Resenha: Na Minha Onda

Título Original: Na Minha Onda
Autora: Laura Conrado
Ano: 2017
Editora: Globo Alt
Páginas: 288
Amazon - Saraiva

Vitória Prata vive e respira música. Desde que se entende por gente transforma sentimentos, circunstâncias e barulhos em composições maravilhosas, um trabalho feito com todo seu coração que encontrou no caminho alguém com quem compartilhar, uma amiga, Carol Laine. Juntas sentiram o gostinho da fama, viajaram, foram bajuladas e tiveram sucesso, entretanto, ser uma dupla não era exatamente o sonho de Vitória e visando alcançar seus objetivos, se mudou da Bahia para São Paulo e partiu a luta.

Nada saiu como planejado e Vitória foi obrigada a ver seu sonho desmoronar dia após dia e ainda que relutante, precisou voltar para a casa de seus pais com as mãos vazias. Só que retornar para Bahia tem outras surpresas para Vitória, sua amiga, aquela com a qual ela rompeu para seguir carreira solo está fazendo um sucesso tremendo, toda a Bahia canta suas canções, o Brasil clama por sua presença e como se isso não bastasse, Carol Laine está mais linda do que nunca. E tudo bem, desde que elas não se reencontrem, desde que ela não descubra seu fracasso... Só que o destino não anda tão bonzinho assim com Vitória e antes que ela possa fazer uma oferenda a Iemanjá reforçando seu pedido, Carol Laine está batendo em sua porta.

"Quando se tem esperança, é fácil desejar felicidade a outras pessoas. Mas e quando seus sonhos se esvaem e sua vida se torna um acúmulo de fracassos, como é que se faz para se manter próxima da sua melhor amiga quando é na vida dela que seus sonhos estão sendo realizados? Como acompanhar alguém que vive um sucesso absurdo enquanto sua vida naufraga feito o Titanic?"

Não sei nem por onde começar a falar sobre a obra. São tantos assuntos, reviravoltas e preciso ser cuidadosa para não soltar spoilers. Socorro! Tinha que ser uma obra da autora Laura Conrado, para vir tão cheia de emoção, misticismo, suspense e ainda assim ser fofa.

Vitória Prata é uma baiana arretada, cheia de sonhos, força de vontade e determinação. Foi munida de todas essas qualidade e boa música que partiu rumo a São Paulo em busca de uma carreira de sucesso. Tudo que ela almejava era ser capaz de encontrar uma gravadora, tocar suas composições, alcançar a tão sonhada fama, dinheiro, o business e todas as vantagens que ser famosa proporciona, só que não foi exatamente assim que as coisas aconteceram. São Paulo na verdade se revelou um banho de água fria. Por cinco anos ela tentou, por cinco anos buscou por uma misera chance, mas nada aconteceu e quando o dinheiro acabou, quando as dividas cresceram, não restou alternativa a não ser voltar para casa de seus pais.

Aos vinte e seis anos, sem saber o que fazer, que direção tomar, que caminho tentar, o desespero se torna sua companhia, e a luz de Vitória se apaga um pouco mais a cada dia. A menina vibrante e sonhadora perde espaço para uma mulher triste, amargurada, que vive choramingando pelos cantos e desabafando em um “caderninho/diário”, só que quando a gente pensa que ela vai definhar de vez, o passado bate a sua porta, Carol Laine quer retomar a amizade, mais que isso, ela quer uma nova chance para a dupla, oferecendo a Vitória uma nova opção, ainda que não seja exatamente o caminho que ela desejava e de quebra ainda reencontra Lucas, seu amor de infância, mas jamais revelado e correspondido. Sentiu o que vem pela frente? Exatamente, agora acrescente ai um perseguidor, inseguranças, competição, egocentrismo, inveja, ganância e arrogância.

" - A gente nunca conhece uma pessoa de verdade, Vitória. As pessoas se escondem em si mesmas, em máscaras, convenções sociais, personalidades... Relações são sempre uma caixinha de surpresas."




Na Minha Onda é uma bela história sobre sonhos, amizade, deslumbramento, insegurança e perdão. Um por trás dos bastidores, onde a fama não é assim tão bonita. O que mais amei na história foi o toque verossímil, é fácil identificar as situações reais, principalmente no modo como à autora abordou o sucesso e a maneira como ele influencia nas decisões, pensamentos e atitudes de quem esta ao redor, acabando com a autoestima, criando inseguranças, a sensação de que nada nunca será bom o suficiente. Levando-nos a abrir mão de nossa própria essência apenas para conseguir ser parte de um seleto grupo que na verdade não nos ama, não nos respeita, apenas tolera para ficar em evidência.

