Resenha: Sussurro

10 abr, 2014 Por Joi Cardoso

Título Original: Hush Hush
Autora: Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Ano: 2010
Páginas: 260
Compre aqui
Já comentei que adoro o mundo sobrenatural por aqui né? Se não, vocês já devem ter percebido e foi em busca de uma nova história que me deparei com a série Hush Hush da Becca Fitzpatrick. Então vamos a resenha do primeiro volume da série, Sussurro.
Primeiramente, sobre a semelhança de Sussurro com Crepúsculo, o que eu poderia dizer? Existem algumas semelhanças sim, como o meio em que os dois protagonistas se conhecem e a atração entre os dois, mas just it. Já em questões de personalidade a história é bem diferente, existe um abismo entre Bella e Nora e três constelações entre Edward e Patch.
Enfim, Nora Grey, a pacata estudante de dezesseis anos, toda certinha e responsável, mas de personalidade forte e corajosa, se vê envolvida e principalmente atraída (contra o seu bom senso) pelo seu novo colega de biologia Patch Cipriano. Nora tem uma melhor amiga, Vee, personagem mala da história que vive tentando apresentar a Nora futuros pretendentes, mesmo quando ela não demonstra nenhum tipo de interesse, bem… até conhecer Patch, é claro. Com o físico de dezoito anos, Patch é o típico badboy da escola, ele é sexy, sedutor, atraente… Bem vou deixar a própria Nora descrevê-lo:

“Os olhos de Patch eram como órbitas negras. Absorviam tudo e não devolviam nada. Não que eu quisesse saber mais sobre ele. Se não gostei do que vi por fora, duvidava de que fosse gostar do que espreitava lá no fundo. O único porem é que isso não era bem a verdade. Eu adorei o que vi. Músculos longos e esguios nos braços, ombros largos mas relaxados e um sorriso que era meio debochado, meio assustador. Estava difícil convencer a mim mesma de que deveria ignorar algo que já começava a parecer irresistível.”

E isso é apenas a parte descrita atrás do livro. Nora fala muito mais sobre as características de Patch ao longo do livro e de como ela se sente em relação a presença dele. Tudo de bom né? Influenciada pelo comportamento misterioso de Patch e pelo fato dele saber tudo em relação a sua vida, Nora resolve investigá-lo e acaba descobrindo coisas intrigantes. Como consequência, ela inevitavelmente acaba se aproximando mais do próprio e acaba permitindo levar a diante esta ligação sombria entre ambos.
Desde a entrada de Patch em sua vida, Nora tem sido perseguida por pensamento e presenças sombrias, mesmo dividida e sem saber em quem confiar, Nora só se sente segura perto dele, pelo menos até descobrir mais sobre ele e seu passado. Patch estava a princípio mal intencionado em relação a Nora. Ele na verdade é um anjo, que caiu na terra por cobiçar a vida humana. Patch precisava de Nora para concluir seus planos de virar enfim, um mortal. O que ele não contava era que ele cairia novamente, mas dessa vez apaixonado.

” – Vá em frente – ele disse suavemente. – Não se esqueça de que as pessoas mudam, mas o passado, não.” Página 205


Pressionados pelo “vilão” da história que vinha o assombrando e perseguindo Nora em busca de vingança para atingir Patch, ambos têm que tomar decisões importantes que mudará a vida de um ou de outro. O que acontece deixo para vocês descobrirem ao lerem Sussurro. O final deixa um pequeno gancho para a sequência e para quem gosta de um livro com enredos sobrenaturais, com uma escrita redondinha feita pela autora e um romance nada meloso, cheio de conquista, sedução e desejo. mas é claro, tudo sempre protagonizado mais por parte do Patch. 
A parte “ruim” é que a história em si demorou para de desenrolar, praticamente foi da metade em diante, mas com um final forte. A boa é que a LD Entertainment adquiriu os direitos da série em 2012 e pretende lançar uma série de filmes. Aguardem as próximas resenhas da série: Crescendo, Silêncio e Finale, que com certeza terão lugar garantido aqui no blog em breve.

rela
ciona
dos