Me Chame Pelo Seu Nome - Crítica

Call Me By Your Name

Lançamento: 18 de janeiro de 2018
Com: Armie Hammer, Timothée Chalamet, Michael Stuhlbarg
Gênero: Romance; Drama

Me Chame Pelo Seu Nome é a adaptação do livro homônimo escrito pelo autor André Aciman, lançado no Brasil pela Intrínseca.

Elio (Timothée Chalametestá passando as férias na casa de veraneio da família, no interior da Itália. A tranquilidade rotineira logo muda quando seu pai, interpretado por Michael Stuhlbarg, um especialista na cultura greco-romana, recebe a visita do acadêmico Oliver (Armie Hammer) e não demora muito para que ele e Elio acabem se aproximando.

Essencialmente, o enredo falará sobre o amadurecimento. Elio está descobrindo e explorando novas experiências. Também trata da relação entre os dois personagens e a intimidade criada por ambos. Aqui temos um romance que mescla momento de descobrimento, sensíveis, complicados e extremamente devastadores também. É uma trama muito intensa, que percorre extremos, mas que seduz o público disposto a acompanhar esta história.


A narrativa de Me Chame Pelo Seu Nome é um pouco mais elaborada. Com um ritmo próprio, Jame IvoryLuca Guadagninoroteirista e diretor do longa, permitem que os personagens estabeleçam a ligação certa com o público para depois contarem de fato suas histórias. Acredito que isso seja de suma importância para que nós estejamos prontos para o ponto em que precisamos chegar no ato final. 

A atuação dos personagens está impecável, dá pra sentir que todos, sem exceção, estão muito confortáveis em seus papéis. Hammer e Timothée se jogam no papel, existe entrega, existe química, companheirismo e envolvimento. Tudo que precisamos para acreditar em cada palavra que compartilham. O domínio em cena é envolvente e prende o público mesmo nas passagens onde o enredo é mais preso. Entre os personagens secundários, destaque é claro para os incríveis diálogos entre Elio e o seu pai. Stuhlbarg protagoniza uma das cenas mais bonitas.



Com uma fotografia simples, mas que destaca as belas paisagens do verão da Itália, além de uma bela história somos presenteados por uma experiência completa que envolve, atuação, imagem e trilha sonora também, responsável por evocar todos os sentimentos retratados no filme. Entre elas estão Mystery Of Love e Visions Of Gideon de Sufjan Stevens, escritas exclusivamente para o filme, sendo a primeira indicada na categoria de Melhor Trilha Sonora. Além dela e a indicação de Melhor Filme, Me Chame Pelo Seu Nome está sendo indicado também por Melhor Ator, com a atuação de Timothée Chalamet e Melhor Roteiro.

O segredo de Me Chame Pelo Seu Nome é tratar uma história de romance, como uma história de romance, com a sutileza e sensibilidade para que qualquer indivíduo se identifique. Acima de qualquer coisa está é a rica mensagem que se encontra entre as camadas do filme. A importância de vivermos o hoje, de sermos felizes e principalmente, de não termos medo de amar. Em nossa atualidade, enquanto temos uma sociedade extremamente preconceituosa, o filme é uma obra de arte com toda sua ousadia e naturalidade.

15 comentários

  1. Oi, Joi
    Estou torcendo muito para que eles ganhem algum Óscar hoje, principalmente o ator que fez Elio, meu crush. Eu gostei do filme, mas como ele tem aquela característica de filme francês, eu não curti tanto porque não faz bem a minha praia, além das inúmeras cenas sensuais que me deixaram constrangida kkk mas nada contra. Acho que não entendi muito bem a essência do filme, infelizmente, mesmo assim eu gostei.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levou de roteiro né? ^^ Acho que foi ótimo!

      Excluir
  2. Acabei vendo este filme já tinha um tempinho, mas não tinha conseguido me conectar com os personagens. Sabe quando você ficava assistindo por assistir? Daí, me permiti ver novamente com outros olhos e com o coração mais aberto a beleza e sabe o que senti? Amor.
    Aliás, mesmo com todo cenário lindo, trilha sonora perfeita, a única coisa que eu entendi desde o começo foi o amor. Puro, simples, singelo e complexo no final. Mas se colocar na pele e na alma de Elio, deixou a trama natural, como se estivessem vivendo cada cena no quintal de casa.
    Super recomendado.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Estou MEGA curiosa, comprei o livro este mês e pretendo ler antes de ver o filme! Fiquei muito feliz dele ter ganhando como melhor roteiro adaptado! Assim fico mais empolgada ainda em ler e assistir!!!

    ResponderExcluir
  4. Achei a fotografia desse filme maravilhosa!
    Confesso que assisti esse sem muitas expectativas e acabei me surpreendendo. Quero muito ler o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Samy, é ótimo quando isso acontece!

      Excluir
  5. Gente, sério.
    Que filme lindo *--*
    Talvez o mais lindo que já vi e irei ver na vida.
    Estou completamente apaixonada por Armie e Timotheé, a quimica que eles tem tanto no filme quanto na vida real é incrível.
    Já vi o filme 4 vezes , falando muito sério.
    E ainda sinto a mesma paz, o mesmo amor e vontade de viver o máximo possível a minha vida.
    Timmy é tão novo e já me cativou com a sua arte e seu carisma.
    Amor e paz é o que eu sinto sempre que vejo esse filme.

    ResponderExcluir
  6. Bom eu soube desse filme assistindo Globo News, o comentarista Jorge Pontual de Nova Iorque falou tao bem desse livro que nao tive como nao enlouquecer de vontade de ler, só que ainda nao tinha sido lançado no Brasil. Assim que saiu o pré lançamento eu já soube que sairia em filme tambem. Corri pra comprar mas demorou um eito pra chegar, enfim estou reservando a leitura sem assistir o filme pois minha expectativa é imensa. Com uma historia linda, sensível e comovente pelo seu contexto. Só por ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muiiiito comovente e muito pertinente também, legal esta história ter tomado a proporção que tomou! Beijos

      Excluir
  7. É impossível você não ficar babando com esse livro eu adoro histórias com pegadas LGBT e apesar de ainda não ter assistido o filme fiquei muito satisfeita e feliz de ter visto que o filme fez grande sucesso no Oscar

    ResponderExcluir
  8. Quero assistir, esta sendo muito comentado, que maravilha que tem química entre os atores assim fica mais real, nada daquele artificial que não agrada nenhum pouco. Parece que esta bem elaborado e que desperta as emoções do público.

    ResponderExcluir
  9. Ainda quero assistir. Não tive oportunidade na época do lançamento, mas espero poder assistir logo.
    =)

    ResponderExcluir
  10. Quero muito assisti ao filme, pois mesmo a história sendo tão interessante, não me chamou a atenção em ler o livro. Creio que conseguirei me apaixonar pela história assistindo ao filme e talvez leia o livro futuramente.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Vi muitas pessoas elogiarem mesmo os atores, parece que eles conseguem trazer um envolvimento todo para a historia, ainda mais ela não tendo muito plano de fundo e sendo totalmente focada neles, achei interessante toda a historia e quero dar uma olhada no livro também !!

    ResponderExcluir