Outro ponto que atraiu minha atenção foi toda a musicalidade, cada canção abordada, principalmente uma composição especial “Filme de Amor” que a autora Laura Conrado fez em parceria com a cantora Flávia Ellen, o que me leva diretamente para o romance da trama. Lindo, principalmente pela bela mensagem deixada – quem te ama, vai te amar pelo que você é, pelas imperfeições, pequenos defeitos que te tornam única. A perfeição absurda está apenas na sua cabeça e ela oculta o teu verdadeiro eu, não mude para agradar, seja apenas você e viva.


Enfim, Na Minha Onda é uma história sobre situações cotidianas, que com certeza te marcará de alguma maneira, mesmo com todo o drama, a obra é leve, divertida e você se pegará lendo com sotaque baiano, desejando conhecer essa terrinha maravilhosa, tão rica em cultura e sabores. Bahia aí vou eu! Laura Conrado acertou mais uma vez, ela sabe dosar cada elemento, como nos envolver e nos deixar com aquele gostinho de quero mais e mais. Com personagens intrigantes, cenários paradisíacos e muito amor, essa obra ganhara um espaço em seu coração.

Não preciso nem mencionar o quanto essa edição está lindíssima não é? Globo Alt, sempre arrasa tanto nas capas, quanto na diagramação, é muito capricho. Até a próxima! Beijo.

31 comentários

  1. Uma história bem diferente e achei super interessante isso.
    A música relacionada a vida das personagens me chamou demais a atenção.
    E essa questão do toque verossímil, referente aos sonhos, o deslumbramento da fama e a amizade de ambas fez com que minha curiosidade só aumentasse.
    Parece ser uma história muito bem escrita e que envolve o leitor.
    Não tinha ouvido falar do livro ainda. E edição parece estar super caprichada mesmo.
    Espero conferir em breve.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Caroline.
      Laura Conrado sempre arrasa. Ela possui um escrita muito leve e seus enredos são deliciosos de ler. Se puder lhe dê uma chance.
      beijos

      Excluir
  2. Olá!
    Adorei a premissa desse livro e a capa é muito fofa <3
    Adoro quando o livro tem um tom musical, acho que deixa tudo mais diferente e único.
    Amei! Quero ler logo <3
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Natalí.
      Leia sim, têm muita musicalidade e emoções.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá !
    Não conhecia o livro e nem a autora mas adorei o enredo .
    Parece ser uma história bem real e que pode acontecer com qualquer um, tomar a opção errada, quebrar a cabeça e se arrepender. O bom é que Vitória conseguiu uma segunda chance de tentar melhorar..

    Enfim, me encantei com todo enredo do livro e vou sim o ler !
    Adorei !
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, Mich.
      Você precisa conhecer a escrita de Laura Conrado. Seus livros são maravilhosos, todos eles trazem um toque verossímil e suas protagonistas são sempre mulheres que vão a luta.
      Beijos

      Excluir
  4. Não é um livro que me chame atenção de cara pela história, mas achei interessante esse lado da fama que mostra, ainda mais porque parece que dá uma sensação boa de realidade e faz a gente ver a coisa toda de um modo menos glamoroso, sabe? Um lado mais humano, as coisas que a pessoa deve passar e etc. Ele ter um tom cotidiano pode ser uma coisa que fica leve e gostosa de ler.
    Parece bom pra divertir e dar essa vontade de conhecer a Bahia né. Acho legal quando um livro dá um destaque assim pra um lugar e a gente fica com essa vontade de conhecer ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cristiane.
      Meninaaaaaaaaaa pensa no tempero baiano que essa história possui. É para ficar doida morrendo de vontade de comer um bom acarajé. Sim, o livro é bem cru em relação ao que acontece nos bastidores, trás essa discussão a cerca da inveja, do egocentrismo, a competição... Enfim, vale a pena conferir.
      beijos

      Excluir
  5. Já vi uma resenha sobre o livro e adorei a história. Gostei da participação da música é e da perseverança da Vitória. O que aconteceu com ela deve ter acontecido com várias pessoas na vida. Achei interessante que quando ela volta pra cidade dela, tudo resolve aparecer ao mesmo tempo rsrs amiga de infância e amor de infância.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nayana.
      E volta os problemas também kkkkkkkkkkkkk
      Vitória é multi facetas, ela arrasa. Acredito que ela representa a maior parte das pessoas que partem em busca de seus sonhos, principalmente para quem vive de arte.
      Beijos.

      Excluir
  6. Oi, Biia!!
    Gostei muito do enredo do livro, acho super interessante quando o autor coloca nas suas obras estórias que podem acontecer com qualquer pessoa no cotidiano!! Amei essa edição está maravilhosa!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marta.
      Exatamente, é gostoso conseguir nos enxergar nos personagens e pensar que aquela história poderia ser a nossa.
      Beijos

      Excluir
  7. Olá!
    Não conhecia o livro e nem a autora, mas sempre é muito bom ter novas opções de leitura, quando inteligentes e que nos transmitem uma mensagem boa. A edição está muito bonita!
    Ótima resenha, me motivou a fazer a leitura.
    Obrigada!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii Márcia. Muito feliz que tenha gostado da resenha, obrigada pelo carinho. Olha, Laura Conrada possui uma escrita maravilhosa, é leve, é despretensiosa, mas sempre deixa uma mensagem bacana.
      Beijoooos

      Excluir
  8. Apesar de não ter me interessado tanto pela sinopse ainda estou curiosa para ler esse livro, principalmente por essa edição lindíssima.

