Ousadas Vol. 2 é a continuação da série de sucesso da ilustradora Pénélope Bagieu, que tem como objetivo traçar com muito humor o perfil de mulheres excepcionais que enfrentaram tudo e todos para se tornarem donas de seus próprios destino. Neste segundo volume conheceremos em forma de quadrinhos mais quinze mulheres, suas histórias e a forma como cada uma delas superou desafios e quebrou preconceitos.

Cada história é tocante e inspiradora, toda sagacidade e sensibilidade de Pénélope durante a narrativa, dá um tom mais leve as histórias que, na maioria das veze,s foram permeadas de lutas individuais.

Todas as mulheres citadas se tornaram referência em seus meios, seja no meio acadêmico, político ou científico. É impossível não citar figuras como Betty Daves, que é uma das cantoras mais influentes da Era do Funk, gênero que tentaram censurar. Também conheceremos Jesselyn Radack, que enfrentou de frente o governo dos EUA, advogada de segurança nacional e direitos humanos, Jesse ficou conhecida por sua defesa no caso de denunciantes, jornalista e ativistas.

Destaco também Hedy Lamarr, uma inventora nata, que por anos não foi levada a sério por ser considerada “bonita demais”. Suas invenções contribuíram com a tecnologia da virada na Segunda Guerra Mundial, depois de seu invento ter ficado por meses dentro de uma gaveta. No final do ano passado saiu a notícia que uma minissérie estava em produção para contar a vida de Hedy e a atriz cotada para interpretá-lá é Gal Gadot, poderosa né?

Por fim, destaco Frances Glessner Lee, uma simpática senhora que se tornou uma das mães da medicina forense. Sua criação, as Nutshell Studies foram essenciais para o desenvolvimento da ciência forense nos Estados Unidos, através de suas miniaturas, Frances mudou o modo como as cenas de crime eram tratados e até hoje, dezoito de suas criações ainda são usadas para fins de ensino. Enfim, este é um time de peso e seria impossível falar sobre todas estas mulheres incríveis aqui, então estas são apenas algumas das personalidades que conheceremos durante a leitura.

A arte colorida da obra e a narrativa objetiva faz com que mesmo com pouco espaço, você conheça o suficiente sobre cada mulher, para logo querer ir atrás de seus feitos e conquistas pela internet! Eu mesma fiz isso em diversos capítulos. Ao fazer isso também pude notar o talento imenso de Pénélope com sua arte, ao adaptar para o papel cada característica física de cada mulher, além da personalidade marcante de cada uma delas em sua narrativa. Eu adorei.

Estas são quinze mulheres inspiradoras que conquistaram seu espaço por toda sua ousadia. Sem dúvidas este é um livro/quadrinho para servir como exemplo, para cada vez que você se sentir incapaz ou perdida. Tá em dúvida em qual presente dar para alguém? Dá este livro! Apresentar personalidades tão icônicas para alguém deveria ser uma tarefa obrigatória de cada pessoa.

Foi maravilhoso conhecer cada história, de mulheres que lutaram pelos seus direitos até quando não sabiam que isso não era uma possibilidade. Tem coisa melhor do que ser capaz disso e ainda seguir como exemplo para as gerações futuras? Isso foi que mais adorei perceber a cada história, pena que muitas dessas mulheres não estão mais aqui para saberem de todo impacto que suas vidas causaram.

Você pode conferir alguns episódios da série no youtube em francês, Fiquem a vontade para darem uma olhadinha!⠀⠀⠀

Ousadas Vol. 2 pode ser lido separadamente do primeiro volume, então podem ficar tranquilos quanto a isso, eu mesma li primeiro este e agora já vou correr para adquirir o primeiro volume. A autora Pénélope Bagieu também lançou por aqui Uma Morte Horrível, lançado em 2016 também pela Nemo.

Me contem se vocês já conheciam algumas dessas celebridades e jamais esqueçam mulheres, vocês podem ser o que vocês quiserem!

  • Culottées #2
  • Autor: Pénélope Bagieu
  • Tradução: Renata Silveira
  • Ano: 2020
  • Editora: Nemo
  • Páginas: 168
  • Amazon

rela
ciona
dos

Os melhores contos de terror para você ler Livros para ler neste Halloween