Mais uma postagem para o Mês de Terror e hoje resolvi fazer uma pequena lista com alguns filmes de terror que mais me marcaram. Nesta lista não tem nenhum filme muito atual, então se preparem para a velharia rs. São antigos, mas eu garanto, todos são assustadores e trabalham em cima dos diferentes tipos de medo e por este motivo estão entre os filmes que mais me impressionaram ao longo da vida.

1 – Espíritos – A morte esta do seu lado

Tudo que envolve espíritos para mim é muito mais assustador. É a ação do desconhecido trabalhando arduamente no seu inconsciente. Resultado? Medo. O filme tailandês de 2004 tem uma trama bastante simples, porém, trabalhada numa atmosfera única ao longo do filme. E o final? Certamente uma das primeiras cenas que imagino quando penso num filme de terror.

Thun (Ananda Everingham), um jovem fotógrafo, e sua namorada Jane (Natthaweeranuch Thongmee) atropelam acidentalmente uma pedestre. Eles fogem da cena do crime e retornam às suas vidas normais, em Bangkok. A partir de então Jane passa a ser atormentada por estranhos pesadelos, enquanto que Thun nota que em suas fotos aparecem estranhas figuras, parecidas com fantasmas. O casal decide investigar o fenômeno e encontra outras fotografias com imagens sobrenaturais. Paralelamente os melhores amigos de Thun começam a morrer, um a um, de forma misteriosa.


2 – O Exorcista

Se hoje assistisse novamente o clássico, talvez não ficasse tão impressionada quanto fiquei na primeira vez. E talvez muito menos quando vi a versão remasterizada de 2000. Mas a verdade que o filme marcou não só uma geração, mas reinou durante muito tempo como um dos filmes mais assustadores e que mais se envolveu com polêmicas em sua produção. Tudo isso somada a minha pouca idade, fizeram que eu virasse noites em prantos, com medo de fechar os olhos. Não é à toa que muitas pessoas ainda não assistiram ao filme até hoje.

Em Georgetown, Washington, uma atriz vai gradativamente tomando consciência que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Deste modo, ela pede ajuda a um padre, que também um psiquiatra, e este chega à conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão.

3 – A Bruxa de Blair

De 1999, A Bruxa de Blair foi pioneiro ao utilizar do found footage nos cinemas e quando eu assisti ao filme eu nem se quer sabia o que o termo significava. No auge dos meus 11 anos de idade eu só sabia que o filme foi construído em cima de imagens perdidas de três estudantes que realmente existiram. Assisti louca de medo? Me marcou pelo resto na vida? Claro! E por isso que está nesta lista, mesmo hoje sabendo que os boatos sobre o filme não passavam de marketing.

Três estudantes de cinema embrenham-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair e desaparecem misteriosamente. Um ano depois, uma sacola cheia de rolos de filmes e fitas de vídeo encontrada na mata. As imagens registradas pelo trio dão algumas pistas sobre seu macabro destino.

4 – Os Outros

Lamento muito que a nova geração não consiga passar pela experiência que foi assistir filmes como Os Outros sem ter pego antes algum tipo de spoiler. Os Outros e Sexto Sentido, sem dúvidas, merecem estar lado a lado como os filmes com os finais mais surpreendentes de todos. Aquele filme que te manipula de tal maneira que ao final tu se sente completamente enganado. Uma sensação de ingenuidade, de falta de atenção que eu acho impossível alguém não terminar de assistir ao filme sem ter vontade de assisti-lo novamente. O que foi que eu perdi? Mas como?

Durante a 2ª Guerra Mundial, Grace (Nicole Kidman) decide por se mudar, juntamente com seus dois filhos, para uma mansão isolada na ilha de Jersey, a fim de esperar que seu marido retorne da guerra. Como seus filhos possuem uma estranha doença que os impedem de receber diretamente a luz do sol, a casa onde vivem está sempre em total escuridão. Eles vivem sozinhos seguindo religiosamente certas regras, como nunca abrir uma porta sem fechar a anterior, mas quando eles contratam empregados para a casa eles terminam quebrando estas regras, fazendo com que imprevisíveis consequências ocorram.


5 – O Chamado

Claro que nesta lista não poderia deixar de colocar mais um horror oriental, afinal, terror eles sabem fazer muito bem. Dentre eles, O Chamado, tanto a versão original quanto a produção americana fizeram história no cinema. E o melhor, foi lançado numa época em que a fitas VHS ainda estavam em alta. Nunca depois dele, um telefonema foi como antes.

Rachel Keller (Naomi Watts) é uma jornalista que decide investigar a misteriosa morte de sua sobrinha. Ela percebe a relação da morte dela e de várias outras mortes com um estranho vídeo, que faz com que todas as pessoas que o assistam morram exatamente sete dias depois. Intrigada com a história, ela agora precisa descobrir um meio que impeça que a profecia se realize, já que ela e seu filho assistiram ao vídeo.


6 – 1408

A tensão criada, a atmosfera desesperadora criada por este filme me fez querer pela primeira vez na vida sair no meio de uma sessão do cinema e voltar para a segurança da minha casa. Sério. Eu simplesmente, não aguentava mais sofrer por medo. 1408, baseado em uma obra de Stephen King, foi um dos filmes mais apavorantes que assisti. Eu não sei se hoje em dia teria a mesma impressão sobre ele, mas sei que quando assisti fique completamente impressionada pelo longa protagonizado por John Cusack. Pelo que me lembro, não há nada de sangue, vísceras ou jumpscares em exagero, é algo inteiramente psicológico.

Um promissor romancista, Mike Enslin (John Cusack), resolveu enveredar por outro caminho e escrever livros que investiguem fenômenos paranormais. Enslin nunca presenciou realmente algum destes fatos, então fica difícil obter credibilidade. Além do mais Mike é totalmente cético, pois até hoje não encontrou evidências de que exista vida após a morte. No entanto decide ir até Nova York e se hospedar no Dolphin Hotel, mais exatamente no quarto 1408, que tem fama de ser habitado por espíritos malignos. O gerente do hotel, Gerald Olin (Samuel L. Jackson), o avisa que 56 mortes já ocorreram neste quarto, mas Mike está decidido a conferir se sua fama está condizente com a verdade.


Esta foi minha pequena lista de filmes que foram e são muito assustadores para mim, mas não vou deixar de colocar uma listinha de menções honrosas que mereciam estar aqui tanto quanto os seis filmes que listei acima. São eles: O Grito, Jogos Macabros, Atividade Paranormal, Sexto Sentido, Quarentena, O Exorcismo de Emily Rose e A Profecia (2006). Lembrando estes são os filmes mais assustadores para mim!

E vocês já assistiram algum desses filmes? Me indicam algum para assistir neste mês de terror? Deixem as sugestões nos comentários, vou adorar conferir.

rela
ciona
dos