Título Original: Aconteça o que Acontecer
Autora: S. E. Lazari
Ano: 2017
Editora: Talentos da Literatura Brasileira
Páginas: 224
Amazon

Aconteça o que Acontecer é o livro de estreia da autora nacional, S. E. Lazari e essencialmente neste livro, a autora falará sobre a busca da felicidade e todos os percalços que encontramos no meio do caminho.

Sofia está recomeçando. A pouco teve que enfrentar a traição vindo das duas pessoas que mais confiava na vida e depois veio o golpe final. A perda repentina do seu pai, fez com que Sofia despertasse a escuridão dentro dela. Agora, dia após dia, ela tenta reunir forças para dar a volta por cima na sua vida, mas para isso ela precisará enfrentar o que vê diante do espelho primeiro.

As coisas começam a se encontrar quando Sofia procura a ajuda de Ricardo, um psicologo que acaba se revelando um grande amigo. É através de Ricardo que Sofia conhece Lorenzo, alto, moreno e um modelo de tirar o fôlego. Sofia parece não acreditar quando o mesmo se mostra bastante interessado nela, porém, para navegar rumo a felicidade tão desejada, ela precisará aprender a enfrentar muitos dos seus demônios, muitas das suas inseguranças e principalmente, perceber que a vida real não é feita apenas da perfeições.

“Perfeito! Essa palavra de apavorava: família perfeita, trabalho perfeito, Sofia perfeita, noivo, casamento… Era muita pressão, era uma prisão…”

Quando iniciei a leitura não imaginei que encontraria uma personagem tão real e tão próxima de mim. Sem dúvidas, Sofia tem muito de várias pessoas que conheço, ela é um pouco de cada amiga, de cada mulher. Talvez seja por isso que é tão fácil se identificar com os problemas e conquistas de Sofia, uma personagem tão visceral e crível. Sofia é uma mulher de fibra, humana, que acerta, erra, cai e levanta diversas vezes nesta história, porém, assim como a vida real, sempre busca forças para se reerguer.

Ao longo de nossas jornadas, pessoas entram e saem de nossas vidas, algumas passando despercebidas, outras deixando marcas permanentes em nossos corações. É assim, sem saber o que esperar que nos entregamos a Lorenzo, o homem perfeito e digno dos contos de fadas. Ele é o típico homem que insistimos em afirmar que não existe. Porém, lendo esta história, me dou conta que muitas Sofias e Lorenzos podem existir a nossa volta, prontos para entrarem na vida de alguém.
A narrativa é feita em terceira pessoa, o que permite uma visão bastante ampla dos fatos e a compreensão dos sentimentos explorados pela autora. É possível se emocionar muito com a história de Sofia e se compadecer muito das suas angustias. A narrativa da autora é muito gostosa de acompanhar, sua escrita é fluida e extremamente envolvente. Além da história ser suficientemente cativante, a escrita da autora contribui para que a leitura ganhe um bom ritmo e quando percebemos, as páginas vão virando e o leitura acaba.

Apesar da autora incluir alguns elementos não tão prováveis na trama, nos apresentando até uma vilã em potencial, acredito que os acontecimentos não são tão impossíveis assim. Existe uma ou outra abordagem que a autora tenta incluir na trama que ao meu ver, não teria tanta relevância assim no resultado final, mas são detalhes tão pequenos que nem atrapalham no entendimento da trama. O que realmente importa é que Aconteça o que Acontecer vai contar uma história de amor e todo o fardo que acompanha novos relacionamentos. Todas as inseguranças, descobertas, a entrega e o autodescobrimento dos personagens será abordado de uma forma muito real e bastante próxima do que vivemos.

S. E Lazari trabalha bastante a fé em sua obra. Sofia tem uma relação bastante próxima com Deus e por diversos momentos veremos alguns trechos da leitura onde Sofia conversa diretamente com ele. Já tive contato com autores que também trabalharam a fé dentro de suas obras, e me surpreendi positivamente com o quanto a autora passou naturalidade nesses momentos. Nas outras obras que li tudo me pareceu bastante forçado, o que acabou influenciando no meu julgamento com a obra. Aqui não, tudo acontecia com tal profundidade que até pude me ver rezando com Sofia.
Os personagens secundários da trama são igualmente encantadores, pessoas que eu desejaria ter facilmente no meu círculo de amigos e familiares. Muitos se mostram como grandes alicerces nesta história, exatamente como amigos reais devem ser. Karen entra na vida de Sofia como um anjo, demonstrando afeto, empatia e benevolência nos mais singelos atos. O interessante aqui é que vemos os papéis se invertendo em diversos momentos, o apoio mutuo que é demonstrado através da relação das duas é inspirador. Ricardo também se revela um grande amigo de Sofia, mas achei que a relação dos dois acabou ofuscada pela relação médico e paciente entre eles.

Gostei que a autora tratou a depressão com bastante delicadeza ao longo do enredo, mostrando vários lados da doença. Sofia vai passar por vários estágios durante o livro, desde os mais sombrios aos mais tênues e também aqueles onde a condição deixa de ser um risco iminente. Gostei muito desta abordagem, principalmente quando casado a problemas que serviram como gatilho na vida de Sofia. O fato da autora demostrar que uma pessoa diagnosticada com depressão pode e deve ter uma vida saudável rende um grande elogio da minha parte.

Em suma, Aconteça o que Acontecer foi uma grata surpresa, uma leitura leve, divertida e bastante profunda também. A vida tem de suas artimanhas, de suas facetas e armadilhas, mas mesmo assim, sempre encontramos um modo de sermos felizes, de encontrar o amor. Mesmo que o caminho seja cheio de obstáculos, esta história narra que não podemos perder a fé, principalmente em nos mesmos. O sol sempre nasce em um novo dia, a vida não para.

rela
ciona
dos