Tarde Demais | Colleen Hoover

24 set, 2018 Por Raissa Martins

Título Original: Too Late
Autora: Colleen Hoover
Tradução: Alda Luiza De Lima Ferreira
Ano: 2018
Editora: Record
Páginas: 384
Amazon
Quando penso que a Colleen Hoover foi longe com um livro, ela vai lá e lança outro ainda mais chocante. O que mais admiro nela é essa coragem em escrever sobre temas pesados, feios e intensos. Mas temas que precisam ser mostrados em seu estado mais cru e grotesco. A intenção é mesmo chocar, porque, talvez, só assim chame a atenção.
Em Tarde Demais conhecemos Sloan, uma jovem dedicada a cuidar de seu irmão que possui autismo. Ela veio de uma família pobre e problemática, por isso não tem dinheiro e nem condições de ajudar seu irmão. Por esse motivo, ela depende totalmente de Asa, seu namorado abusivo. O relacionamento dos dois é abusivo tanto na forma psicológica e fisicamente.
Asa também veio de uma família pobre e problemática e nunca aprendeu o que é realmente amar e respeitar uma mulher. Ele é um traficante de drogas e sustenta Sloan e o irmão dela que está em uma espécie de clínica. Mas em troca, Sloan precisa se dobrar às vontades de Asa sem nunca questionar nada. Um dia, na faculdade, Sloan conhece Carter. Pela primeira vez em toda sua vida ela conhece um homem que a trata com respeito. Porém, logo ela descobre que Carter está envolvido com Asa e que ele tem muito mais segredos do que ela imaginava.

Como sempre, as sinopses dos livros de Hoover dizem só a superfície da história. Conforme você vai avançando na leitura, muitas camadas vão se revelando e as coisas vão se tornando cada vez mais complicadas. E é impressionante saber que ela escreveu essa história sem pretensão nenhuma. Como a autora mesmo explica, ela escreveu esse livro enquanto trabalhava outros, sem compromisso, apenas para soltar a mente. Colleen começou a publicar os capítulos no Wattpad e recebeu um feedback imediato dos fãs, que sempre pediam mais. Aliás é até possível perceber nos últimos capítulos que eles foram escritos com um tempo maior de intervalo em relação aos demais.
Essa técnica peculiar de escrita se mostrou muito interessante, pois a autora simplesmente deixou a história fluir sem qualquer planejamento e acabou que o livro se tornou algo sério. Se eu não soubesse da história de como ele foi escrito, provavelmente acharia que a autora se dedicou exclusivamente a ele e que houve um profundo planejamento para desenvolve-lo. Pois se trata de uma história complexa, com personagens sólidos e reais demais. São histórias individuais muito bem construídas e que tocam fundo nossa alma.
Em muitos momentos eu quis fechar o livro e simplesmente parar de lê-lo. As cenas que a Colleen escreveu e o jeito como ela descreve tudo, torna a situação real demais. E saber que mulheres no mundo inteiro passam por isso diariamente torna a leitura ainda mais difícil. Porque não é uma história de terror ou ficção científica, em que você fecha o livro e depois vai viver sua vida tranquilamente. Se trata de um livro verdadeiro, doloroso demais e genuíno. A história fica com você e te segue aonde quer que você vá. E você precisa dar atenção a ela, precisa ouvir o alerta por trás da ficção.
Assim que eu acabei de ler Tarde Demais fui para a sala, onde minha mãe estava assistindo televisão, e adivinhem só qual matéria estava passando no jornal? O caso de uma moça que fora jogada do prédio por seu companheiro depois de ter sido brutalmente agredida. Isso não foi coincidência, foi só a realidade. Por isso, livros como Tarde Demais, são tão necessários em pleno século XXI. Porque essas histórias ainda se repetem e talvez sejam ainda mais perversas.
Nos dias de hoje mulheres ainda são silenciadas, manipuladas, agredidas e torturadas, física e psicologicamente. Então exerça a empatia e leia sobre o assunto, busque ajuda quando necessário e sempre tente ajudar alguém nesta situação. Ignore o “briga de marido e mulher ninguém mete a colher”. É para se meter sim e, possivelmente, salvar uma vida.
Quanto a edição da Editora Record, está impecável como sempre. A arte da capa é linda e simples, tudo o que um livro como este precisa. Me surpreendi com a textura da capa ao toque, é bem confortável. E, mais ainda, gostei de como eles procuraram manter o livro o mais próximo possível ao que foi publicado no Wattpad. Este é o único livro da autora que recebe um selo de classificação indicativa, está é uma leitura para maiores de 18 anos.
Enfim, Tarde Demais é uma leitura quase que obrigatória nos dias atuais e que vale muito a pena. Você vai sorrir, mas provavelmente vai chorar muito mais. Porém, no final, talvez se sinta mais empático e aprenda uma coisa ou outra. Não é tarde demais.


rela
ciona
dos