    Beijos!

    http://esselivrolido.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Caroline.

      Se tiver a oportunidade leia sim. É uma leitura bem leve e gostosa.
      Beijos

      Excluir
  9. Adoro esta mistura de musica e estória, e acredito que isto por si só já tenha me interessada, mas outro ponto e que nunca li nenhum livro que tivesse com que a trama se passe na cultura baiana, e por isso fiquei bastante curiosa para poder saber um pouco mais e acompanhar essas situações cotidianas, que de modo geral acredito que todo leitor ira se identificar em algum momento.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lana.
      Exatamente, é muito bacana conhecer um pouquinho mais de outras culturas. E sim, a identificação rola solta.
      Beijos

      Excluir
  10. Eu ainda não li nada da Laura Conrado, mas sou doida pra ler algum livro dela! Esse livro parece ser muito bom, achei o enredo dele bem interessante, e gostei muito de saber que a história fala de sonhos, amizades e inseguranças, pelo jeito é uma história muito especial mesmo. Adorei a dica :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rafaela.
      Simmm, o livro foca bastante em relações familiares e de amizade. Promove uma discussão sobre a ditadura da beleza e a obsessão em busca da perfeição.
      Se tiver a oportunidade, leia sim.
      beijos

      Excluir
  11. Olá, a obra, além de enaltecer a tão diversificada cultura do nosso país, acerta em enfatizar a importância de não desistir, por mais que situações difíceis nos impulsionem a fazê-lo. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi! Nunca li nada da autora, mas o livro parece ser bem interessante e com muitas reviravoltas mesmo. Se eu ler o livro, com certeza vou ficar triste ao ver a protagonista tentando se dar bem no sonho dela e não conseguindo. Mas que bom que ela tem uma nova chance! Quero muito ler. Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabriela.
      Sim, é difícil não sofrer junto com ela, acabamos nos identificamos. Não é fácil ver seu sonho escapar por entre os dedos e as oportunidades estão cada vez mais escassas.
      Leia sim, acredito que irá gostar.
      Beijos

      Excluir
  13. A capa é uma graça, a leitura nos passa lições e nos deixa refletindo, pois a personagem estava fazendo sucesso com a amiga , mas quando se separou não conseguiu nada, mas se ela não tivesse tido coragem e seguido seus instintos como poderia saber se ia dar certo, pelo menos ela tentou. Parece ser uma leitura bem gostosa.

    ResponderExcluir
  14. Olá!!
    É muito interessante ler sua resenha, pois a poucos dias li uma que achou esse livro horrível rsrs, então eu gosto de ler para ver de que lado fico.
    A capa é muito bonita e a premissa é bem legal, quero muito ler. Bjos!

    ResponderExcluir
  15. Oi Bia,
    Não conhecia a obra e de cara achei a capa maravilhosa.
    Bem legal tratar a questão da fama e fracasso, além da amizade que pode ser rompida no meio disto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Biia!
    Vitória mesmo tendo uma oportunidade, após o momento 'fundo do poço', não mudou sua forma de pensar e agir, é ciumenta, invejosa, sinceramente, não gosto de personagens assim, são bem perniciosas.
    Mas gostei de saber que a Bahia é descrita no cenário do livro, o terrinha mágica e arretada, amo!
    E que tem música, tendo música já facilita muito a atenção na leitura, pelo menos para mim.
    Bom final de semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  17. Estou vendo muitos livros com autores brasileiros e que se passam no Brasil que estão me chamando muito a atenção!
    É ótimo ver livros nacionais que parecem ser ótimos!!!!

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    No momento vejo muitos leitores lendo livros nacionais, realmente estão chamando muito atenção. Gostei desse livro, uma historia bem legal e envolvente, são acontecimentos que passaria com qualquer pessoa, como depressão, amizades perdidas e etc, gostei muito da trama dele e principalmente por passar em lugares bastante conhecido.

    ResponderExcluir
  19. Eu não conhecia este livro, mas é sempre bom conhecer novos livros nacionais. Inicialmente esta capa colorida me chamou a atenção, e após ler sua resenha acabei adicionando este livro em minha lista de leituras, gostei dos assuntos abordados na história, como sonho, amizades, insegurança, perdão, parece ser uma história bem interessante e fiquei bem curiosa para conferir este livro.

    ResponderExcluir