Manual de Sobrevivência sobre Gilmore Girls

"Viva mais. Ria mais. Coma mais. Fale mais. Gilmore." 
Se você se encontra nesse sistema solar, provavelmente, deve estar ciente de um dos assuntos mais comentados do universo das séries no momento: o revival de Gilmore Girls. Como uma maníaca por séries, eu sei que nem sempre dá para acompanhar tudo. Então, resolvi compartilhar com vocês algumas informações imprescindíveis sobre essa série - maravilhosa - para você não boiar nos encontros de Natal.

Vou começar pelas questões mais gerais até as mais específicas. Peço ajuda para você que é fã da série complementar com mais informações nos comentários, mas cuidado com o spoiler!

Eu não sei nada sobre a série!

A história gira em torno das meninas Gilmores, obviamente. Lorelai (Lauren Graham) saiu de casa aos 16 anos quando ficou grávida da Rory (Alexis Bledel). Ela abdicou das mordomias e exigências de uma família rica para criar a sua filha sozinha em Stars Hollow, uma pequena cidade (fictícia) em Connecticut. Isso fez com que as duas criassem uma ligação muito forte regada a comida, café e conversas sem fim. Lorelai criou com a filha a relação que nunca teve com a mãe. Já que você não sabe de nada é bom dizer que o nome da Rory também é Lorelai, uma espécie de brincadeira onde Lorelai quis batizar o nome de sua filha como os pais fazem com os seus filhos homens.


A primeira temporada começa com Lorelai precisando da ajuda dos pais, Emily e Richard, para custear os estudos da Rory numa escola particular renomada. Emily aproveita a oportunidade para trazer as meninas para mais perto. Assim, ela estabelece jantares em família todas as sextas onde nem preciso falar que as presenças da Lorelai e da Rory são obrigatórias. 

Okay. É só isso?

Não! Boa parte do que vemos de fato são os conflitos entre mães e filhas, além dos romances das meninas. Mas, na minha opinião, a série também é sobre Stars Hollow. Ao longo das 7 temporadas, você percebe o quanto essa cidade se transforma em um personagem. Ela é recheada de habitantes peculiares e carrega aquele estereótipo forte de cidade comunitária, onde todos tomam conta da vida do outro. A cidade é conhecida pelos seus festivais ao longo do ano e que se repetem durante toda a série. Acredito que por essa característica que os quatro episódios do revival fazem referência as estações do ano e provavelmente aos festivais. Os conselhos da cidade são muito engraçados e um prato cheio para as Gilmores se divertirem com as confusões dos "starhollowenses". 



Como assim habitantes peculiares?

Não tem nada a ver com o Miss Peregrine. Mas cada personagem carrega uma característica muito forte e o que ajuda a criar alguns conflitos durante a história. Alguns nomes que você precisa saber: Taylor, uma espécie de prefeito da cidade e dono da mercearia e outros tantos imóveis, ele na realidade acha que é dono da cidade inteira e tenta impor suas vontades; Kirk é o faz tudo, literalmente, e muitas vezes inconveniente; Sookie é a melhor amiga da Lorelai e as duas dividem o sonho de abrir uma pousada; Lane é a melhor amiga da Rory e sofre com a mãe coreana super exigente. 


Apesar de não fazer parte da cidade em si, Paris também é uma personagem importante que você precisa saber da existência. Ela tem uma personalidade bem difícil, super mandona e mimada, ao meu ver ela tem uma trajetória muito interessante ao longo da série e Rory acaba tendo que conviver com ela mais do que esperava. 

A série é composta por muitos personagens, então, essa é uma boa oportunidade dos fãs da série falarem sobre mais personagens que eu não comentei aqui nos comentários. 

Por favor, acabou?

Como esse poderia ser um manual minimamente decente, se eu não falasse sobre os "ships" da história? 
Vamos começar pela Lorelai, conhecida por não estabelecer relacionamentos duradouros, priorizando a Rory em sua vida. Christopher. É o pai da Rory. Ele e Lorelai sempre tiveram uma ligação muito forte, mas ela sempre o viu como imaturo de mais para fazer parte da vida dela com a filha. Max Medina. Eles têm uma relação bem intensa, mas as coisas talvez seriam mais fáceis se ele não fosse o professor da Rory. Luke. O maior shipping de todos os tempos dos fãs da série com a Lorelai. Ele é dono de uma lanchonete em Stars Hollow e viu a menina Rory crescer. Ele também é responsável pelo melhor café do mundo na opinião das Gilmores. Mas Luke é meio caipirão de temperamento forte, o que gera alguns problemas com outros habitantes da cidade e com a Lorelai. 


