Resenha: Mil Beijos de Garoto

Título Original: A Thousand Boy Kisses
Autora: Tillie Cole
Ano: 2017
Editora: Planeta
Páginas: 400
Amazon - Saraiva

Quando tinham apenas cinco anos, Rune e Poppy davam início a uma grande amizade e que na adolescência, floresceria pra um intenso amor. É como se no primeiro instante em que se viram o destino tivesse traçado suas vidas, um para o outro, juntos. O destino tem dessas coisas, nos une a pessoas nos momentos mais derradeiros, mais impensados. É ele também o responsável pelas mais dolorosas rupturas.

No dia em que Rune Kristiansen e sua família se mudaram da Noruega para os EUA, ele conheceu Poppy, sua vizinha e quem seria sua melhor amiga a partir dali. Aos oito anos, Poppy recebeu da sua avó um pote com mil corações de papel. Ela deveria preencher estes papéis com mil beijos de garoto, mas apenas aqueles que fizessem seu coração explodir de felicidade. Foi neste dia que Rune garantiu ser o primeiro e único menino comprometido a preencher o pote de beijos de Poppy.

Já adolescentes e inseparáveis desde sempre, Rune e Poppy estavam prontos para dar um passo a mais, porém, uma notícia inesperada os separa repentinamente e não há o que possa ser feito. Depois de dois anos, Rune está de volta e completamente mudado. Alimentado pela raiva, ele está focado em reencontrar Poppy e confronta-la do porquê, durante os dois anos que ficaram separados, ela o afastou completamente, sem que nada que eles tivessem vivido até ali tivesse significado alguma coisa.

"Beijo 1. Com meu Rune. No bosque florido. Meu coração quase explodiu."



Antes de falar sobre qualquer ponto de Mil Beijos de Garoto, é preciso dizer que o livro foi feito para chorar. Do início ao fim isso é possível, dependendo da forma que você como leitor lida com certas problemáticas em um drama. Comigo tudo funcionou e eu chorei em cada ato do livro, inclusive e ainda mais, após a leitura. Desde que o finalizei, fiquei remoendo a forma que eu poderia falar sobre o livro, sobre os sentimentos que ele despertou e o que ele significa. Agora vou tentar colocar um pouco em ordem todo este misto de emoções.

Após o retorno de Rune a cidade, sabemos que ele não é mais o rapaz doce que era, apaixonado por fotografia e cheio de planos para o futuro. Rune desenvolveu muito ódio pela família, culpada por ele pelos seus problemas, e como uma válvula de escape, Rune passou a se envolver com o pior tipo de companhia e ter hábitos que antes não tinha. Poppy apesar da sua decisão em se afastar não mudou, pelo contrário, isso a fortaleceu na medida do possível. É notável a dor que ela carrega por tal decisão, afinal, não é qualquer um que abre mão do seu verdadeiro amor, mas ela o fez. Não é a escolha mais sábia, mas conseguimos compreender, pelo menos um pouco, as suas motivações. Ela é uma personagem admirável, o tipo pessoa que gostaríamos de ter por perto. Sua crença na vida e na beleza de cada gesto nos prende um sorriso no rosto. Poppy é amor da cabeça aos pés e estar ao lado dela é se sentir tocado intensamente pelo sentimento.



Falar mais sobre o enredo é estragar quase que por completa a experiência literária de qualquer um, então por este motivo, foco apenas na relação de Rune e Poppy, no amor criado por eles e na forma que eles lidam com todas as intempéries que enfrentam. A autora Tillie Cole acerta em criar dois personagens extremamente palpáveis e com problemas reais. O amor entre eles pode parecer perfeito demais para alguns, mas não tão improvável assim. Ao longo de todas as páginas sempre há algum momento onde o leitor pode se colocar no lugar dos personagens, compartilhando as mesmas aflições. Com certeza muito do que está aqui já foi ou será vivido por alguém, por nós ou por alguém muito próximo de nossos círculos sociais. É isso que torna Mil Beijos de Garoto tão tocante, que nos pega pela alma e pelo coração. 

