Cinquenta Tons de Cinza - Crítica

Título Original: Fifty Shades of Grey 
Lançamento: 12 de fevereiro de 2015
Com: Jamie Dornan, Dakota Johnson
Gênero: Drama, Romance, Erótico


Oi pessoal! Sim! Eu e a Lili fomos ver o controverso filme Cinquenta Tons de Cinza, e hoje vou fazer minha crítica em relação a ele. Não falarei nada sobre o enredo e muito menos sobre as moralidades que possam estar envolvidas, de acordo com o seu ponto de vista. Para isso, confiram a resenha do livro aqui. Falarei apenas sobre os aspectos que abrangem a adaptação.

No filme, eu consegui visualizar muito mais as semelhanças dele com Crepúsculo de Stephanie Meyer, mais do que na própria obra. O clima de fanfic, pelo menos pra mim, ficou mais nítido. Consegui ver Jacob em José, identifiquei o carro velho da Bella, o Edward tocando piano, entre outros, e sem esquecer da clássica frase "eu sou perigoso para você".

Não posso falar sobre os atores que fazem os papéis secundários, porque suas aparições são bem breves, mas foram satisfatórias. Com exceção de Elliot, que eu achei totalmente nada a ver. Jamie Dornan convence como Christian Grey? Sim, ele está como deve ser, frio, sabe o que quer e na hora que quer. Ele conseguiu captar bem a essência do Christian do primeiro livro. É o que poderíamos esperar já que autora E L James acompanhou de perto as gravações.

Mas o grande trunfo com certeza, é Dakota Johnson, ela não só incorporou Anastacia Steele mas como a melhorou, tornando-a totalmente mais palpável. A Anastacia sonsa e irritante dos livros ficou por lá, e graças aos céus deixaram totalmente de fora aquela "Deusa Interior" que só serve para encher linguiça no livro. Créditos a ela, porque foi Dakota que ficou muito mais exposta durante as cenas.


O que se deve ter em mente é que o filme é apenas para entretenimento e só, não esperem nada dele. Ele cumpre o papel, e acreditem o filme contém muitas cenas engraçadas, eu dei muita risada e me diverti muito assistindo. Principalmente ao presenciar as reações impressionadas das pessoas ao meu lado do cinema, a Lili que o diga! E sem querer causar nem um tipo de discussão, mas já falando, as protagonistas dessas reações eram todas pessoas de uma idade mais avançada.

Sobre as cenas de nudez, eu sinceramente não vi nada, além do que vi neste carnaval gratuitamente. Sobre as cenas quentes, eu posso listar muitos filmes e série de TV que contém um conteúdo muito mais forte. Eu não entendo porque tanto alarde, todos sabem que quando, duas pessoas se apaixonam, elas fazem sexo e fim. Não é convencional? Não, mas o que um casal faz entre quatro paredes ficam entre eles, a diferença é que agora estamos vendo no cinema e opinando.



Os figurinos e os cenários tiveram um cuidado todo especial, estão totalmente fieis ao livro. O apartamento de Christian está como idealizei, dá para sentir que a produção se preocupou com cada detalhe e com cada espaço. A grandeza da empresa Grey House impressiona, assim como os pequenos itens inseridos, que até viraram uma linha de produtos fora das telinhas. A formulação dos e-mails trocados entre o casal também ficaram ótimos envolvendo totalmente o telespectador.

Sam Taylor Johnson fez um bom trabalho, o filme não me desagradou, ainda mais pelo final. Foi um final ideal? Sim, ela deixa claro para Christian, e para a relação consensual deles, de que ela escolhe participar disso ou não. Tem sexo? Bem de leve. Vou ver o próximo filme? Sim e sem deixar de ser menos mulher por isso. Eu não me senti nem um pouco agredida mas também não foi o melhor filme da minha vida, ele se limita a ser bom, infinitas vezes melhores que o livro e isso me bastou, foram duas horas de um bom entretenimento. E querem um bônus extra? Eu chorei.



Simplificando, o filme é uma história sobre duas pessoas com estilos de vida diferentes e como eles conciliam suas diferenças. Mas infelizmente, ou felizmente para mim que pedi encarecidamente que cortassem metade das cenas de sexo do livro e eles o fizeram, eu senti que os produtores sentiram um pouco da pressão e ficaram com medo da crítica, deixando as coisas bem mais leves, ou seja muito pano pra pouca manga.

A minha única preocupação é saber se todos os que foram assistir Cinquenta Tons de Cinza tem o discernimento de que se trata de uma ficção, que não levarão isso para casa, de que a submissão de Ana é consentida e ela que opta por querê-la ou não.

