Resenha: Noturno

Título Original: Nocturnal
Autor: Scott Sigler
Ano: 2017
Editora: Darkside
Páginas: 512

Você já sentiu medo do escuro? Temeu pelo momento em que as luzes se apagassem e os monstros que, a princípio existem apenas nos cantos mais sombrios de sua mente, surgissem em toda sua crueldade, barbárie e forma grotesca diante de seus olhos, prontos para devorar, despedaçar, assassinar a pobre alma que cruzasse seu caminho?

Nos túneis subterrâneos de São Francisco escondem-se criaturas misteriosas, assassinos por natureza, cruéis em sua forma de matar, e agora, eles estão agindo com maior frequência, estão tomando coragem e se aventurando pela noite escura, fazendo vítimas que, aparentemente, não possuem qualquer ligação entre si.

Ao descobrir o corpo de uma das vítimas, um símbolo estranho que se repete em cada nova cena de crime e um cheiro forte que parece afetar profundamente nosso peculiar policial Bryan Clauser, leitor e personagem irão adentrar em uma caçada pela verdade, por monstros reais, pelas trevas que tomam conta da cidade e tiram a vida de inocentes. Juntamente ao corpo da polícia de São Francisco, de um adolescente solitário, de uma adorável legista e de monstros de aparência bizarra, seremos devorados por uma obra que, apesar da quantidade considerável de páginas, prende o leitor do início ao fim.


"Bryan tirou uma folha de papel do bolso. desdobrou-a e a passou para Pookie. Ele olhou a imagem: um triângulo inacabado com um círculo cortando as linhas abaixo das pontas, um círculo menor no centro."


Noturno possuí um ritmo frenético, quase alucinado. A leitura é fluida, cativante e instigante, prendendo o leitor por meio de um detalhamento minucioso de cenas, ambientes, atividade rigorosa dos agentes da polícia e de toda a ciência que permeia o trabalho de um legista. O livro é detalhista na medida certa, sabendo integrar as descrições as cenas de ação. Porém, é o mistério que vai sendo desvendado pouco a pouco, sem nunca deixar o leitor sem perguntas e respostas, que garante o tom certo para a obra. Muito mais do que uma história do gênero policial com um pezinho no gênero do terror, a obra equilibra ação e mistério, deixando até mesmo os leitores mais exigentes curiosos para chegar ao final.

A obra também apresenta a vantagem de construir, diante dos olhos do leitor, cada cena, paisagem e ambiente em que a narrativa se desenvolve. É muito fácil sentir-se presente, enxergar cada detalhe em sua mente, captar as características de cada cena de crime ou espaço fechado, tornando a experiência ainda mais rica, quase cinematográfica e, citando Umberto Eco, não me venham dizer que os autores se inspiram no cinema para escrever suas obras, foi o cinema quem aprendeu com as construções literárias.


Scott Sigler é um autor americano de ficção científica e horror, principalmente. Best-seller no New York Times, Noturno é o seu primeiro livro que chega aqui no Brasil que originalmente fora lançado no formato de podcast em 2007. Além deste trabalho do autor, lá fora já foram publicados mais de dez livros sob sua autoria, todos sempre cortejando as melhores referências do terror e da fantasia. É importante mencionar que Scott se inspira muito na ciência forense para criar suas histórias, proporcionando uma base científica aos seus enredos e personagens. 

Noturno é uma leitura instigante, divertida, surpreendente e construída de forma a conduzir o leitor sem que perceba as várias páginas sendo viradas. Com um ritmo bastante acelerado e constante, o livro é conduzido com bastante ação, detalhes nas descrições e mistérios na medida certa, a obra conquista o leitor e o leva para passear com monstros e policiais pelas ruas sombrias de São Francisco. Deixe-se devorar por essa obra, e garanto que não irá se arrepender.

OBS: Os comentários para o Top Comentarista serão válidos até as 23:59 do dia 01/10, apenas para esta postagem. 

22 comentários

  1. Olá!
    Estou louca por essa edição da darkside. A história é bem interessante, tem uma premissa muito boa e claro fiquei bem curiosa com a história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, oie, oie !!!
      Noturno é maravilhoso, merece ser lido !!! O livro cresce de tal maneira que fica até difícil comentar sobre os segredos que aguardam os leitores nas páginas desse livro, rsrsrs

      Excluir
  2. Oi Izabel, eu acompanho algumas séries onde o trabalho do legista fica em evidência mais nunca li nenhum livro cm esse tema e achei a resenha bem interessante apesar de não curtir histórias que tenham o pezinho no terror, mas como é só um pezinho rsrs, se surgir a oportunidade vou querer conferir. A edição parece estar linda apesar da capa estranha, com a cara da qualidade da Darkside. Ótima resenha ;0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, oie, oie !!!
      Noturno se aproveita de muitos elementos que costumamos encontrar em boas histórias de terror, mas, por acompanhar uma porção de obras do gênero, considero o livro muito mais como um policial do que terror, por isso acho que ele acaba chamando mais leitores para si !!! Se tiver a chance de conferir a obra, eu super recomendo !!!

      Excluir
  3. Já senti medo do escuro geralmente quando assisto filmes de terror de arrepiar rs. Adoro ação e mistério deixa a leitura envolvente e eletrizante. Fiquei intrigada em como seriam esses monstros a historia parece levar o leitor para dentro dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, tudo bem ???
      Esse livro é instigante, merece a atenção do leitor !!! Se tiver a chance, super recomendo a leitura !!! ;)

      Excluir
  4. Ai gente, não posso ver resenha de livros da Darkside, são todos incríveis e dá vontade de ter todos! hahahaha
    Acho que todo mundo tem um pouquinho de medo de escuro né! Mas não consegui encontrar nenhum livro que fizesse medo. Estou em busca....kkkkk

    ResponderExcluir
  5. Oi Izabel,
    Quer saber como mexer com a mente e os medos de uma pessoa é só colocar o escuro e o que ele enconde em uma história. Eu já senti medo do escuro, mas na verdade não é ele em si que assusta, mas o fato de que nele não temos visão e sem ela a imaginação corre a solta. Noturno tem todos os elementos para fazer um leitor entrar de cabeça na história, com um pouco de ação policial e mistério, me vi imensamente atraída por este livro. Claro que a edição também contribuí um pouco para me fazer querer adquirir um exemplar, mas é a proposta de Scott Sigler e sua forma de fazer uma trama policial ousada e criativa que me fez colocar este livro na lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gislaine, tudo bem ???
      Fiquei aqui super contente por saber que se interessou pela obra de Scott Sigler !!! Estou torcendo para que tenha a chance de conferir esse livro, tenho certeza de que ele não irá te desapontar !!!

      Excluir
  6. Nunca dei muita atenção pra esse livro, pensei que ele seria um pouco mais tenso, mas parece que até faz meu tipo de história. Não curto muita coisa de terror...
    O ritmo bom, o jeito mais policial do que de terror e todo mistério da trama e etc me chamou atenção agora. Parece ser fácil de ler por dar essa curiosidade boa pra continuar e os detalhes fazem a diferença na graça da história. Talvez fosse uma boa ideia dar uma chance para o livro afinal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiane, tudo bem ???
      Sou uma apaixonada assumida pelo gênero do terror, por isso vivo defendendo obras do gênero, mas também gosto de dar aquela dica bacana para quem não é tão fã assim e procura algo menos sombrio para ler, Noturno entra exatamente nesse quesito !!!
      Espero que tenha a oportunidade de conferir essa obra, garanto que vale a pena !!!

      Excluir
  7. Izabel!
    Gosto muito de livros policiais e se acoplados ao sobrenatural, melhor, embora o sobrenatural não tenha sido bem determinado, digo explicado.
    Mesmo que o livro demore um pouco para engrenar, só o fato de termos de pensar e ir encaixando os fatos para poder solucionar todo mistério, já aguça a curiosidade e a vontade de ler.
    Um final de semana de muita inspiração e paz no coração!
    “Eis um teste para saber se você terminou sua missão na Terra: se você está vivo, não terminou.” (Richard Bach)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudynalva, tudo bem contigo ???
      Não pude deixar claro como o sobrenatural entra nessa história pois iria acabar com a experiência de quem ainda não teve a oportunidade de conferir a obra, mas vou dizer que é muito, muito bacana, hahaha.
      Se tiver a chance de conferir essa obra, por favor, leia !!! Vale muitíssimo a pena !!!

      Excluir
  8. Adoro livros com bastante ação! Tenho certeza que irei gostar muito!
    Ainda não conhecia o autor e nem o livro, mas confesso que essa capa é maravilhosa!
    Já fiquei curiosa para saber do final!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Herica, tudo bem ???
      Fiquei super feliz por saber que se interessou pelo livro. Estou aqui torcendo para que tenha a chance de conferir essa obra !!! ;)

      Excluir
  9. Oi Izabel.
    Achei o livro bem interessante por causa do mistério, mas estou um pouco receosa por causa do toque de terror.
    Ainda bem que a leitura é bem envolvente. Afinal são mais de 500 páginas. Gosto de livros assim: aqueles que nem percebemos quanto lemos porque a leitura está boa demais rs
    Achei a capa lindíssima. A DarkSide está fazendo um excelente trabalho!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pamela, tudo bem contigo ???
      O livro quase chega nas 500 páginas, mas vale muito, muito, muito a pena !!!
      Sei que a pitada de elementos de terror pode afugentar quem não é grande fã do gênero, mas garanto que ele surge mais como uma ambientação para os monstros e acontecimentos estranhos do que para o medo. Acredito que quem não curte o gênero vai gostar da obra por não estar tão imersa assim no universo do horror !!!
      Espero que tenha a chance de conferir esse livro !!!

      Excluir
  10. Eu não conhecia esse livro, mas fiquei bem interessada nele! Eu não sou muito fã de livros policiais, mas gosto de livros com mistérios, e fiquei curiosa para saber mais do livro. Achei essa edição super linda, parabéns a editora, que mais uma vez fez um ótimo trabalho :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Darkside sempre nos surpreendendo com edições maravilhosas e ótimas histórias né ???

      Excluir
  11. Legal ! Brincadeira. Eu tinha muito medo do escuro por que minha mãe dizia que vinha monstros a noite e gostava de comer crianças que iam dormir tarde da noite. Eu ficava chorando e ela pedia pra que eu apagasse a luz. genteeeeee terror. Ia chorando e apagava a luz chorando. Agora passou graças a Deus e só consigo dormir de luz apagada. Luz acessa só quando tem barata perdida.
    Amei a capa! Amo livros assim. Ja li alguns do Joe Hill e do Poe. Adoro livros de misterios e terror.

    ótima dica. bjos

    https://kathlleenkristine.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que dó !!! Tua mãe gostava de te assustar ein ???
      Mas acredito que todo mundo tem algum medo, ou alguma história para contar relacionada a um medo quando era criança, são as melhores histórias, rsrsrs

      Excluir