Resenha: O Bangalô

Título Original: The Bungalow
Autor: Sarah Jio
Ano: 2015
Editora: Novo Conceito
Páginas: 514
Compre aqui

Esse último livro que a Joi enviou pra mim me surpreendeu! Eu já tinha lido uma ou outra resenha sobre ele, mas ele ainda não tinha entrado de vez na minha cabeça e por isso eu solicitei ele quando me foi oferecido. Fico feliz de tê-lo feito!

O livro conta a estória de Anne e se passa no ano de 1942, quando a Segunda Guerra Mundial estava acontecendo. Anne é uma mulher com uma vida confortável. Ela tem praticamente tudo o que a maioria das mulheres com sua idade querem, um noivo bem de vida, uma família perfeita e uma melhor amiga que está sempre ao seu lado.

Porém ela sente que algo está faltando. Ela acabou de se formar em enfermagem e sente que deve fazer algo a mais antes de se casar e selar seu destino para sempre. É quando ela descobre que sua melhor amiga, que também se formou em enfermagem, está indo para a guerra, na base militar americana localizada em Bora Bora, para ajudar como enfermeira. Ela sente que aquela é a oportunidade perfeita para ela fazer algo de útil e decide ir junto, deixando seu noivo com a promessa de que irá voltar logo. Porém durante o período do alistamento ela viverá coisas que a mudarão para sempre.


Nas primeiras páginas do livro conhecemos como é a vida de Anne, achei essa parte meio parada, mas aprendi que as primeiras páginas de um bom livro podem muito bem não ser exatamente emocionantes. E isso se provou certo conforme a estória foi avançando. Assim que Anne chega em Bora Bora nos deparamos com um cenário contraditório por ser tão lindo, mas ao mesmo tempo estar servindo de cenário para uma guerra que ocorre perto dali.

Quando comecei a ler pensei se tratar apenas de um romance, mas ao longo do livro vamos descobrindo muitas camadas na estória que envolvem tópicos muito reais no mundo, como guerras, traições, paixões e drama.


Eu nunca tinha tido contado com a escrita da autora, mas gostei bastante da forma como ela vai conduzindo seus sentimentos durante a leitura. Como a narração é em primeira pessoa você vai entrando na cabeça da personagem e acaba tirando praticamente as mesmas conclusões que ela e depois se surpreende com as revelações finais.

Foi uma leitura bem agradável e me deixou com grandes expectativas em relação aos outros livros da autora. Acho até que o estilo dela é meio parecido com o do grande romancista Nicholas Sparks, pois ela mescla o romance central com outros gêneros. É como se aquela estória realmente pudesse ter acontecido! Recomendo a leitura para os fãs de Sparks e afins!

14 comentários

  1. Oi, Raíssa! Tudo bem? Que legal ter você por aqui. Adorei a resenha! <3 O pessoal está falando tanta coisa a respeito desse livro, que eu até estou ficando com vontade de lê-lo! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oláá! Tudo bem?
    Esse não é um livro que eu escolheria assim de cara, mas me parece ter uma história interessante. Adorei a resneha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Raíssa! Sou amante da leitura e estou iniciando meu blog e adoraria que passasse lá! E aceito críticas e sugestões!
    Adorei a resenha e o livro parecer ser bom. Ainda não entrou para minha wishlist mas quem sabe...

    Passe lá no meu cantinho: http://amo-os-livros.blogspot.com.br/
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei muito da história desse livro, mas a capa da frente deixou a desejar. Sou daquelas que gosto do conjunto da obra rs.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Raíssa!
    Eu curto muito livros que se passam na Segunda Guerra Mundial, mas esse não me despertou muito o interesse. Principalmente depois que você disse que lembra o Sparks. Eu fujo dos livros desse homem (sem preconceito com quem gosta). Só não desce, sabe?
    No mais, adorei sua resenha.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. O Bangalô já está na minha lista de desejados, a sua resenha veio para acrescentar o quanto é maravilhoso, pelo número de estrelas que vc deu, com certeza tem que ser lido, beijos...

    ResponderExcluir
  7. Oi, Raíssa!
    Poxa, esse livro me parece bom... Não sei por que tenho essa impressão. Algo na capa e no título do livro me fazem imaginar que ele é mesmo um belo livro. Sua resenha veio pra ser mais um elemento que confirma a minha teoria. Eu tenho um livro da Sarah aqui, mas ainda não li. Acho que em breve darei uma chance a ela.
    Amei a sua resenha. Romances que tem como pano de fundo guerras são sempre emocionantes e tocantes.

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir
  8. Oiii Raíssa, parabéns pela resenha! Eu compraria esse livro só por causa dela, pq confesso que esse nome e essa capa não é muito atrativo para mim, porém sua resenha me despertou certa curiosidade!
    Beijinhos

    https://amanhecerliterario.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Adorei sua resenha! Parece ser daqueles livros que você se apaixona logo de cara, bem fofo. Já está na minha lista de desejados!

    Tá rolando uma promoção valendo 9 livros no meu blog. Participe!

    ResponderExcluir
  10. Uau, a última linha da sinopse me deixou verdadeiramente interessada nesse livro, “o bangalô” parece ser bem interessante, pelo menos é o que a sinopse fez parecer. Eu não conhecia a autora. É a primeira vez que leio algo sobre o livro e gostei bastante! Estava meio perdida em relação a história e a resenha me ajudou bastante a entender mais!

    ResponderExcluir
  11. Ai Raissa, nem me fala que eu achei este livro maravilhoso. A autora tem Violetas de Março que também é ótimo e Neve na Primavera que não achei tão bom assim. Mas O Bangalô entrou nos meus favoritos de 2015 porque a história é cheia de romance e amor e eu amoooooo épocas de guerra.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Raissa!
    Eu não sou muito fã do tipo de romance descrito por esse livro, acho que eu canso fácil da leitura. Amei sua resenha!
    Beijos!


    Borboletas de papel Ƹ̴Ӂ̴Ʒ

    Conheça o novo projeto literário #12HistóriasBrasileiras e participe!

    ResponderExcluir
  13. Olá, meninas!
    Em primeiro lugar, meus parabéns pelo blog! Está super gracioso!

    Já tive a feliz oportunidade de ler O Bangalô também, e não me arrependo de nada! Só conhecia esta autora pelo nome mesmo e durante minha leitura ia ficando cada vez mais apaixonada pela narrativa dela. Foi um livro que valeu muito a pena ter lido.

    Parabéns pela resenha! :)
    Beijos!
    http://www.blogleituravirtual.com/

    ResponderExcluir