Já a Rory, amante dos livros, também estabeleceu alguns relacionamentos na série. Agora com o revival o que vemos são as apostas rolando soltas para saber com quem ela vai ficar. Dean é o primeiro namoradinho da Rory. Ele é o típico menino que nasceu e cresceu em uma cidade pequena sem muita ambição, sempre disposto a agradar a namorada. Jess é bad boy. Ele é sobrinho do Luke e vai para Stars Hollow passar uma temporada. Jess tem umas atitudes bem irritantes e egoísta, mas dividi a mesma paixão que a Rory pelos livros. Logan é o boy da faculdade. Um garoto rico que tem problemas com a família, principalmente com o pai que está sempre menosprezando o menino. Ele também tem o seu lado bad boy como o Jess, mas é mais mimado do que revoltado.


Eu poderia escrever mais uns dez parágrafos sobre a série! Falando sobre suas contradições, sobre mais personagens e algumas questões subjetivas. No geral, para quem não sabia nada da série, termina esse post sabendo muito mais. Arriscaria dizer que está pronto até para ir ver o revival direto, mas nada substitui a experiência de assistir as sete temporadas, descobrir coisas que eu não falei aqui, as singularidades de cada personagem e ainda pegar todas as referências literárias e da cultura pop.

10 comentários

  1. oi Nina!
    Já ha algum tempo eu queria assistir essa série, mas sempre aparecia outra, e essa ia ficando pra depois, mas acho que agora estou pronta para assistir, ainda mais com esse gostinho que você deixou!
    Jared Padalecki <3 *-* haha
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. AI QUE POST MAIS AMOR ♥

    Eu sou doida para assistir essa série, sabe? Mas não sei se devo haha. Estou nessa dúvida.
    Geralmente não sou atraída por series muito comentadas, mas essa parece ser divertida até.

    Beijos,
    Flá Bergamin
    http://voceetaolivro.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nina,
    Gilmore Girls foi uma das primeiras séries que acompanhei na TV aberta, mas nunca assisti todas as temporadas. O que mais gostava na trama era do relacionamento mãe e filha, Lorelai foi mãe muito jovem, mas se saiu bem na criação da filha. Rory sempre foi muito séria e madura para a idade e, as vezes, parecia que os papéis de mãe e filha se invertiam. Pretendo voltar a assistir a série, poder acompanhar todos os episódio, e, claro, assistir o revival!!

    ResponderExcluir
  4. Nina!
    Seu manual ficou muito bem elaborado e para quem não assistiu nada como eu, fiquei bem interessada e agora já sei bastante coisa do que se passa na série.
    Obrigada.
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.”(George Lord Byron)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina, ouvi falar sobre isso esses dias. Eu nunca assisti mas vejo essa notícia como uma forma de correr atrás do tempo perdido. Espero gostar.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Já ouvi falar da série mas não sabia ao certo do que se tratava, acho que finalmente vou começar assistir, sua resenha foi fundamental para me fazer entender a história e eu achei bem interessante a parte dos ships haha já vou começar a série já sabendo quem vou shippar, parece ser uma série bem divertida.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi, que bom que você explicou tudo tao direitinho, porque vou te falar que não conheço serie nenhuma kkkk Nunca parei pra assistir nada, acho que por falta de tempo mesmo. Não que não me interesse, mas não posso perder tanto tempo assistindo. Gostei dessa, achei divertida, não muito intensa, então começaria se tivesse oportunidade 😉

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Já ouvi falar da série mas não sabia ao certo do que se tratava, acho que cpntinuarei como uma das poucas pessoas que não tem a menor vontade de assistir, sua resenha foi fundamental para me fazer entender a história, o que mesmo assim não me trouxa nada de eita que essa série vai ser do balacobaco, pelo contrário, acho que estou meio descontextualizada de muitas séries e ´refiro não iniciar nenhuma por enquanto!

    ResponderExcluir
  9. Nossa adorei esse post. Eu já assisti toda a série, mas assisti menos empolgada o final e não me lembrava de algumas questões que você colocou...fora isso, conheço algumas pessoas que não conhecem a série mas pediram pra explicar, esse post vai ser perfeito hahaha
    Beijos!
    Eating Peanuts

    ResponderExcluir
  10. eu nunca vi a série, mas seu post até me incentivou um pouco a ver, vou ver se consigo começar logo bygugel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir