Título Original: The Rosie Project
Autora: Graeme Simsion
Ano: 2013
Editora: Record
Páginas: 320
Amazon

O livro de hoje eu adquiri através de uma troca no Skoob, mas eu já o conhecia através de algumas resenhas e já estava interessada na história, mas na verdade, acho que a gente nunca sabe bem o que esperar de um livro, algumas vezes a sinopse é incrível, mas a leitura não é tão agradável e em outras nos surpreendemos com quanto o livro mexeu conosco.
E esse foi o caso de O Projeto Rosie. A história começou singela, até um pouco parada. O personagem principal já é desde o início envolvente, porém no primeiro capítulo nada demais acontece. Eu já estava achando que iria me arrepender da leitura quando algumas coisas começaram a acontecer e de repente me vi completamente envolvida. Vamos a resenha!
Don é um chato! Certinho demais e extremamente metódico, ele confia na ciência para encontrar a mulher perfeita. Para isso ele cria o Projeto Esposa, um questionário detalhado com todos os critérios necessários para ajudá-lo a filtrar a candidata perfeita para o cargo. Para ele a mulher perfeita não pode ser fumante, não podem se atrasar e nem usar muita maquiagem e este é exatamente o perfil de Rosie. Rosie será a mulher que provará a Don que a mulher ideal para ele jamais se estabelecerá por fórmulas prontas, mas sim, unicamente pelo amor.
Don é um personagem super engraçado, ele tem um jeito todo robótico, até meio calculista. Mas ao mesmo tempo ele se importa bastante em não magoar ninguém com sua falta de jeito com as pessoas. Ele tem uma vida regrada, cheia de horários e manias, mas quando Rosie aparece no escritório dele e invade sua vida, os horários e manias são deixados de lado, por mais que Don não se dê conta disso.

O livro tem um ritmo bem gostoso de seguir, a trama não é difícil e complicada, na verdade é algo bem tranquilo e divertido. Don narra a história em primeira pessoa e é muito interessante saber como a cabeça dele funciona. Acho que se O Projeto Rosie, fosse narrada por Rosie eu ia morrer de raiva das atitudes dele, mas quando sei como ele pensa minha reação é outra.
Devido algumas subtramas do livro relacionadas a Rosie, os dois personagens vão se envolvendo em várias situações e Don não se dá conta de que fica cada vez mais difícil se afastar da atrapalhada Rosie. E ele não entende o que é amar alguém, por isso é tão interessante ver a transformação e amadurecimento desse personagem.
A mensagem que tirei do livro é basicamente a de que não é possível encontrar uma pessoa perfeita, que se adeque a todas as suas necessidades. O amor vem de lugares inesperados e sabemos quando é verdadeiro porque amamos até os defeitos da pessoa.
Outro ponto legal é que este é um romance narrado por um personagem masculino, o que nos dá uma perspectiva diferente, já que a grande maioria dos romances lançados, são narrados pelo personagem feminino da história. Talvez, na verdade esse detalhe não seja assim tão diferente, mas é legal que isso aconteça. Assim como, Graeme Simsion, que os autores criem narradores homens para demonstrar que eles também têm sentimentos. De maneira geral, O Projeto Rosie é divertido e emocionante, regado de um humor inteligente. É um romance que te conquista aos poucos e que ao final você se sente muito bem de tê-lo conhecido.


Resenha postada originalmente por mim no O Outro Lado da Raposa

rela
ciona
dos