Título Original: The Miserable Mill
Autor: Lemony Snicket
Ano: 2002
Editora: Seguinte
Páginas: 175
Amazon – Saraiva
Pobre leitor, após a leitura de três árduos livros, repletos de obstáculos e infortúnios, é com tristeza que lhe aviso que, não será no quarto livro de Desventuras em Série que a sorte dos irmãos Baudelaire irá mudar. Mais uma vez encontraremos os órfãos lutando por suas vidas e seu futuro, descobriremos os inusitados disfarces do Conde Olaf e, perceberemos a falta de responsabilidade de adultos responsáveis. No quarto livro da série acompanharemos os desafios de Violet, Klaus e Sunny através de uma narrativa que, apesar de possuir elementos semelhantes aos três livros anteriores, destaca a utilização de uma fórmula  repaginada, encantando o leitor e permitindo que este mantenha a curiosidade com relação ao destino dos órfãos mais desventurados da história da literatura de ficção.
Em Paltryville, cidadezinha afastada e esquecida por tudo e todos, existe uma serraria – um estabelecimento voltado para o corte e processamento de madeira, o leitor deve conhecer, eles cortam árvores e as transformam em madeira que é destinada para as mais variadas funções. A Serraria Alto-Astral será a casa e também local de ofício dos pobres irmãos Baudelaire. Ali eles trabalharão dia após dia, não receberão qualquer remuneração por seu esforço – o que classifica, caro leitor, um típico trabalho escravo. Os irmãos nem mesmo receberão alimento suficiente para suprir suas necessidades diárias. E tudo isso acontece sob os olhares ambiciosos de adultos que deveriam ser os responsáveis por sua segurança, felicidade e  educação.”Por mais que se esforçassem, não conseguiam acreditar que fosse uma coincidência haver em Paltryville uma casa com a forma exata da tatuagem do Conde Olaf.”

A serraria e seus donos, porém, serão o menor dos problemas na nova situação em que os órfãos se encontram. Próximo ao estabelecimento encontramos o consultório da Doutora Orwell, a misteriosa especialista em globos oculares. Ela esconde um segredo, mas talvez, esconda também uma recepcionista que pretenda concretizar algo muito mais diabólico do que marcar novas consultas em sua agenda.
Desventuras em Série pode ser cansativa quando conferimos um livro logo após ter finalizado a leitura do anterior, mas percebi que ao deixarmos um período de tempo considerável entre uma  leitura e outra, seremos capazes de aproveitar ainda mais a experiência e desafios dos três protagonistas dessa história. O tempo torna-se necessário pois, embora apresente a escrita irônica, divertida e cativante de Lemony Snicket, nos primeiros quatro capítulos da série, com leve divergência no quarto livro, observamos uma fórmula repetitiva que pode cansar leitores maduros ou perceptivos, que gostam de mudanças nas narrativas e enredos para diversificar a lista de leitura.
Serraria Baixo-Astral e suas pequenas alterações na fórmula clássica de Lemony Snicket, toda a perseverança e criatividade dos órfãos Baudelaire e a escrita adoravelmente pessimista, educativa e irônica do autor conquistam mais uma vez os leitores que retornam para a história. A obra nos mantém curiosos e ansiosos pelos próximos acontecimentos, mas, não sem antes estabelecer um breve período longe da história. Que é para continuar amando! 
Confira a série Desventuras em Série:
1. Mau Começo
2. Sala dos Répteis
3. O Lago das Sanguessugas
4. Serraria Baixo-Astral