O amor desses personagens é tão puro, tão inocente e deveria ser intocável. Por muitas vezes esbarrei com livros que abordam o amor de forma tão banal e leviana, que nos deparar com o que temos aqui chega a ser um presente. Quando nos deparamos com um amor como o de Rune e Poppy nos sentimos envergonhados, por não ter acreditado que um amor desse exista, mas aqui, em cada gesto, toque ou palavra, em cada página, é possível ver e sentir todo a imensidão deste sentimento.

"- Por que eu preciso tão desesperadamente tirar uma foto sua quando você ri assim? [...] - Por que não importa o quanto você proteste e exale uma aura de escuridão, você luta pela felicidade, você deseja ser feliz."

Essencialmente, o livro nos proporciona uma certa reflexão sobre a vida, sobre o que estamos fazendo com ela e se amamos as pessoas como deveríamos. A vida é curta e com um simples toque do destino podemos acabar como vítimas das injustiças dele. Poppy e Rune nos proporcionam isso com suas histórias, o melhor ensinamento de Mil Beijos de Garoto é a valorização do amor, o peso das palavras jogadas ao vento e do significado de um abraço quando mais precisamos.



A leitura é dolorosa, mas incrivelmente arrebatadora e tão cheia de significado. Após ele me vi imaginando sobre a importância de ser grata e sobre dar valor aos pequenos momentos felizes que vivemos. O final rende uma boa conversa, eu particularmente acharia o livro perfeito se finalizasse no último capítulo, mesmo com todo o apelo dramático, mas a autora nos entrega um epílogo e eu tive alguns problemas com ele, mas nenhum deles é possível discutir mais profundamente sem despachar vários spoilers aqui. 

Mil Beijos de Garoto é um livro bastante espiritualizado, se é que posso utilizar este adjetivo para ele, diria que até poético em certo ponto. Apesar de ser um livro jovem adulto e que apresente conflitos como tal, é possível que leitores de todas as idades se identifiquem e se sintam tocados com tudo que está escrito aqui. Estejam avisados que a leitura não será fácil, estejam cientes da enxurrada de emoções proporcionadas por Tillie Cole. Não é à toa que Mil Beijos de Garoto tenha me proporcionado a maior ressaca literária que vivi até hoje. A história é linda, inspiradora e bastante cruel, assim como a vida.


Resenha em Vídeo:


25 comentários

  1. UAU, Joi!
    Que resenha arrebatadora <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OMG!
      Metade do meu comentário se foi, mas vamos lá de novo kkkkk

      UAU, Joi!
      Que resenha arrebatadora <3
      Só fui conseguir terminar a minha ontem, e, cara, foi difícil concluir.
      Essa sua frase: "A história é linda, inspiradora e bastante cruel, assim como a vida." exemplifica bem o livro.
      Amei!
      E você acredita que quando terminei de ler, acabei lembrando de Um amor para recordar?
      Ambas são histórias lindas e ao mesmo tempo tristes, que acabam por nos fazer refletir sobre alguns aspectos da vida.
      Com certeza Mil Beijos de Garoto é um livro que veio para nos ganhar, nos emocionar, nos arrebatar e nos deixar de ressaca literária por dias. Acredito que esse é o típico livro que a gente nunca esquece e sempre recomenda.
      Resenha maravilhosa! Amei!
      Beijos! <3

      Excluir
    2. Verdade Taty, Mil Beijos de Garoto tem um "quê" de Um Amor para Recordar, livro que li há muito tempo, mas que me emocionou igualmente. Estes livros que nos dão alguns tapas no cara são ótimos, tristes de serem digeridos por serem tão reais, mas essenciais para a nossa vida de leitora e também como pessoas! Obrigada por compartilhar comigo tua experiência. Depois vou lá ver a sua resenha ♥

