a minha reputação - retrucou ela, concluindo o raciocínio. -Não será uma tentativa - refutou ele. Ela se sentou de maneira bastante ereta na cadeira e cruzou as mãos delicadas e enluvadas sobre a mesa. - Pois eu gostaria de vê-lo tentar - declarou ela."

Eu amei a maneira que Jéssica desafia Lorde Belzebu e amei cada artimanha que eles encontravam para estes confrontos. É difícil dizer quem é mais cabeça dura. No meio deste pé de guerra que eles criavam, paralelamente a sociedade e os fofoqueiros da região logo iniciaram as apostas para saber quem se renderia primeiro. A personalidade de cada personagem é mais do que difícil, e ambos a todo momento achavam que o outro sempre estava a um passo a frente apenas para acabar com a reputação do outro, a dela como solteirona independente que homem nenhum poderia domar e a dele, o diabo em pessoa.

Diferente de Julia Quinn e Mary Malogh a escrita de Loretta Chase e a maneira que ela conduz o leitor é diferente. Com a escrita em terceira pessoa mas alternada entre os pontos de vistas de cada personagem ela mal nos apresenta diálogos, eles são poucos e simples. Mas a verdade que a ausência disso não atrapalhou minha leitura, foi algo diferente eu adorei isso. As descrições das cenas são tão reais que mesmo sem saber o que cada personagem diz em certos momentos, nós conseguimos viajar nos devaneios de cada personagem e entender o que cada um está sentindo.


Eu amei estes personagens e me diverti muito conhecendo a história desses dois, mas para quem está acostumado com as outras autoras desse gênero, estejam cientes que vocês encontrarão algo peculiar. O Príncipe dos Canalhas é um livro muito mais sensual, apesar da inexperiência de Jéssica em relação ao depravado do Dain, ela não fica para trás de jeito nenhum, pois teve a criação de sua avó outra personagem totalmente a frente de sua época. Então sim, o livro tem muita tensão sexual entre os personagens e isso acabou me instigando ainda mais durante a leitura, é quase como a música, "entre tapas e beijos" hahaha. Mas fiquem tranquilos não tem nenhuma agressão física aqui, quanto aos insultos não posso dizer nada hahhaa.

Leiam Loretta Chase e descubram uma outra forma de contar romances históricos, descubram personagens mais do que originais, de personalidades fortes e únicos, totalmente opostos da época que viviam e que juntos são perfeitos mesmo com a infinidade de imperfeições que cada um tem!

Confira a série Scoundrels:
1. O Príncipe dos Canalhas
2. O Último dos Canalhas

35 comentários

  1. Olá!!!
    Acredita que nunca ouvi falar desse livro?? Que vergonha...rs
    Pela sua resenha acho que vou amar esse livro...ainda mais tenho um quê de O Cravo e a Rosa...esses amores que se odeiam aos mesmo tempo...rs Adoro histórias assim!!!

    Parabéns mais uma vez!!

    Beijos, Bá.
    http://cafecomlivrosblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bárbara, se tu gosta de romances de época vai amar este!

      Excluir
  2. Olá, Joi.
    Lorde Belzebu é um nome, no mínimo, diferente para se encontrar em um livro de época. Isso já me agradou. Como a premissa também me pareceu boa, principalmente porque o protagonista me parece um estilo de anti-herói.
    Com certeza vou ler.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É apelido! Mas tem um contexto todo perfeito para isso! ^^

      Excluir
  3. Bom, já vi vários comentários sobre esse livro, tanto positivos, quanto negativos, então só lendo para mim tirar minhas próprias conclusões sobre o livro, curto livros de romance de época, por isto me interessei por esse livro, estou curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  4. Uau! Depois do que li aqui eu quero ler esse livro. Esse Lord deve ser mesmo o capeta! Mas, pelo que vi será domado. hahaha Gosto de romances assim, a gente fica torcendo pelo sucesso do casal.
    Vou amar! Ótima resenha!!!!

    Bjocas
    Ni
    Cia do Leitor

    Tem postagem nova no Cia!
    http://ciadoleitor.blogspot.com.br/2015/06/resenha-gayle-forman-apenas-um-ano.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Nizate! A gente torce mesmo, mas se diverte com as brigas ^^

      Excluir
  5. Oi, Joi!!

    Eu pensei a mesma coisa que você assim que vi o anúncio da Arqueiro sobre esse livro. Tenho uma queda gigantesca por romances de época que está no sangue (minha mãe ama também) e sei que irei ler e amar! Uma pena que esteja com a grana curta nesses últimos meses...

    Mas fico feliz de ler sua resenha porque também só tenho ouvido elogios.

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie! Nossa, também sou apaixonada por romances de época. Mas gente, esse Lord hein, hahahaha. Parece ser um livro interessante, mas não sei se eu sairia correndo para lê-lo, no momento.
    Ótima resenha!

    Beijos,
    www.girlfromoz.com.br

    ResponderExcluir
  7. Onw, estou amando esse livro, já estou nos capítulos finais e adorando cada página rsrsrs
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  8. Oi Joi, desde o lançamento desse livro eu estou louca para lê-lo, nunca li nada de romance de época e esse chamou muito minha atenção, gostei demais da premissa e sem contar que a capa está linda né? Até hoje não vi ninguém que não tenha gostado do livro :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kétrin, mesmo assim te recomendo que leia algo mais como Julia Quinn para depois de aventurar no Canalha, a narrativa pode atrapalhar um pouco marinheiras de primeira viagem nos romances de época!

      Excluir
  9. Esse livro parece ser ótimo!!
    Bjs, Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não sou muito ligada em livros de época, queria um muuuuito bom para quando começar me apaixonar por eles hahahha
    Esse parece interessante, mas ainda assim, não me comprou muito :/

    ResponderExcluir
  11. Este livro parece ser muito gostoso de ler, estou amando estas leituras mais leves, românticas e divertidas!
    Adorei a resenha!
    beijinhos

    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Joi!
    Tava com saudades de você também. =D
    Adorei a resenha e também a protagonista feminina, que parece ser bem independente para a época!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era sim Priih! A protagonista é ótima!!! Impossível não se divertir com ela

      Excluir
  13. Olá Joi, tudo bem?
    Eu já li esta resenha no blog "Livros e Chocolate Quente", mas lá a Andressa não havia gostado, e pelo jeito você gostou kkk'
    Agora estou na dúvida se leio ou não. Hehehe
    Irei pensar cuidadosamente sobre isso xD
    Beijinhos

    www.cantinhogeek.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei Géss, a Dressa, tem um gosto um pouco diferente do meu ^^

      Excluir
  14. Oie,
    nossa, cada vez que vejo uma resenha deste livro me encanto ainda mais.
    Adorei!
    Mega curiosa para ler, pena que ainda não consegui comprar

    bjos
    http://blog.vanessasueroz,com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Joi, como vai?
    Olha, confesso que quando vi esse livro pela primeira vez, não me senti nem um pouquinho atraída por ele. Não gostei do título, para início de conversa :S Depois de ler a sua resenha, fiquei até um pouco curiosa, principalmente porque adorava assistir "O cravo e a rosa" e todas as brigas da novela, rs.
    Beijo grande e boa semana ♥

    >Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que a resenha tenha te influenciado Thati, o livro tem bem esta vibe de o cravo e a rosa, as brigas são divertidas e sempre torcendo pelo casal ^^

      Excluir
  16. Eu não sabia das partes sensuais, mas irei relevar, porque o que eu não gosto é de livros HOT, mas mesmo assim fiquei bastante interessada na história e espero gostar bastante, porque o livro me parece ser muito gostoso de ler. Eu tenho que começar a ler livros históricos viu?! Mas vou começar por um outro que já está na minha meta e ai mais pra frente vou ver se pego esse e um outro da Arqueiro que todos tem falado bem. =] Enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/resenha-primeiro-e-unico.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Começa assim mesmo Sil, tenho certeza que vai se apaixonar por romances de época!

      Excluir
  17. Antes de mais nada, preciso declarar que não sou muito fã de romances de época, mas realmente fiquei curiosa sobre "Príncipe dos Canalhas" (isso pode ou não ter a ver com o nome "Lorde Belzebu" kkkk)...
    De qualquer forma, vou adicionar esse livro à minha listinha de futuras leituras, porque tenho certeza que, se não gostar da história, pelo menos vou me divertir com as discussões do casal... :)
    Bjs, Juh.
    http://naosepreocupecomisso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. A começar pelo titulo que deixa a gente curiosa e até surpresa ne?!
    Quando vi o lançamento da Arqueiro, so de ver a capa já imaginei que seria um romance de época e eu AMO esse tipo de livro!
    Com brigas, intrigas, fofocas e romance, clarooo que esse livro seria meu logo logo, haha, adoro esses elementos juntos numa boa estória, como vc disse tem umas coisas que lembram o Cravo e a Rosa que eu adoroooo, uma das melhores novelas.
    Quando fiquei sabendo que seria uma releitura de Bela e Fera, aí que a curiosidade gritou!! Li algumas resenhas negativas, mas confesso que não me abalou, o livro ainda acho mtooo bom e mega recomendo gente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzzy, para mim o título foi interessante e a capa, sem dúvidas é uma das mais lindas deles ^^

      Excluir
  19. ah ce paraa, eu ja to doida de vontade de ler esse livro e vem com isso elogiando masisiajiasj mais vontade ainda! adorei tua resenha, alias adoro as resenhas do blog, sao bem construidas e nao sao chatas de ler auhsuhsauh
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. oii
    como já havia dito nunca li um livro de romance de época e muitas editoras estão investindo neles com a cara e coragem,este livro tbm tem uma capa impecável,assim como todos os livros de época,retrata como a sociedade era antigamente... e a historia de alguém que não ligava para a sociedade..bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romances de época são viciantes, depois que comecei, viciei!

      Excluir
  21. Olá.
    Só pela capa já da uma certa vontade de ler!
    Não sou muito fã de romances de época, mas acho que vou ler esse.
    Parabéns pela resenha!
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Joi!!
    Sabe eu tenho um sério problema com livros de romances de época, tenho um ranço terrível com esse gênero , para ser sincero até comentar as resenhas é difícil kkkkkkkk porque eu sinceramente acho esse leitura bem chata, de todas as resenhas desse livro que já (participar de Top Comentarista é tenso) a sua foi a que mais me agradou e até despertou certo interesse pelo livro, mas bastava alguém me contar o que acontece no final que eu ficaria satisfeito!!

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAhahah te entendo Alisson! Mas é bom viu, espero que um dia dê a oportunidade para o gênero!

      Excluir
  23. Esse é um dos livros que não me interessam em ler, mas se acontecer de eu ganhar eu irei com certeza ler, mas não pretendo compra-lo pois tenho outros que são prioridades para mim ler.

    ResponderExcluir