Por fim, e o mais importante. Sabem quando a trilha sonora faz um filme? Dakota e Jamie ajudaram e muito, mas com certeza não sem a trilha sonora criada por Danny Elfman. Todas as músicas são super bem inseridas montando todo o clima que as cenas precisavam, é impossível não se envolver com cada batida. É claro que os momentos mais esperados estavam embalados por Haunted e Crazy in Love da Beyoncé, nada mais justo né?! Com certeza a trilha sonora do filme é nota máxima, inquestionavelmente.

31 comentários

  1. Oi, Joi! Tudo bem?!

    Eu tentei ler Cinquenta Tons de Cinza quando lançou, mas não rolou. Não é meu tipo de literatura. Porém, causou tanto burburinho que eu estou super curiosa acerca do filme! Óbvio que não vou conseguir analisar o filme sob a ótica do livro, mas isso tem lá seu lado bom. Realmente, a trilha sonora ficou muito boa! Eu amo "I put a spell on you" :)

    Beijos,

    Juliana Garcez |Livros e Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju sinceramente? Ve o filme sem medo de ser feliz e nem te preocupa com o livro, não vai perder nada ahahaha

      Excluir
  2. oie Joi
    concordo completamente com sua resenha.
    Eu acabei de postar a minha resenha, mas eu amei amei. Não entendo o motivo para tantas pessoas falarem mal do filme. Achei de muito bom gosto, e com certeza já vi filmes brasileiros com cenas de sexo muito mais epsada.
    E com certeza quero ver o próximo. A trilha sonora é magnífica. Não sai mais do meu celular.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a trilha sonora foi um show a parte!

      Excluir
  3. Oi Joi, tudo bom?
    Eu não li a trilogia e não tenho interesse em assistir o filme. Pelo menos não tenho curiosidade para assistir agora, mas estou vendo muitos comentários positivos sobre a adaptação. Fico feliz ao saber que foram fiéis ao cenário e figurino. Pelo visto a atriz que interpretou a Anastasia se saiu muito bem porque também está sendo elogiada.
    Adorei a trilha sonora.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii Joi!
    Eu fico besta com as pessoas no facebook falando mal do filme por ser muito pesado e por ser machista.. Como as pessoas dizem isso do filme, que é ficção e não dizem nada do carnaval que é vida real? Muito hipocrisia!!
    Ainda não assisti o filme e estou na metade do livro. Achei a história até agora muito parecida com Crepúsculo em inúmeros detalhes. Estou com vontade de assistir ao filme também!

    Beijos
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rai, o livro é aquela coisa, fraco e com cenas de sexo forçadas, mas a grande essência do livro foi passada muito bem para a adaptação. Eu já li o segundo livro e acredite quando digo que a trama melhora ^^

      Excluir
  5. Adorei sua resenha, mas confesso que esse tipo de filme não me atrai e sequer tive interesse em conferir no cinema.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  6. Excelente a sua resenha!
    Gostei do filme, mais achei bem fraquinho, já vi outros filmes e séries de TV muito mais hot, a reação das pessoas envolta foi uma atração a parte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendi os produtores Mi e gostei, achei que dosaram na medida ideal. Eu achei ótimo assim.

      Excluir
  7. Oie,
    confesso que o livro não me chama muito atenção e não estou tão ansiosa para ver o filme, mas tenho ouvido a mesma coisa que você, que ficou bom.
    Mas achei bem legal você comentar que realmente parece mais Crepúsculo, no livro não sentia tanto a fanfic.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Joi!
    Adorei seu ponto de vista sobre o filme. Ainda não assisti, mas também não sei pq tanto borburinho por um filme, é apenas uma ficção, e existem muitos outros filmes com temas muito mais fortes...
    Ainda não assisti ao filme, e não estou ansiosa por ele, mas quero assisti-lo sim.

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ooi, Joi!

    Eu sei, eu sei, não tenho idade para esse filme ahsuhasua mas fiquei curiosa.
    Todo mundo, mesmo, falando mal do livro sem ter lido antes e tudo mais. E agora, 50 Tons ficou com a quarta maior bilheteria brasileira =o

    Parece ser um bom filme, de acordo com a crítica haha

    Beijos,
    Tia War
    http://voceetaolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que já subiu pra segunda ^^ Mas quando tu for ver Flá tu vai ver que nem é tudo isso! Tenho certeza que tu ja viu séries com muito mais por aí!

      Excluir
  10. Oi, Joi.

    Eu não curti o livro 50 tons, mas confesso que me apaixonei pelo filme. Essa suavizada e as várias cenas de sexo que foram tiradas me fizeram preferir o filme ao livro. Coisa muito difícil de acontecer comigo. Acho que o que acontece entre 4 paredes fica entre quatros paredes. Agora as pessoas falam de abuso de mulheres, no filme foi tudo consentido. Então calem-se ou vão descobrir a respeito do que se trata. --' Isso realmente tem me incomodado. A atuação de ambos foram excelentes, e eu realmente não entendi o Eliot. kkkkk'
    Ansiosa pelos próximos.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio de Carnaval

    ResponderExcluir
  11. O Joi!
    Não li o livro, mas sobre o filme eu havia lido muitas críticas, mas gostei da sua opinião e realmente gostei da trilha sonora, mesmo não vendo o filme achei excelentes músicas.

