Título Original: O Despertar do Lírio
Autora: Babi A. Sette
Ano: 2016
Editora: Novo Século
Páginas: 384
Compre aqui

Com renomadas autoras como Lisa Kleypas e Julia Quinn, chega a ser difícil o mercado nacional competir com tanto talento. Bem, isso era antes. Antes de conhecermos a queridíssima, Babi A. Sette, autora da série Flores da Temporada. A Promessa da Rosa chegou tímido, mas assim como a autora, conquistou muitos fãs, com sua narrativa singela, ela consegue transpor em palavras um pouquinho de sua alma e assim reivindica um cantinho de nossos corações. E o melhor, o grande público que consome este gênero, abraçou a autora, o que não foi nenhum esforço, já que é inquestionável o talento da autora logo em seus primeiros parágrafos de narrativa. 
Feito as apresentações e concluída a baita “rasgação” de seda da minha parte, vamos a resenha de O Despertar do Lírio, segundo livro da série.
Apesar de fazerem parte da mesma coleção de livros, os volumes, como qualquer outro do gênero, podem ser lidos separadamente. Cada livro contará a história de um personagem respectivamente, com início meio e fim. Você poderá pegar, evidentemente, spoilers sobre os personagens anteriores, mas eu, como uma boa fã desta fórmula, não me incomodo nem um pouco.

Lilian Radcliffe é irmã mais nova de Kathelyn Stanwell, protagonista de A Promessa da Rosa. Lilian não teve a vida tão tumultuada como sua irmã, foi precoce de muitas formas, mas a que mais perdeu pelas poucas opções. Coube a ela dar um pouco de orgulho para seus pais. Aos 16 anos se casou com seu primo, Visconde de Wheymouth, Rafael Radcliffe, que como parte família, encontrou um meio de ajuda-la. Logo ela fora mãe do pequeno Paul, entretanto, aos 19 anos, já era viúva. Hoje com 22, era vista como uma honrada viscondessa. Admirada por todos e procurada por muitas damas para conselhos ou qualquer outro tipo de ajuda. Sua honra era tudo que ela tinha de mais sagrado, aquilo que prometera manter por sua mãe, assim como prometera sua lealdade para seu marido no leitor de morte.

“Damas não sentem em demasia, a expressão de indiferença em qualquer situação, seja ela alegre ou triste, não é apenas um lembrete de que ocupamos um lugar de destaque na sociedade, é, além de tudo, uma proteção.”

Tendo vivido muito, em tão pouco tempo, Lilian acredita que já viveu todas as experiências cabíveis a ela, que seu papel diante a sociedade já estava completo, mas isso muda, drasticamente, quando Lilian é convencida por Carolina Bowmer a acompanhar sua filha Anabele, em uma temporada no campo que acontecerá na propriedade de Lady Marfleet. Por lá ela conhece o sobrinho da anfitriã, o Barão Assassino, que repentinamente resolve aparecer como um dos convidados.

Simon Thorn é um homem atormentado pelo seu passado. A sociedade o fadou como um tipo de indivíduo e ele abraçou a causa, nada fez para mudar os maus julgamentos que lhe fizeram. Ele é conhecido como o Barão Assassino, o barão que matou sua ex-esposa. Suas atitudes também não ajudam em nada, pouco sociável, libertino e dono de umas das maiores casas de jogos de Londres, ele só ajuda a enegrecer sua fama. Simon, no passado, tinha um problema mal resolvido com Rafael, porém, com o falecimento de Rafael, ele acaba direcionando o seu desejo de vingança para Lilian e ele pretende concluir seus planos o mais breve possível. Nem que para isso, ele tenha que arruinar a tão honrada viúva.

Eu fiquei completamente apaixonada pela narrativa da Babi e a maneira que ela soube conduzir esta história e maneira que ela entrelaça segredos, paixão, amor e ódio numa mesma vertente. É fácil nos envolvermos com Lilian e é fácil se intrigar com Simon e suas motivações, ainda mais quando ele começa a demonstrar que é, absolutamente, vulnerável, muito mais que nossa pequena flor. Nesta trama de conflitos e diálogos afiados, a honra e a vingança brigam num cabo de guerra eletrizante e bem-humorado. 

A relação criada entre Lilian e Simon é algo extasiante, onde ambos têm de aprender e a ensinar, onde a honra vira entrega, e a vingança, proteção. O desenvolvimento de ambos os personagens é recompensador durante a leitura. É este tipo de contraste de personalidades que prende o leitor, que faz com que devoremos o livro da noite para o dia. Nos surpreendemos com as convicções dos personagens, antes tão estruturadas por eles, e que durante o desenvolvimento do livro, se mostram passíveis de mudanças.  O que pode estar por trás de tantos pudores em Lilian? E principalmente, o que está por trás dos segredos da antiga casa de Simon, palco da morte de sua ex-esposa, fechada há 6 anos. O que o fez querer virar um homem tão detestável pela sociedade.

“Entendeu, enquanto caminhava, que algumas pessoas parecem entrar na vida de outras para derrubar suas defesas, desconstruir suas verdades, despi-las.”

Apesar de Simon ter a maior carga dramática do livro, Lilian não deixa de ser uma personagem forte e guerreira a sua forma, ela é de uma maturidade impressionante, mesmo antes do seu envolvimento com Simon. Porém, sobre o título do livro, nunca um veio tanto a calhar. Lilian vem de Lírio em latim e logo temos todo o significado de uma personagem. Este livro vai falar sobre o despertar de Lilian, o despertar de uma mulher ainda capaz de ser apaixonada e sedutora, aquela que deveria ser seduzida para a sua maldição, mas acabou seduzindo seu maldito.

Histórias de cura e crescimento sempre me fascinam num romance, ainda mais sendo de época. Então não custou muito para que eu me apaixonasse por O Despertar do Lírio. Lhes garanto que a vida pode ter judiado, em proporções diferentes, estes personagens, mas agora é tempo de curar as feridas de um passado intrincado e o perfume de um tal lírio vai ser o grande responsável por muitas mudanças nesta história.
Eu recomendo a leitura para todos os apaixonados por romances e do gênero, e mais uma vez aproveito para elogiar a autora, que conseguiu desenvolver uma belíssima história, relacionada ao primeiro livro e que dá destinos maravilhosos para seus personagens. Você vai se emocionar e rir. Que as grandes cabeças do gênero se cuidem, pois, a Babi chegou conquistando seu espaço, a autora conta histórias emocionantes, encantadoras e que vão te conquistar. Caso você deseje ser a próxima vítima do Barão Assassino, eu lhes digo, isso será totalmente aceitável.

Confira a série Flores da Temporada:

1. A Promessa da Rosa

1.5. A Sombra da Rosa

2. O Despertar do Lírio

3. Não Me Esqueças

rela
ciona
dos