Clara Carcosa | Juliana Fiorese

Título Original: Clara Carcosa
Autora: Juliana Fiorese
Ano: 2018
Editora: Independente
Páginas: 120

Clara Carcosa é a primeira HQ e história que a ilustradora Juliana Fiorese cria. Aqui acompanharemos uma história de terror, narrada em primeira pessoa por Clara, uma garota que se encontra perdida num lugar completamente desconhecido. Tudo que Clara vê neste lugar é escuridão, tudo que sente é solidão e tudo que ouve é silêncio.

Clara não consegue lembrar de nada que possa ajudá-la a sair desse lugar. Mesmo assim ela segue seu caminho e começa a enfrentar seus medos, percorrendo os caminhos que antes ela evitava. Por este trajeto, Clara vai tendo pequenos flashbacks, momentos que irão revelando a ela os segredos desse lugar. É assim que acompanhamos a jornada de Clara Carcosa em busca de respostas, de que lugar é este e quem ela é.

Apesar das ilustrações fofas assinadas por Juliana, esta é uma HQ de terror e indicada para maiores de 16 anos. Eu, como uma admiradora do gênero, fiquei bastante feliz em saber que a ilustradora não só não teve medo de trazer um tom mais sombrio para sua primeira HQ, como também explorou vertentes que realmente mexem com a cabeça do leitor, como a possibilidade de interpretarmos a história devido a narrativa, não muito confiável da personagem.

"Quando não temos noção de tempo e espaço, pare que a sanidade também nos falta."

Logo no final da obra, Juliana nos apresenta uma série de referências que contribuíram para a criação de Clara Carcosa e seu roteio. Entre estas referências estão livros como o Rei de Amarelo, a série de TV True Detective (que também evidencia a história do Rei de Amarelo), o jogo Limbo, músicas e etc. Porém o que mais me chamou a atenção foi o fato de a autora usar parte do cenário e lenda do seu próprio estado. A Fortaleza de Santa Catarina, que faz parte da história de Clara, existe e é patrimônio histórico da Paraíba. E dentro deste forte existe uma lenda, que serve como base narrativa para a história. É lindo ver apreciar este tipo de cuidado que alguns artistas possuem, que além de nos apresentar a sua própria versão em uma releitura, também valoriza sua cultura. 

Nos extras da obra é possível ver algumas fotos reais da fortaleza, assim como fotos e dados do quadro que dá nome a uma das lendas, A Lenda da Mulher de Branco. Neste mesmo trecho, Juliana mostra um pouco mais do processo criativo da HQ, assim como a galeria de artistas convidados que retrataram a personagem principal com seu próprio traço.




Uma das curiosidades que envolvem a obra, está no fato de que Juliana Fiorese utilizou-se do nome Carcosa para sua personagem em homenagem a terra natal do protagonista do conto Um Habitante de Carcosa de Ambrose Bierce, publicado em 1891. No conto, o homem, assim como Clara, encontra-se perdido em um estranho local e tentando voltar para casa. Eu não me canso de frisar tamanha pesquisa e cuidado que a ilustradora teve em cada detalhe ao criar sua HQ.

O projeto gráfico assinado também por Vinicius Pereira faz jus ao trabalho, que já fantástico. Todo sentimento sentido por Clara ao longo da história é retratado também pelas cores. Frias quando só há medo em sua volta e quentes quando um fato do passado é revelado. Parabéns de modo geral Juliana, pelo trabalho que fez, mas também pela preocupação em manter o leitor informado de todo o seu processo, seja por suas referências ou pelas pequenas notas de rodapé nas páginas.

Fiquei muito feliz em ter contribuído para que esta obra ganhasse vida. A Juliana é uma artista muito talentosa e que há anos venho acompanhando o trabalho no meio literário. Como uma fã, ver uma HQ dela ganhando espaço é simplesmente incrível e espero de coração, que o seu próximo projeto não demore muito para sair do papel. Te desejo sucesso e reconhecimento.

17 comentários

  1. Adorei saber que a Juliana Fiorese lançou essa HQ, eu a acompanho na sua página do instagram e adoro as ilustrações dela, uma mais linda que a outra!! Ainda não tive oportunidade de adquirir suas artes,mas quero muito e essa HQ é sem dúvidas um grande marco pra sua carreira, fico feliz dela ter conseguido publicar e já estou louca para ler!!

