Uma Dobra no Tempo | Madeleine L'Engle & Hope Larson

Título Original: A Wrinkle in Time: The Graphic Novel
Autores: Madeleine L'Engle & Hope Larson
Tradução: Érico Assis
Ano: 2018
Editora: Darkside Books
Páginas: 392


Uma Dobra No Tempo é considerado um clássico da fantasia e da ficção científica. Lançado originalmente em 1962, o livro ganhou uma nova edição por aqui em 2018 e a Darkside Books, foi a editora responsável por trazer a adaptação em quadrinhos da história.

Já é noite quando Meg Murry e seu irmãozinho mais novo, Charles, descem para fazer um lanche na cozinha, até que uma estranha figura os surpreende para lhes fazer companhia. Não demora muito para que a conversa absurda da Sra. Quequeé, atraia os garotos para sua afastada casinha no dia seguinte. Lá, ela e duas amigas, tão excêntricas quanto ela, se mostram sendo peças chaves para ajudar a Família Murry a ter pistas do paradeiro do patriarca, desaparecido já há algum tempo, quando realizava alguns experimentos em seu laboratório. 

É assim que Charles, Meg e seu melhor amigo, Calvin, partem em busca de aventuras por mundos e dimensões diferentes do universo, acompanhados das criaturas mais fantásticas. Mas eles seriam capazes de encontrar seu pai e traze-lo de volta para casa nesta jornada entre o tempo-espaço?

"Se você não for infeliz em alguns momentos, não saberá como ser feliz."


Adaptado pela ilustradora e quadrinista Hope Larson, a edição da Darkside Books destaca o que há de melhor da história de Madeleine L'Engle. Ela seduz o leitor com sua paleta azulada e com seus traços expressivos. Aliás, a edição toda é um show à parte e a capa se enquadra entre as mais bonitas da minha estante. Em capa dura, detalhes em brilho e um degradê no corte das páginas, a experiência de conhecer esta leitura já inicia quando pegamos o livro nas mãos. 

Existem alguns apelos que fazem dessa história um ótimo aprendizado. Um deles é a nossa protagonista, uma garota com um tom rebelde que erra e acerta na mesma medida, pois afinal, estamos falando de uma personagem com seus 12 anos de idade. Sabemos que estamos vendo, de alguma forma, uma criança, que está interagindo e aprendendo com o mundo. O fato também dos personagens principais funcionarem melhores juntos é também uma grande sacada, é na companhia deste trio que temos as primeiras lições sobre companheirismo desta história.




Mas sem dúvidas, o que eu mais gostei, foi dela conseguir tocar não só o público alvo do livro original, que é o infanto-juvenil, como também um público mais adulto, tendo êxito da mesma forma. Transmitindo a sua mensagem com a mesma sensibilidade, seja por qual camada da história você percorra. Uma Dobra no Tempo é também uma história que apresenta conceitos já conhecidos da ficção cientifica, mas sem enrolar muito a cabeça, com trechos simples apresentados pelos quadros, mas de grande importância.

Todo este cuidado somado ao fato de que a essência da história permanece lá, para mim só soma a obra. Eu infelizmente ainda não li a obra original, mas vi muitos elogios que falam que a HQ consegue se sobressair ainda mais. Obras que destacam o comportamento humano de forma tão rica e esclarecedora, que levam o leitor a reflexão sobre temas que nos moldam como pessoas, sobre a nossa natureza, sobre as coisas que somos programados a sentir, ver e pensar, e tantas outras reflexões mais profundas como amor e amizade - além de debates como opressão e medo -, valem a sua atenção.



Eu raramente marco citações em graphic novels, mas nesta foi quase impossível resistir. A cada página tem uma frase especial, um pensamento oportuno, uma visão diferente. Tudo isso contém na alma desta história, escrito há mais de 50 anos por uma autora que serviu como inspiração para tantas outras que vieram após. Independente do seu público, Uma Dobra no Tempo é o tipo de legado para ser repassado para a nossa e para as próximas gerações por décadas, pois tudo que há aqui é incrível e fascinante, é o tipo de história que entretêm, proporciona coisas novas e educa.

A história também foi adaptada pela Disney e teve seu filme lançado em 2018, com Oprah Winfrey e Reese Witherspoon em seu elenco. Vale a pena dar uma conferida!

