A Menina do Outro lado, de Nagabe, é um lançamento de 2019 da Darkside Books. O mangaká – nome dado aos quadrinistas japoneses – com apenas 25 anos já é um destaque nos quadrinhos japoneses com sua série de estreia, que já conta com seis volumes no Japão, com mais dois para sair.

Este conto de fadas dark nos apresenta uma realidade bastante distinta. Sabemos que existe uma terra dividida entre dois reinos, os das pessoas normais e os seres amaldiçoados. Os normais são chamados de moradores de dentro e os amaldiçoados de forasteiros. Shiva é uma garotinha normal, esperta e radiante, que foi acolhida por Sensei, como ela o chama, uma criatura de aparência assustadora, com chifres, meio humana e meio animal. Um amaldiçoado.

É através da amizade entre uma doce garotinha e Sensei que descobriremos os perigos e maldições que os rondam, algo muito complicado ainda para Shiva entender completamente, afinal, ela é uma criança. Ela possui o desejo de reencontrar sua tia, que acabou desaparecendo sem deixar qualquer explicação. Por este motivo que, quando ela desobedece Sensei, acaba enfrentando alguns perigos pela primeira vez e sua rotina até então corriqueira acaba lhe revelando uma outra realidade.

A mangá de pouco mais de 170 páginas, vai introduzir ao leitor uma história que falará sobre o despertar do afeto e o amor entre duas criaturas completamente diferentes, mas que possuem apenas uma a outra.

Entrelinhas, a crítica ao preconceito e a falta de empatia pelo individuo diferente está lá, estampada entre os cenários sombrios e silenciosos que Nagabe tão bem ilustra. A arte é agradável aos olhos e demonstra muita delicadeza, mas seus momentos mais pesados também. Mas quem rouba a cena mesmo é Sensei, a criatura peculiar desperta a nossa curiosidade e mesmo trabalhada apenas em preto, achei seus olhos extremamente expressivos. Dá pra sentir todos os sentimentos que ele possui, mesmo sendo tão limitado para demonstrar seu afeto.

A premissa é sustentada pela lenda do Deus da Luz e do Deus das Trevas, aqueles que deram origem aos dois reinos, e aqui notei um certo dualismo entre o que de fato são o bem e o mal. Posso estar viajando completamente, mas senti um “quêzinho” de Frankenstein aqui, neste possível questionamento sobre quem são os verdadeiros monstros.  Se for realmente isso a intenção de Nagabe, eu achei isso fantástico!

Vale ressaltar a interação de Shiva com Sensei, que é tão singela e pura. É difícil não deixar de se levar pela história, pela doçura e inocência da pequena personagem ou pela reserva e mistério que envolve Sensei. O dever de proteção que ele possui com Shiva é um sentimento tocante, que transpassa para o leitor que aos poucos, vai desnudando a imagem monstruosa que Sensei possui. Passamos a enxerga-lo pelos seus atos, por quem ele realmente é e não pelo que ele se tornou em algum momento de sua vida.

Além das mensagens que já mencionei, esta é uma fábula extremamente tocante, que abordará o amor e a aceitação, sem deixar de lado aquela vertente sombria somada a uma sensação de solidão e receio pelo desconhecido. Então estejam preparados para um final daqueles que te deixa extremamente ansioso para a continuação.  Quero muito saber o que vai acontecer com esta dupla tão única, mas que em tão poucas páginas já conquistou meu coração. A notícia boa? A editora já anunciou o lançamento do segundo volume e deve sair no finalzinho de abril.

A edição está perfeita e tomara que a coleção mantenha esta qualidade. Para quem ficou tão apaixonado pela arte de Nagabe, assim como eu, se você adquirir o mangá diretamente pela Darkside poderá levar também dois pôsteres com duas artes lindas, mas desta vez coloridas, do quadrinista. Eu fiquei maravilhada com cada uma delas, que são dignas de um enquadramento.

A Menina do Outro Lado também ganhará uma animação em setembro deste ano. O lançamento será em DVD e sairá junto com o oitavo e último volume da história.


Título Original: Totsukuni No Shojo
Autor: Nagabe
Tradução: Renata Garcia
Ano: 2019
Editora: Darkside Books
Páginas: 176
Amazon

rela
ciona
dos