      Beijos Joi

      Excluir
  2. Tenho um medo desse livro!!
    Todo mundo fala dele e a capa é tão linda... Mas não quero sofrer não!
    :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Joi.
    Concordo com o que disse, esse livro foi feito para chorar, no meu caso do início ao fim.
    A história assim como você disse gera uma certa reflexão por parte do leitor, a escrita da autora é incrível e sofrida mas nos proporciona uma enorme avalanche de sentimentos, enfim eu adorei o livro e sim ainda não superei.,
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Comprei este livro mês passado, mas a versão ebook em inglês pq tava baratinho...rsrsrss
    Espero conseguir captar toda a essência mesmo sendo em inglês!
    Acho que irei amar, e chorar tb! hahahaha

    ResponderExcluir
  5. Quero tanto ler esse livro! Além da capa ser linda, ainda é um livro de romance feito para chorar livros!
    Livros que me fazem chorar sempre fica na minha memória.
    A sinopse é bem atrativa, sobre um amor perdido e o reencontro! Gosto do romance puro e profundo que me fazem querer ser os personagens!
    Ótima resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  6. Quer dizer que esse livro foi feito para chorar? Esta ai uma coisa difícil de acontece pelo menos comigo ~não sou muito de chorar lendo, tirando uns dois livros pelo menos.

    Apesar disso tenho certeza que é um lindo livro pelo que li na sua resenha e em outras que já li dele...mas não tenho certeza sobre ler esse livro, da ultima vez que li um livro assim chorei horrores e passei varias semanas em uma ressaca que quase não ia embora! Mais não posso negar que tenho curiosidade em sabe como fica esse relacionamento do Rune e Poppy.
    Então antes de decidi ser irei ler vou ver se consigo alguns spoiler do final dele ou vou em uma livraria e leio o final do livro kkk

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é vida lagrimas, sentimento a flor da pele, e ressaca literaria certa ne Joi. Uma das minhas melhores leituras de vida e Rune ganhou um lugar todo especial no meu coração.

    Mil Beijos de Garoto é Tao Especial quanto Especial pode Ser. Amei sua resenha.

    Bjs
    Ana Paula
    Paixão por Leituras

    ResponderExcluir
  8. Eu amei esse livro! Quando eu comecei a ler ele, eu não esperava uma história que mexesse tanto assim comigo. Eu amei os personagens, amei a escrita da autora, e também achei o livro super lindo e emocionante. Eu chorei muito no final (e olha que eu sou difícil de chorar com os livros). Eu realmente amei essa história. Mas também achei aquele epílogo meio desnecessário, acho que o livro seria melhor se tivesse terminado no último capítulo...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oii Joi,
    Não posso pegar este livro no momento, não quero chorar e sou muito chorona hahahah
    Já vi várias pessoas falando dele, está no meu Quero Ler do Skoob. Mas eu gosto quando há um amor puro, inocente, dá vontade de guardar num potinho os personagens!

    ResponderExcluir
  10. Olá.
    Depois de ler tantos comentários e resenhas, cheios de emoção, por esse livro, estou curiosa!
    Apesar de não ser uma história que me chame atenção, por não gostar muito desse estilo, talvez ainda venha dar uma chance a leitura.
    Não sou muito emotiva em livros, mas por tudo que você comentou na sua linda resenha, vai ser difícil conter as lágrias, não é mesmo?
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Joi!!
    Realmente esse livro foi feito para todos se emocionarem ! Pelo que li nas resenhas desse livro todos sem exceção falam super bem do livro e como ele é emocionante e choraram rios de lágrimas com a estória desses dois!! Eu como sou bem emotiva certamente vou fazer parte do time que vai chorar muito!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  12. Já tenho certeza ante mão que irei chorar, sofrer com esse livro, isso já e fato!

    ResponderExcluir
  13. Oi Joi,
    Adoro livros que me comovem, me faz chorar e me apaixonar e acho que Mil beijos de garoto é o livro que irá me fazer ter essas reações. Rune e Poppy irão se conhecer da forma mais inocente e a amizade dos dois deve ser algo lindo de acompanhar. Mas como todo livro com esta temática, momentos de tristeza e alegria serão compartilhados e a partir daí uma história cheia de reflexão e crescimento é traçada. Não conheço nada da Tillie Cole, por isso estou bem curiosa para conhecer sua escrita.

