Resenha: A Guerra dos Mundos

Título Original: The War of The Worlds 
Autor: H. G. Wells
Ano: 2016
Editora: Suma de Letras 
Páginas: 310
Compre aqui

Eu sempre adorei ficção científica. Já olhei dezenas de filmes, mas confesso que não li muitos livros do gênero. O filme A Guerra dos Mundos, é um dos meus filmes favoritos, aquele filme que pode passar todos os dias, que eu estou lá assistindo novamente. Quando vi que a Suma de Letras ia lançar essa nova edição eu praticamente surtei! Capa dura, com ilustrações incríveis e originais de um brasileiro e que conta com alguns adicionais para qualquer apaixonado e colecionador do gênero amar!

Iniciei a leitura esperando encontrar o personagem de Tom Cruise, da adaptação de 2005, o ex-marido, pai de dois filhos, lutando pela vida. Assim, foi grande a minha surpresa ao me ver dentro da narrativa de outro personagem e isto foi muito estimulante, pois eu ia descobrir outra perspectiva numa história fantástica. 

O protagonista (não sabemos sua identidade), é uma pessoa comum, nada de brilhantismo. E num dia qualquer, algo estranho cai na terra. O protagonista tem conhecimento sobre várias áreas e é curioso, assim como outras pessoa que vão atrás do local de impacto do “meteoro” e logo o localizam. No local percebem que não pode ser um meteoro, ele é constituído de metal e dele saiem seres estranhos e bastante peculiares. Até então nenhum mal havia ocorrido, até que os seres começam a pulverizar uma substância capaz de aniquilar qualquer ser vivo. 

"- Isso não é uma guerra - prosseguiu o artilheiro. - Nunca foi uma guerra, assim como nunca houve uma guerra entre o homem e as formigas."


Inicialmente os marcianos não conseguiam se locomover com muita facilidade e isto intriga o nosso protagonista, ele acredita que os marcianos devam ter alguma estratégia traçada e o que o mantém por perto de toda a ação é sua curiosidade e capacidade de ver as coisas além do que se vê.

O exército inglês entra em ação, aparentemente, quando os humanos parecem estar levando a melhor, os marcianos conseguem desenvolver (ou colocar em ação um plano anterior) uma maneira de locomoção mais ágil e em pouco tempo colocam toda Grã-Bretanha sob seu domínio. A partir deste momento, se você já viu o filme, nos familiarizaremos com a premissa da invasão alienígena, com seus triples imponentes, buscam escravizar a Terra e os humanos. Sob a perspectiva do protagonista, podemos observar como é viver em um mundo dominado pelos seres extraterrestres.   

O enfoque principal na narrativa de Wells, foi nos extraterrestres. A descrição dos seres é fantástica! E nisso podemos observar muitas semelhanças com a abordagem de Spielberg no filme. Em ambos, os ET´s são descritos de uma forma bastante familiar, no mais, as histórias que se passam no livro e no filme são diferentes, mas nenhuma é mais ou menos interessante que a outra. Ou melhor, as duas são geniais!


A história contada por H.G. Wells foi publicada em 1898 e em 1938, Orson Welles criou uma versão para o rádio (apresentada entre um programa e outro) e adicionou nomes de cidades americanas. Mesmo com a divulgação de que tudo se tratava de uma brincadeira para o dia das bruxas, muitas pessoas ficaram preocupadas, ou queriam ajudar na luta, ou ainda comentavam que os extraterrestres estavam do lado de Hitler (estavam à beira da Segunda Guerra Mundial).

Os extras da edição vão contar com uma breve introdução da obra, a apresentador do autor para o leitor através de uma minibiografia, uma entrevista com o mesmo e ao final teremos uma rápida conclusão da obra como um todo e a importância que ela teve na época em que foi lançada e que se perpetua até hoje. A obra abre margem para a reflexão, sobre de que maneira reagiríamos se a ficção virasse realidade e quais as consequências de tudo isso para a humanidade.


Assim como adoro o filme, agora adoro este livro. Foi uma leitura fácil e viciante, e que em muitos momentos complementavam a história que eu já conhecia por Spielberg. Recomendo a todos que gostam de ficção científica ou para aqueles que apresentam algum tipo de interesse! A Guerra dos Mundos é um clássico do gênero, inovador para a época, é uma das primeiras obras que falou sobre invasão alienígena e sua superioridade tecnológica, uma verdadeira ameaça para nós que somos apenas um pequeno ponto azul no universo. 

Espero que tenham gostado!
Enjoy!
XO!

2 comentários

  1. Oi,

    Esta edição parece estar linda demais!
    Eu tenho muita vontade de ler o livro, mas ainda não tive a oportunidade.
    Quanto ao filme eu vi e adorei, agora que você comentou que o livro preenche as lacunas e complementa o que vi no filme fiquei mais curiosa ainda!

    Beijos,
    May - http://mayeosvicios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lili!

    Este livro parece ser bom ♥
    Adoro ficção científica também haha.
    Acredita que ainda não conhecia o filme? Vou procurar!

    Beijos,
    Flá Bergamin
    http://voceetaolivro.com.br/

    ResponderExcluir