Edie está debutando entre a sociedade londrina, porém sua apresentação parece ir de mal a pior quando uma terrível febre a pega de jeito. Completamente debilitada, ela mal percebe quando o escocês, Duque de Kinross e melhor partido possível, parece genuinamente interessado nela. Gowan, após dedicar-se anos ao trabalho e as suas propriedades, resolve que está na hora de casar-se e para que tudo seja perfeito em sua vida regrada, ele acredita que uma jovem bonita, submissa e serena, seja o tipo de esposa ideal para ser a mãe de seus filhos.

Ele acredita que Edie seja esta mulher, tímida, recatada e sem coragem de olha-lo nos olhos durante seu baile de apresentação, ele se decide na hora, Edie será sua esposa e logo já começa os tramites com o pai da sua futura noiva. O que ele não sabe é que Edie é exatamente o oposto que ela aparentou, se não estivesse acometida pela doença naquele dia, Gowan saberia que Edie é atrevida, de temperamento forte e muito questionadora, o oposto que ele procura.

A Torre do Amor, quarto volume da série Conto de Fadas de Eloisa James, é uma releitura – no estilo Eloisa James – de Rapunzel. E como todo livro da série, esta história consegue ser ainda melhor que seu antecessor. Edie e Gowan são um casal divertido, inexperiente e que têm muito a aprender e só as doces palavras de Eloisa, somado a um enredo surpreendente, conseguem envolver o leitor em todos os aprendizados que este casal terá que enfrentar.

Confira a série Contos de Fadas

Adoro o fato de a autora trabalhar muito a questão de cumplicidade e companheirismo entre um casal, ponto chave para um bom relacionamento, mesmo em tempos em que os casamentos eram tratados por pura conveniência. Mesmo se não há amor, é possível levar uma vida digna quando há confiança e sinceridade entre dois.

Não será surpresa aqui que o casamento de nossos dois protagonistas será um caos e serão tantos os detalhes que contribuirão para que esta união comece a ruir, que só uma narrativa delicada ao mesmo tempo que intensa, como a de Eloisa James, conseguiria colocar no papel todos os sentimentos que envolvem esta leitura. Acho, inclusive, que este é o tipo de história que deve envolver ainda mais leitores que já passaram por dificuldades em um relacionamento e precisaram enfrentar de frente seus defeitos para amadurecer.

Aqui todo personagem precisa se reinventar, crescer e amadurecer, mesmo que precisem começar pelas suas personalidades arredias. Estas questões todas serão tratadas através dos protagonistas, que precisam a todo instante aprender um com o outro, como também através dos personagens secundários, que também não são um exemplo de casal ideal, mas ao seu modo, tentam fazer com que as coisas deem certo.

A Torre do Amor é um romance sobre reinvenção, segundas chances, amadurecimento, maternidade, e como, ao longo das páginas, os personagens precisarão se desnudar de expectativas. É uma leitura onde teremos um casal que quer muito amar, mas nunca tiveram exemplos ideais na vida, mas nunca é tarde para aprender. Simples, divertido, mas intenso, eu recomendo bastante a leitura! Acabei fazendo a resenha em vídeo lá no canal, por lá comentei mais sobre o livro, consegui abordar outros temas e curiosidades, enfim, consigo dar uma visão mais ampla desta agradável leitura. Espero que gostem!

  • Once Upon a Tower
  • Autor: Eloisa James
  • Tradução: Lívia Almeida
  • Ano: 2018
  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 352
  • Amazon

rela
ciona
dos

Os melhores contos de terror para você ler Livros para ler neste Halloween