    ResponderExcluir
  14. Esse livro acabou comigo! Fazia muito tempo que eu não chorava assim com um livro. Eu chorei até com o epílogo (que na verdade eu também achei muito desnecessário) achei a história dele linda demais! Eu achei a história muito bem construída, e gostei muito da narrativa da Tillie Cole. Agora espero que a editora traga mais livros da autora =)
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  15. Quero muito ler, esta sendo muito comentado e elogiado. A historia parece ser muito fofa com esse romance puro, mas também muito triste e comovente separar os dois deve ter sido um sofrimento tanto para eles como para os leitores, fiquei curiosa com os motivos por qual ela não entrou em contato com ele. A leitura deve mexer muito com o nosso emocioanal tem que estar preparado para ler rs.

    ResponderExcluir
  16. Joi!
    Ai que saudade do meu primeiro amor há mais de 40 anos atrás...kkkk
    Tudo tão puro, simples, sem complicações, o sentimento de podermos enfrentar tudo...
    Acredito que o amor dos protagonistas vá nessa linha e tenham de provar para tudo e todos que se amam realmente.
    Bom ver que o livro tem uma pegada mais espiritualizada.
    "...Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante..."(Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Já disse que amo esse livro? Nao, mais amo!
    Estou desejando fortemente ter esse livro, já li tangas resenhas sobre ele que me deixou com uma curiosidade enorme na mão. A trama é maravilhosa, a amizade que nasce entre eles o amor que transforma é uma essência maravilhosa, Meus desejados!

    ResponderExcluir
  18. E possível notar o quanto está estória e arrebatadora, e emocionante, que mexe com o leitor, fazendo com que tenhamos uma grande ressaca literária. Infelizmente ainda não pude adquirir a obra, porém já está na minha lista de desejados, já quero saber como esses amigos lidaram com a distancia, e com a volta deste personagem, e inclusive estou preparando as muitas lágrimas para está leitura.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. A capa já tinha me conquistado, mas sua resenha me ganhou haha
    Não é um gênero que goste muito, mas autora parece ter colocado tudo de uma forma tão real que a história nos envolve.
    Irei ler, pois faz tempo que não tenho uma super ressaca literária tão grande assim haha

    beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Ah... Esse livro acabou comigo Joi, já tinha sido avisada para preparar muitos lenços durante a leitura, mas jamais imaginei que esse livro seria tão arrebatador como foi. Me emocionei até a última página com essa linda história do amor puro, sincero e verdadeiro do Rune e Poppy, foi uma leitura com uma carga emocional que explodiu meu coração completamente ♥
    Lindo, apaixonante, arrasador! Fui cativa e conquistada por esses personagens tão belos, o Rune e a Poppy são puro amor. Esse livro é épico e destruidor de almas sim!
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Alguém me dá esse livro please?! perfeito!
    Arrebatador, taquicardico. Pedido do skoob.
    www.omundodatutty.com

    ResponderExcluir
  22. Oii Joi ;)
    Eu já li o livro há um tempo em inglês, e recentemente tive a oportunidade de ganha-lo na versão em português, e ao reler ele senti de novo todas as fortes emoções que o livro traz ao leitor.
    Realmente é um livro que foi feito para chorar, como você disse, mas a relação dos dois é tão linda e pura... eu quase choro só de lembrar das cenas haha
    A autora acertou mesmo em trazer personagens que são críveis e reais, e eu amei o final do livro. Foi meio poético como você disse, mas eu não esperaria nada diferente!
    Adorei sua resenha, bjos

    ResponderExcluir
  23. Nossa que resenha linda, amei, é a primeira que leio do livro, já tinha visto ele como lançamento, mas não havia visto sobre o que ele se tratada, estou curiosa para ler ele, e ver de perto esse amor tão lindo que você citou, um amor puro, espero ler o livro o mais breve possível. Saber como os dois vão lhe dar com a nova vida que levam.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir