Leis da Atração | Simone Elkeles

Título Original: Rules of Attraction
Autora: Simone Elkeles
Tradução: Fal Azevedo
Ano: 2018
Editora: Globo Alt
Páginas: 384 

Leis da Atração é o segundo volume da trilogia Química Perfeita e nos traz a história de Carlos Fuentes, irmão de Alex, protagonista do primeiro volume. Típico bad boy que se esconde atrás da postura de rebelde e que não tem intenção nenhuma em namorar ninguém, muito menos a desajeitada e tímida Kiara. Mas o destino nos reserva sempre uma surpresa não é mesmo?

Carlos voltou do México para morar com seu irmão nos Estados Unidos. Sua intenção é viver “la vida loca”, sem se importar com nada e ninguém. Novo na escola e sem conhecer nada, ele precisará de uma guia que irá acompanhá-lo por uma semana até sua adaptação. O que ele não esperava é que seria a chata e irritante Kiara ao invés de uma beldade cheia de atributos sensuais e que despertasse seu interesse. 

Kiara não liga para aparências e se veste de um modo nada feminino. Ela desconfia que talvez esse seja um dos motivos que seu ex-namorado terminou o relacionamento através de mensagens. Apesar de não possuir atributos físicos visíveis, é dona de um grande coração e adora um desafio. Quando é designada a servir de guia para o rebelde Carlos Fuentes, não pretende tornar a vida do mexicano nada fácil, pregando peças e colocando seu nível de paciência à prova. 

“Meu corpo e minha mente não foram projetados para serem submissos, e eu prefiro morrer a beijar os pés de alguém”. 



É quando drogas são plantadas em seu armário e Carlos é preso, que ele terá que se sujeitar a caridade e boa vontade da Família Wesford. Para não ser preso ele precisará seguir as regras e viver debaixo do mesmo teto que Kiara e seu irmãozinho Brandon. O que Carlos não espera é que talvez essa possa se tornar sua própria família e que muito mais que caridade, eles podem fornecer o amor que ele nem sabe que procura.

Alternando a narrativa entre os protagonistas, é possível ter uma noção do que se passa na cabeça de cada um dos personagens. Apesar de ter uma postura de rebeldia, Carlos também possui um grande coração. Seu desejo é proteger sua família e não ficar refém de gangues e do tráfico de drogas. Quando sua muralha de proteção não está presente, podemos ter um vislumbre do verdadeiro garoto que se esconde ali. Os personagens vivem aquela típica relação de cão e gato de que tanto gostamos e torcemos para dar certo no final. Kiara é a pessoa que vê além de seus defeitos e máscaras e quer que o sorriso que desperta nesse garoto tão “quebrado” permaneça sempre, mesmo que seu coração possa se despedaçar nessa trajetória. 

“Pela minha experiência, todo mundo na minha vida vai me abandonar em algum momento. Desde Destiny, não me deixei envolver emocionalmente com ninguém. Se eu me importar com alguém, essa pessoa vai me abandonar, se afastar ou morrer. Sempre foi assim e sempre será”. 


Mais do que um livro de romance, Leis da Atração nos mostra como o amor em todas as suas formas pode ajudar uma pessoa a mudar. Os pais da protagonista são pessoas extremamente corretas e carinhosas, que proporcionam à Carlos a visão de um lar e uma família em que possa confiar. Alex teme pela vida do irmão e não quer que ele siga os mesmo passos que ele, que não levaram a lugar algum. Brandon tem o poder de derreter corações e nem mesmo nosso garoto problema estará imune a suas demonstrações de carinho. 

Esta é uma leitura rápida e fluída, que nos faz acreditar que tudo pode se resolver quando aceitamos ajuda de quem realmente se importa com a nossa vida e o poder das nossas atitudes. Quando há confiança, é possível se entregar por inteiro sem medo das consequências e as leis da atração são difíceis de se explicar mas incríveis de se viver.

7 comentários

  1. Como fã de um bom romance destes bem clichês, adorei o que li acima. Me lembrou um pouquinho Três Metros Acima do Céu(melhor filme do mundo),mas só pela parte do bad boy que pode sim, se regenerar!
    O amor pode tudo e mandar no corpo e coração, é coisa de artista!
    Mesmo sem ter lido o primeiro livro, quero muito poder conferir os dois!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Cami.
    Eu li o primeiro livro da trilogia e tinha gostado bastante. Já faz um tempo que eu li, então não lembro tão bem dos personagens rsrs
    Pretendo ler esse segundo livro, que parece ter bons personagens e uma leitura envolvente, como no primeiro livro.
    A Kiara parece um amor de pessoa. Já quero ser amiga dela rsrs
    Adorei essa nova capa da trilogia. Ficou bem mais bonita que a versão original do primeiro livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Queria ler esses livros e tá parecendo que o segundo é bem legal também. Essas coisas de adolescente e misturada com muitos problemas chama atenção. O jeito do garoto não inspira muita confiança no começo, mas parece que ele tem mais pra mostrar no fim das contas. E a menina ja gostei de cara por não ser a louca das aparências. Drogas, amor de todos os tipos, família e a vontade de proteger...tem coisas bem legais na trama. Me animou pra ler.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Confesso que o primeiro livro não havia me atraído tanto assim, mas sem dúvida, não posso dizer o mesmo desse segundo livro. É tão bom quando a autora consegue superar nossas expectativas, amei a forma como a história é conduzida e ter o amor como foco principal deixou tudo ainda mais especial.

    ResponderExcluir
  5. Parece ser uma leitura divertida e achei até diferente por a garota não se mostrar nenhuma beldade e o mocinho não ficar correndo atras dela, mostra que se pode gostar da pessoa além da aparência e sim o que ela é por dentro. É uma historia reflexiva também, onde o amor e as pessoas podem ajudar e fazer que tenhamos uma outra perspectiva de vida.

    ResponderExcluir
  6. Não li o primeiro livro, mas gostei de saber que é um livro que nos faz acreditar nos outros, a aprender a confiar sem medo.
    Livros que trazem essas lições de vida, eu acho que sempre são bem vindos!

    ResponderExcluir
  7. Gente, essa capa me conquistou de um jeito que nem consigo expressar. A história me cativou também, não conhecia o 1ª livro, mas fiquei com vontade de lê-lo. Confesso que o embasamento da história é bem clichê, mas o que me chamou mesmo a atenção foi o protagonista - Carlos - mexicano e as várias formas de amor presentes no livro, como o da família.

    ResponderExcluir