    Beijos Carina
    http://www.carinapontesss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu ainda to pensando se vejo esse filme ou não, porque não gostei do livro. Também não acho que os atores combinem e para mim só tem valido a pena a trilha sonora, então ver só para falar mal, não sei se compensa.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise, mas sinceramente o Christian e a Anastacia do livro combinam? hahah sendo assim achei a escolha dos atores ideal, para se encorajar mais para ver o filme, tome nota que não se compara a adaptação com a obra, muito mais superior.

      Excluir
  13. Adorei a resenha!
    Confesso que não gostei dos livros, não pela temática, mas pela enrolação.
    Não estou animada para ver o filme, vou esperar passar a febre, quem sabe aí dê vontade.
    Mas num ponto vi todos concordarem: a trilha sonora. Mesmo quem não gostou do filme, adorou a trilha sonora.

    Bjs

    www.cladassombras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, Joi!
    Tudo bem Lindona?
    É só ver falar em 50 tons, que já vou logo clicando para comentar hahahha
    EU sou louca pela trilogia, e eu meio que ando surtada nesses últimos dias, porque ainda não fui assistir ao filme, mas espero assisti-lo em breve :)
    Eu amei a trilha sonora, e acredito que ouvi-las no cinema deve ser bem emocionante e intenso.

    Parabéns pela crítica sobre o filme! adorei a sua sinceridade!
    Beijinhos!
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Joi tudo bom?
    Ai eu confesso que assisti pra ver e vi que foi dinheiro mal gasto, história ruim, MUITO ruim. E que mulher gosta de um cara louco assim? Dels não

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro, para te ser sincera acho que tu não pegou a moral do filme e nem a moral da minha crítica...mas vamos lá. Vou copiar e colar o final pelo menos.

      "A minha única preocupação é saber se todos os que foram assistir Cinquenta Tons de Cinza tem o discernimento de que se trata de uma ficção, que não levarão isso para casa, de que a submissão de Ana é consentida e ela que opta por querê-la ou não."

      Nenhum mulher, homem ou ser vivo quer ser tratado daquela maneira em sã conciencia, ela quis, provou e conseguir ver se queria aquilo para sua vida ou não. Independente os ditos "sentimentos" que ela tinha escolheu recusar, disse NÃO! E a partir daí que teremos o desenrolar do segundo filme, onde o Christian será o grande submisso da história.

      Até mais.

      Excluir
  16. Oi Joi!
    Estou esperando a poeira baixar para ir assistir, também não entendo esse alarde todo por causa de um filme, já lendo sua resenha já sei o que esperar.
    Amém que não vai ter a Deusa Interior! Queria morrer com essas partes no livro.

    :D

    Beijos!
    A Universitária

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Li o primeiro livro da trilogia e também fui assistir o filme.
    Concordo com o alvoroço todo que algumas pessoas fizeram antes de ir assistir, não tem nada que possa ser visto em outros trabalhos.
    Ao sair da sala de cinema tive a impressão que as cenas quentes só tornaram sensuais devido a música. Também percebi a falta de diálogo entre algumas cenas, espero que isso seja resolvido no próximo, além de ter sido muito apressado.
    Com relação aos atores, não posso dizer muita coisa pois ainda não tinha visto nenhum trabalho deles, por outro lado, a atuação da atriz Dakota chamou atenção.
    Sobre a relação entre as estórias, a origem do livro... não dá para não pensar que o livro teve como base Crepúsculo, porém, quando estava assistindo, não vi muita semelhança estampada, nem ao ler.

    Até!
    http://literoma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao ler eu não senti isso Bruna, mas vendo algumas cenas eu via o Edward ali hahaha Bjs

      Excluir
  18. Oi Joiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Amei sua critica! Eu não gostei tanto como vc, na verdade não achei o Grey frio, ahahahha, achei ele romântico demais pro primeiro volume, adorei a Ana do filme, o toque engraçado ficou ótimo, tmbm achei que as cenas hots, não foram tão hots assim, nas séries de tv e como disse no carnaval, já vi piores! ahahhaha
    Achei que pecou por isso! Também achei bem Crepúsculo, logo no inicio do filme fica bem evidente a semelhança! Enfim... podia ser pior, as músicas estavam lindas e o ATOR é mega gostoso! hahahah
    Pra mim também foi 3 estrelas!
    Beijosssssssssss

    ResponderExcluir
  19. quero ler e assistir pra tirar minha própria conclusão haha

    ResponderExcluir