Título Original: One of Us is Lying
Autora: Karen M. McManus

Ano: 2018
Editora: Galera Record
Páginas: 384
AmazonSaraiva

Após a apresentação do Very Important Book – VIB, o qual foi feito um post de cobertura aqui, eu fiquei muito empolgada com a apresentação feita pela equipe da editora e estava muito ansiosa para hora de pegar a leitura de Um de Nós Está Mentindo.  
A história é sobre um grupo de jovens que acaba na detenção pelo mesmo motivo: foram pegos com celulares pelo professor mais anti-tecnologia do colégio. Não demorou muito para eles chegarem à conclusão de que aquilo não passava de uma brincadeira de mau gosto. A questão é: quem gostaria de prejudicar todos eles? E por que, já que aparentemente eles tinham pouco em comum?
Bronwyn é uma garota inteligente e focada em entrar nas melhores universidades. Cooper é o atleta que é querido por todos na escola. Addy é uma garota bonita que chama bastante atenção e que tem um relacionamento bastante dependente com um dos atletas da escola. Nate é o bad boy que já teve muitos problemas com a polícia, mas que também era a principal fonte de produtos ilícitos do colégio. E Simon, o garoto mais detestado por ter um aplicativo onde o seu único objetivo é expor os segredos dos colegas.

“Ela é uma princesa, e você, um atleta – responde ele, apontando para Bronwyn e depois para Nate, – E você é um crânio. E também um criminoso. Vocês são todos estereótipos ambulantes de filmes de adolescentes.”

A situação fica mais estranha quando Simon tem um ataque alérgico durante a detenção e acaba não sobrevivendo. Uma investigação é aberta depois que um texto escrito por Simon é postado na internet, onde ele revela segredos envolvendo (coincidentemente ou não) os outros quatro integrantes do grupo da detenção. Essas revelações que prometem arruinar as vidas deles dão bons motivos para eles quererem matar Simon. 

Karen M. McManus coloca cada um dos jovens suspeitos na linha de frente das narrativas, o que dá uma dinâmica ótima para leitura, alternando para cada um deles durante a investigação. Logo percebemos que as revelações no texto do Simon é só a ponta do iceberg, e que muitos outros segredos – inclusive, envolvendo outros estudantes – também estão prestes a ser revelados.

Além de todo o jogo de detetive que passamos durante a leitura, tentando descobrir quem foi o verdadeiro culpado, a autora aproveita para trabalhar temáticas importantes envolvendo o universo jovem. Cada um dos suspeitos tem os seus problemas pessoais e que podem servir de identificação para muitos leitores.

Minha única ressalva é que o tema mais importante, que não vou dizer pois é um spoiler (quem já leu, cuidado ao comentar sobre isso), não foi tão bem trabalhado como eu esperava. Inclusive, achei preocupantemente raso a forma como foi abordado, principalmente por ser um livro destinado ao público jovem. Um livro deixa de ser do autor assim que ele passa pelas mãos de um leitor. Ele se apropriará daquela história interpretando do seu jeito. Com isso, determinadas temáticas podem ser de fato só mais um acontecimento na história ou até mesmo um plot twist sensacional, mas para outros leitores podem abrir feridas e afetá-los de tal forma que é preciso deixar bem claro que existem outros caminhos.   

Devido à alternância de narrativas, as que eu mais ansiava eram do Nate e da Bronwyn! Eu shippei esse casal da primeira página a última deixando escapar sorrisinhos e arfadas durante a minha leitura. Mas de qualquer forma, os quatro personagens que narram a história são ótimos. Me senti muito envolvida por todos eles e esse livro foi responsável por me tirar de uma ressaca literária “braba”. Se você não receber spoiler, com certeza, se surpreenderá com o final dessa história.

rela
ciona
dos