10 comentários

  1. Eu acabei vendo o filme assim que foi lançado e apesar de apanhar cruelmente em ficção científica, o filme é bem bacana e os efeitos especiais, maravilhosos!
    Ainda não pude ler o livro,mas ver este trabalho da Editora DarkSide assim, tão lindo(só pra variar) é algo que mexe com o coração.
    As Hq's tem ganhado um espaço especial nas estantes e com certeza, eu quero muito ter esta e poder viajar nas ilustrações.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Capa maravilhosa! Darkside sempre arrasando nos livros e fazendo a gente querer todos!
    Não tenho nenhuma HQ, mas vejo que ultimamente está bem na moda a sua leitura e acho isso muito bacana.
    Não conhecia a história, e por ser ficção científica mais leve, eu me interessei em ler ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu não sou adepta a graphic novels mas tenho que confessar que as ilustrações estão ótimas e a capa é ainda. Ainda não li esse livro mas quero ler logo para poder ler toda a série o quanto antes. Além de precisar assistir ao filme também.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Joi
    Ainda não li o livro nem a HQ e também não tive oportunidade para ver o filme.
    Mas essa HQ é linda, um dos livros mais lindos lançados pela Darkside em 2018, uma obra prima com corte colorido e os tons de azul nos quadrinhos.
    Gostei muito da trama e não vejo a hora de poder acompanhar a viagem e as aventuras da crianças.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá! Muito bonita essa edição, acredito que a HQ enriquece muito a história, pois a torna mais dinâmica, fiquei bem curiosa para conferir o livro que têm personagens tão novinhos, mas com tantas responsabilidades, e embora não tenha o costume de ler muito livros de ficção cientifica, esse com certeza entrou na minha lista.

    ResponderExcluir
  6. Oi Joi,
    Apesar de amar filmes de ficção científica, tive pouco contato com livros dessa temática. Uma dobra no tempo foi uma leitura que me desafiou neste gênero e posso dizer que valeu a pena. A história já nos cativa pela protagonista que sofre pelo sumiço do pai e isso fica claro em sua maneira de agir. O livro aborda muitas questões e me vi analisando muitas delas durante a leitura. Mais que uma ficção científica Uma dobra no tempo foca, também, nas relações familiares e no quanto a coragem e a esperança são importantes na jornada percorrida pelos personagens. Se eu já achava a edição da HarperCollins linda, essa da Darkside dá um show a parte e, com certeza, contribui para a experiência com a história.

    ResponderExcluir
  7. Uma Dobre no Tempo é aquela obra que foi adaptada recentemente? Fiquei na dúvida, já que a obra citada é um clássico. A HQ ficou incrível, não esperaria menos de uma edição da Darkside Books. O livro me conquistou bastante pelos traços azulados da ilustradora e a trama envolvendo viagens no tempo-espaço. Estou bem curioso, principalmente caso se trate do livro que citei no começo.

    ResponderExcluir
  8. Assisti o filme e confesso que não gostei. Ganhei o livro em um sorteio, mas ainda não li. Essa edição esta linda e achei legal além de preto e branco ter esse tom de azul, deixou a obra mais interessante. A personagem parece que conquista fácil o leitor, por ser bem determinada e é tão nova, gosto quando tem amigos envolvidos na trama além de mostrar a importância da amizade fica mais divertido. Adoro histórias com viagens no tempo, espero gostar.

    ResponderExcluir
  9. Joi!
    Bom ver que a cada nova página virada, foi um descoberta e emoção.
    Amo ficção científica e ver um livro bem escrito, com detalhes e envolvente é fascinante.
    Adoro tema como viagem no tempo, parece que viajo junto.
    Adorei a resenha.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. Oi Joi,
    Leio pouca ficção científica e são poucos livros do gênero que me prende ... A resenha está ótima, mas infelizmente não é um enredo que me prende.
    Achei que a história não condiz com a idade dos personagens e já havia reparado isso em uma outra resenha. Apesar disso, não posso diminuir a grandeza desse enredo, foi muito bem escrito!
    Confesso que se alguém me oferecesse esse livro, eu pegaria só pela edição, belíssima, adorei os traços dos desenhos.
    Beijos

    ResponderExcluir