Título Original: A Wrinkle in Time: The Graphic Novel
Autores: Madeleine L’Engle & Hope Larson
Tradução: Érico Assis
Ano: 2018
Editora: Darkside Books
Páginas: 392
Amazon
Uma Dobra No Tempo é considerado um clássico da fantasia e da ficção científica. Lançado originalmente em 1962, o livro ganhou uma nova edição por aqui em 2018 e a Darkside Books, foi a editora responsável por trazer a adaptação em quadrinhos da história.
Já é noite quando Meg Murry e seu irmãozinho mais novo, Charles, descem para fazer um lanche na cozinha, até que uma estranha figura os surpreende para lhes fazer companhia. Não demora muito para que a conversa absurda da Sra. Quequeé, atraia os garotos para sua afastada casinha no dia seguinte. Lá, ela e duas amigas, tão excêntricas quanto ela, se mostram sendo peças chaves para ajudar a Família Murry a ter pistas do paradeiro do patriarca, desaparecido já há algum tempo, quando realizava alguns experimentos em seu laboratório.
É assim que Charles, Meg e seu melhor amigo, Calvin, partem em busca de aventuras por mundos e dimensões diferentes do universo, acompanhados das criaturas mais fantásticas. Mas eles seriam capazes de encontrar seu pai e traze-lo de volta para casa nesta jornada entre o tempo-espaço?

Se você não for infeliz em alguns momentos, não saberá como ser feliz.

Adaptado pela ilustradora e quadrinista Hope Larson, a edição da Darkside Books destaca o que há de melhor da história de Madeleine L’Engle. Ela seduz o leitor com sua paleta azulada e com seus traços expressivos. Aliás, a edição toda é um show à parte e a capa se enquadra entre as mais bonitas da minha estante. Em capa dura, detalhes em brilho e um degradê no corte das páginas, a experiência de conhecer esta leitura já inicia quando pegamos o livro nas mãos.

Existem alguns apelos que fazem dessa história um ótimo aprendizado. Um deles é a nossa protagonista, uma garota com um tom rebelde que erra e acerta na mesma medida, pois afinal, estamos falando de uma personagem com seus 12 anos de idade. Sabemos que estamos vendo, de alguma forma, uma criança, que está interagindo e aprendendo com o mundo. O fato também dos personagens principais funcionarem melhores juntos é também uma grande sacada, é na companhia deste trio que temos as primeiras lições sobre companheirismo desta história.

Mas sem dúvidas, o que eu mais gostei, foi dela conseguir tocar não só o público alvo do livro original, que é o infanto-juvenil, como também um público mais adulto, tendo êxito da mesma forma. Transmitindo a sua mensagem com a mesma sensibilidade, seja por qual camada da história você percorra. Uma Dobra no Tempo é também uma história que apresenta conceitos já conhecidos da ficção cientifica, mas sem enrolar muito a cabeça, com trechos simples apresentados pelos quadros, mas de grande importância.

Todo este cuidado somado ao fato de que a essência da história permanece lá, para mim só soma a obra. Eu infelizmente ainda não li a obra original, mas vi muitos elogios que falam que a HQ consegue se sobressair ainda mais. Obras que destacam o comportamento humano de forma tão rica e esclarecedora, que levam o leitor a reflexão sobre temas que nos moldam como pessoas, sobre a nossa natureza, sobre as coisas que somos programados a sentir, ver e pensar, e tantas outras reflexões mais profundas como amor e amizade – além de debates como opressão e medo -, valem a sua atenção.

Eu raramente marco citações em graphic novels, mas nesta foi quase impossível resistir. A cada página tem uma frase especial, um pensamento oportuno, uma visão diferente. Tudo isso contém na alma desta história, escrito há mais de 50 anos por uma autora que serviu como inspiração para tantas outras que vieram após. Independente do seu público, Uma Dobra no Tempo é o tipo de legado para ser repassado para a nossa e para as próximas gerações por décadas, pois tudo que há aqui é incrível e fascinante, é o tipo de história que entretêm, proporciona coisas novas e educa.

A história também foi adaptada pela Disney e teve seu filme lançado em 2018, com Oprah Winfrey e Reese Witherspoon em seu elenco. Vale a pena dar uma conferida!

rela
ciona
dos