Título Original: Everything, Evereything
Autora: Nicola Yoon
Ano: 2016
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Compre aqui
Hoje é o dia do lançamento de Tudo e Todas as Coisas. A obra é o primeiro romance da autora Nicola Yoon e eu posso lhes garantir que é uma estreia e tanto. Tudo e Todas as Coisas é o típico livro que te deixará com borboletas no estômago. Fofo e singelo, mas ao mesmo tempo, comovente que explora diversos  tipos dos nossos sentimentos.
Madeline é alérgica a tudo. Ela vive junto com mãe, que fez de sua casa uma bolha particular, com direito a banhos de intoxicação e a um purificador de ar. O seu mundo é isso e apesar de parecer um tanto quanto limitado para uma adolescente de 18 anos, ela é feliz de sua maneira. Ensino a distância, livros, internet, pesquisas, e principalmente, sua enfermeira Carla, fazem de sua rotina um pouco menos solitária. 
Maddy é acostumada e conformada com sua vida, afinal, nunca experimentou nada além daquilo que tinha. Bom, tudo muda quando um caminhão de mudanças de nome incomum chega na casa ao lado. Por sua janela, Maddy acompanhou a chegada de seus novos vizinhos, a chegada de Olly.

“Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar pelo Olly. E é quase certo que será um desastre.”

A partir desse momento, Olly passa a ser o mundo inexplorado de Maddy, passa a ser seu alvo de pesquisa. Embalado a todos as características de um primeiro amor, Nicola explora o melhor dessa fase adolescente com Maddy e Olly. Até então, tudo parece normal, a não ser pelo fato de que nunca Maddy poderia conhecer Olly pessoalmente. É neste intenso dilema entre o certo e o desejo do desconhecido que a autora tece uma história completamente encantadora, meiga do início afim, assim como um primeiro amor. 
Apesar de pouco saber sobre o mundo fora de sua casa, Maddy é uma personagem inteligente e de uma personalidade incrível. Apesar de sua doença que a limita, ela não se entrega, literalmente ela segura as pontas. O mesmo trabalho é feito com Olly, que mesmo ferido por seus dramas pessoais consegue se entregar de corpo e alma para um sentimento totalmente novo.

A leitura fluiu muito bem, é rápida, divertida e emocionante. É fácil permanecer imerso pelas páginas e digerir tudo que acontece por este livro. Confesso que desvendei facilmente o mistério que envolve Maddy e sua doença, mas de jeito nenhum isso tira o brilho e a aposta que é este livro. Com certeza é uma leitura que eu recomendo para todos que procuram se sentir preenchidos.

Gostei que a autora desenvolveu uma forma muito pessoal de contar esta história, esta forma somada com as ilustrações do seu marido David Yoon, que por muitas vezes, contam acontecimento apenas com uma imagem, garante uma característica única para o livro. A edição faz jus a história, tudo que contém nele consegue interagir com o leitor, de forma que fique muito mais claros os sentimentos que Nicola deseja passar.
Tudo e Todas as Coisas é um livro que vai chegar para ficar, um pequeno aprendizado sobre perdas, escolhas e sobre o comportamento humano. Um livro que te passará não só uma, mas diversas mensagens positivas, relevantes e reflexivas. Uma leitura ideal para quem se encontra um pouco perdido ou insatisfeito com as intempéries da vida. Por fim, é importante salientar que apesar de ser classificado como um sick-lit, o livro é diferente de muitas coisas que li, então, rendam-se e se aventurem por esta história cheia de amor e completamente encantadora.

rela
ciona
dos