Resenha: O Erro

Título Original: The Mistake
Autora: Elle Kennedy
Ano: 2016
Editora: Paralela
Páginas: 279
Compre aqui

Grace é uma jovem caloura na faculdade e louca para viver algumas emoções, como conhecer novas pessoas e perder a virgindade. Porém, ela é um pouco tímida e sente certa dificuldade em fazer essas duas coisas. Apesar de já ter ido a inúmeras festas no campus, arrastada por sua amiga Ramona (que é o seu oposto), Grace ainda não conseguiu se enturmar muito bem.

É quando o destino bate à sua porta no formato de um lindo jogador de hóquei. Logan faz sua cabeça girar de tanta sensualidade, entretanto, um erro acaba afastando os dois e só o tempo irá dizer se esse casal realmente foi feito para estar junto.

O segundo livro da série Amores Improváveis, de Elle Kennedy, consegue ser ainda mais emocionante que o primeiro volume (resenha aqui). A autora já deixou claro pra mim a linha que segue ao criar suas histórias. Entre suas características, estão algumas pitadas de drama, romance e comédia, uma mistura que definitivamente deu muito certo. É exatamente esse jeitinho doce e divertido das histórias de Elle que me conquistou.

O Erro fala sobre a vida de Logan (amigo de Garrett, protagonista do primeiro livro) e Grace, uma caloura da faculdade que não vê a hora de enfim, aproveitar sua liberdade. Já dá pra imaginar que os dois personagens são bem diferentes em termos de personalidade e estilos de vida, mas isso só torna as coisas mais interessantes.

"Pare. Agora. A voz é da minha consciência, tentando me impedir de cometer um grave erro. Então, por que não a ouço? Por que não consigo...?"



Além disso, por trás dessa fachada que os dois mostram ao mundo, suas personalidades são surpreendentes. Principalmente a do Logan, que no começo se mostra um babaca pegador, mas que durante o livro vai demonstrando quem realmente é. Os problemas familiares de Logan enriquecem a trama e contribuem para que o leitor desenvolva empatia pelo personagem. E Grace que a princípio parece ser aquelas personagens inseguras e meio chatas, mas que depois também se releva cheia de facetas.

Os dois juntos são mais do que fofos e perfeitos, mesmo com todas as diferenças e desentendimentos de ambas as partes! Juntos superam suas diferenças e encontram um no outro o suporte que tanto precisam. Ao longo da leitura, também temos a chance de rever Hannah e Garrett do primeiro livro e eles estão mais unidos do que nunca, até dão uma ajuda para o casal principal, haha! Se você adora um clichê como eu, vai amar esse livro. Sim, o enredo não é a coisa mais inovadora do mundo, mas sempre reforço a ideia de que se o autor tem a habilidade de construir bem a história e seus personagens, então nenhum clichê fica chato.



Eu, como uma boa fã de romances new adults que se passam na faculdade, amei o livro todinho. Os personagens são muito envolventes e divertidos, principalmente os amigos do Logan do time de hóquei. É engraçado como a Elle Kennedy conseguiu entrar na cabeça do Logan e pensar exatamente como um cara e não como uma autora escrevendo em nome de um personagem masculino. Gostei muito disso porque imagino que escrever como um homem deve ser um desafio e tanto, ainda mais como um cara igual a Logan.

Enfim, esse é um ótimo livro para se apaixonar, dar boas risadas e se divertir. Fãs de Colleen Hoover, Cora Carmack e Cecelia Ahern vão gostar muito dessa história. Foi a Izabel que me deu esse livro, justamente por saber que eu amei o primeiro. Então, obrigada Bel!
Confira a série Amores Improváveis:
1. O Acordo
2. O Erro
3. O Jogo
4. A Conquista

6 comentários

  1. Já amo romances e um clichê bem trabalhado encanta todo coração. Tenho uma queda por new adult e já li várias resenhas elogiando essa série. Com o terceiro saindo em breve espero encontrar uma promoção logo logo hehe

    ResponderExcluir
  2. Ameeei O Acordo, não vejo a hora de ler este segundo, mas esperando uma promoção também :/

    ResponderExcluir
  3. Oi Raissa! Eu li O Acordo e adorei! Gostei tanto que li em apenas dois dias (isso porque eu tinha milhões de coisas pra fazer!), a escrita da autora é excelente e muita fluida. Particularmente eu achei que em O Acordo, mesmo sendo uma estória de fundo cliché, fugiu um pouco dos tradicionais NA que já li, mas, parece que os dramas, não tem uma proporção tão grande em O Erro. Gostei de saber que Hannah e Garrett estão presentes também no segundo livro. E me pareceu pela resenha que O Erro tem tudo para ser uma leitura deliciosa também, mas um pouco mais leve que seu antecessor. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Não li o primeiro, tenho vontade de ler esta sendo bem comentado. Como adoro drama, romance e comédia, vou gostar, pois é muito bom dar risadas enquanto lê e mais gostoso ainda torcer pelo casal, que bom que só no começo Grace é chatinha e ele pegador, pois personagens assim odeio, mas conhecendo eles melhor parece que são o oposto disso.

    ResponderExcluir
  5. Raissa!
    Pelo visto o Erro nem foi tao grande assim, né?
    Gosto dos livros no estilo e gosto de rir muito lendo livros também e por isso quero demais fazer a leitura não apenas desse, mas de todos os livros da série.
    Já soube que o terceiro sai por esses dias...
    “Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Eu li O Erro e é realmente uma história bem clichê, mas é um romance muito divertido, achei uma leitura tranquila e os personagens também não me agradaram muito de início mas eles mostram que realmente nem tudo é como parece a princípio.. gostei desde livro também gostei do Acordo, adoro ler romances deste estilo.

    ResponderExcluir