Resenha: A Árvore dos Anjos

22 ago, 2017 Por Raissa Martins

Título Original: The Angel Tree
Autora: Lucinda Riley
Ano: 2017
Editora: Arqueiro
Páginas: 496
Amazon

A Árvore dos Anjos conta a história de três gerações da família Marchmont. Além de outras histórias paralelas. Começamos em 1945, conhecendo Greta, uma garota de dezoito anos que é dançarina em um clube considerado nada respeitável. A jovem saiu de casa cedo e foi para Londres com o sonho de se tornar atriz, mas só encontrou uma oportunidade no clube.

Um dia ela conhece um soldado americano e se apaixona loucamente. Ele a pede em noivado, mas antes de os dois oficializarem a união, o noivo de Greta descobre onde ela trabalha e a abandona sem nem dizer adeus. Entretanto ele deixa algo para trás. Greta descobre que está grávida e ela não tem ideia de como sustentará uma criança sozinha e sem renda fixa. É quando David, seu amigo oferece ajuda. Ele manda Greta para a propriedade onde ele cresceu, Marchmont. Lá moram a mãe de David, LJ e o tio dele, Owen. Greta vai, totalmente agradecida pela ajuda, mas o que ela não esperava era que o destino se encarregaria de mudar sua vida.
Muita coisa acontece nesse meio tempo e depois que Greta dá a luz à Francheska, ela decide sair de Marchmont e volta à Londres. Mais uma vez David estende a mão à Greta e a ajuda a se reerguer. Quando Francheska está com quatro anos de idade ela se transforma em uma atriz mirim de muito sucesso, entretanto, lidar com a fama desde tão cedo transforma a garota de uma maneira não muito positiva.

“O amor é uma coisa muito estranha, Cheska. Ele pode mudar sua vida, fazer você fazer coisas que, à luz do dia, você saberia que estavam erradas.”

Vou parando por aqui pois é provável que eu acabe soltando algum spoiler, o que estragaria totalmente a experiência de leitura de vocês. O que eu posso dizer desse livro é que ele é bastante complexo. Começamos a história em um cenário e ele vai mudando drasticamente ao longo do livro.

Quando eu li a sinopse do livro achei bem diferente do começo dele e só depois fui entender os nomes e acontecimentos que a sinopse trazia. Com certeza Lucinda Riley montou uma trama cheia de detalhes e muito bem pensada. Não faço ideia de como ela conseguiu elaborar essa história, mas tenho certeza de que deu um certo trabalho. A escrita da autora é cativante e ela desenha o cenário e os personagens de maneira muito eficiente. O livro é bem detalhado e nos pegamos acreditando que aquela história poderia muito bem ser real, de tão bem escrita.

A Árvore dos Anjos foi o primeiro livro que li da aclamada Lucinda Riley. A autora teve sua série As Sete Irmãs relançada recentemente pela Arqueiro. Quando iniciei a leitura eu estava cheia de expectativas e apesar do meu ritmo de leitura não ter sido dos melhores, eu gostei muito da história e recomendo para quem também curte embarcar em livros complexos e bem estruturados.
Com certeza todas essas histórias unidas em um único livro trazem uma grande carga emocional e foi isso o que me conquistou nessa leitura. Eu gosto dessas histórias complexas, em que os personagens não são perfeitos e cometem erros que os levam a lugares que eles nunca imaginaram estar. Além disso a personagem da Francheska é toda estranha e ficamos abismados em como uma garota aparentemente tão inocente pode ter um lado tão sombrio. É realmente uma história surpreendente, fala sobre amor, perdas, arrependimento e como as nossas escolhas guiam constantemente nossas vidas.
Enfim, recomendo a leitura para quem ama livros que são mais do que a sinopse. A Árvore dos Anjos é como uma caixinha de surpresas que vai te revelando uma história diferente a cada capítulo.

rela
ciona
dos