    ResponderExcluir
  2. Sendo bem sincera, sempre tive preconceito com HQ, nao sei ao certo pq mas de tanto falarem comecei a observar que há vários gêneros abordados nesse tipo de narrativa. Ja vi aventura (q deu origem ao meu preconceito), romance juvenil e agora terror. Realmente as ilustraçoes sao fofas e nao consigo não associar com a noiva cadáver ahahaha é fofo demais e nada de assustador, mas " escuridao, solidao e silêncio" palavras que tu usou na tua descrição, mostram que as aparências podem enganar. Se eu tiver oportunidade de ler seria quebrar essa barreira.

    ResponderExcluir
  3. Joi!
    HQ de terror deve ser maravilhosa, nunca li nenhuma.
    Gostei do enredo, embora seja com uma criança, parece bem aterradora.
    Amei as ilustrações, traços precisos para o terror.
    Fiquei curiosa em poder ler.
    Uma boa semaninha!
    “O passado é uma cortina de vidro. Felizes os que observam o passado para poder caminhar no futuro.”(Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. O terror visto não é muito meu forte, sou medrosa. Mas em contrapartida, o terror lido é um dos meus gêneros favoritos e se ele vier desta forma, em Hq, mais lindo ainda! Não sou uma entendedora de Hq e afins, mas amo ilustrações, enredos inovadores e se for nacional? Aí é pra deixar o coração sorrindo!
    Amei ver um pouco das imagens acima, traços fortes, enredo forte!
    E com certeza, se tiver oportunidade, quero muito me jogar nesta história!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Que bacana! Apesar de gostar muito do gênero terror, não tenho o costume de ler HQs, mas achei uma indicação muito boa, parece ser uma história bem ambientada, gostei desta ideia da escolha de cores. Ótima indicação, me deixou interessada.

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda estou pegando o costume de ler HQ, mas eu achei o design muito lindo ♥
    há vou colocar como desejado no skoob, aproveitar que tenho alguns créditos se alguem estiver trocando já solicito...rsrs

    ResponderExcluir
  7. Aaaain Meu Deus que linda que ficou a HQ Joi!
    Acompanhei no ig Da Juliana algumas ilustrações, estou babando aqui, ficou perfeita!
    Torcendo mto pra que seja um sucesso e que eu consiga uma oportunidade de conferir um dia.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Amei, HQ de terror já estou me imaginando com um em minhas mãos adoro.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Joi!!
    Adoro livros de terror, e achei essa HQ de terror muito interessante e fiquei bem empolgada para fazer essa leitura, as ilustrações são lindas demais!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Ai que arrependimento de não ter apoiado este projeto no catarse! Ficou tão linda a HQ! Pena que não pude ajudar no projeto. Mas quando puder vou comprar, sem dúvidas! Me encantei pela obra <3

    ResponderExcluir
  11. Olá! como já disse antes, eu não tenho o hábito de ler hq's frequentemente, mas as que li me trouxeram boas experiências. Gosto demais de histórias de terror e só a arte desta já deixa a gente muito curioso. Gostei de como os traços delicados da artista contrastam com a temática, parece não encaixar, mas fica claro que sim. Não conhecia a autora, mas já gostei muito da dica! Obrigada pela resenha!

    Bjoxx

    ResponderExcluir
  12. Já faz um tempinho que venho me interessando por HQ's e sério, amei a proposta da HQ da Juliana, e já estou louca de vontade de ler logo. Entrando para lista de desejados com certeza e sendo adquirida o quanto mais breve possível.

    ResponderExcluir
  13. Olá, ultimamente não tenho arrumado um tempo para ler HQs e confesso que fiquei morrendo de vontade de conferir o trabalho de Fiorese. O que chama atenção, além dos traços incríveis usados na composição das gravuras, é forma com a qual a autora conduz a narrativa, usando de alguns truques para confundir o leitor, que é desafiado a interpretar com certa subjetividade. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li nenhuma HQ de terror e fiquei bem curiosa imaginando como deve ser, achei que seria uma historia leve mas por ser para maiores de dezesseis anos não é. Gostei que já começa com mistério que adoro, com esse lugar e a personagem nem sabe qual é, isso deixa a leitura intrigante. Adoro quando tem referencias sempre anoto algumas para pesquisar depois.

    ResponderExcluir
  15. Muito linda essa HQ! O trabalho da Juliana Fiorese é excelente. Gostei muito das referencias que ela usou na história como O rei de amarelo e True Detective que gosto muito. Ansiosa para ler. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  16. Tá explicado porque me lembrou do Limbo! Amei o traço, e adoro unreliable narrator! Definitivamente vou ler

    ResponderExcluir
  17. Eu também fiquei feliz em contribuir para o projeto. Pois a Já é linda. E a história me fez ficar refletindo sobre a descoberta. Reli várias vezes o final. Pois tinha me sentido confusa em um sentido positivo. RS. Bjs. Arrasou na resenha. Parabéns

    ResponderExcluir