The Shining

Lançamento: 23 de maio de 1980
Com: Jack Nicholson, Shelley Duvall, Danny Lloyd.
Gênero: Suspense, Terror

Eu sou uma grande fã do gênero, suspense
– terror – horror, sempre fui. Desde filmes, livros, seriados…tudo! E nessa
semana de Halloween, fiquei bem
indecisa sobre quais filmes/livros eu iria resenhar, é que são tantas paixões!

Por fim, decidi que este clássico
dos filmes de terror merecia aparecer por aqui. Me espanto com a quantidade de
pessoas que nunca assistiram ao “O
Iluminado”.
Claro que muitas pessoas não curtem o gênero, OK, mas muitas pessoas
que curtem, também não o assistiram.  Pois bem, vou iniciar dando pinceladas sobre a
história, e depois conto algumas curiosidades.

O filme começa, com os donos do
Hotel Overlook convidando Jack Torrence (Jack Nicholson) para passar a
temporada de inverno como caseiro. Ele deveria mudar-se com toda a sua família
para lá, porém, ciente de que “coisas estranhas” já foram relatadas por lá. E
uma vez que o inverno chegar, o contato com o mundo exterior ficaria
extremamente complicado, já que  o
fictício hotel, fica no isolado rochedo do Colorado.

Jack é um aspirante a escritor, e
alcoólatra em recuperação (no passado acidentalmente quebrou o braço do seu
filho de 5 anos Danny (Danny Lloyd) e perdeu o emprego de professor), e aceita
a proposta… O que poderia dar errado? Tudo que ele deveria fazer era cuidar
do lugar, teria muita paz e silêncio na vastidão do local, e assim escrever
muito. Desta forma, Jack, Wendy Torrance (Shelley Duvall) e Danny, partem para
sua nova residência.
Danny é um menino quieto e
tranquilo que esconde um terrível segredo dos pais. Ele tem a habilidade ler
mentes e ter premonições. No hotel, ele conhece o chefe de cozinha Dick
Hallorann (Scatman
Crothers),
que também tem habilidades psíquicas, e surpreende
Danny convidado-o para tomar um sorvete.. telepaticamente! Dick avisa Danny que
coisas ruins podem acontecer no hotel, e que ele deve ser cuidadoso. Após isso,
a família Torrance inicia, sozinha, sua longa e solitária, jornada pelo
rigoroso inverno nas montanhas.

No início, tudo corre bem para a
família, Jack está evoluindo na escrita, Wendy está feliz com a quantidade de
comida disponível na dispensa… mas aos poucos o pequeno Danny, começa a
perceber os horrores que aconteceram no hotel no passado, e não consegue mais
ter paz. O espírito de do antigo zelador (Delbert Grady) ainda ronda pelos
corredores do hotel, após todas as atrocidades que ele cometeu. Não se
contentando em atormentar apenas Danny, o espírito passa para Jack. Contudo, Jack já tem um passado
em que ele próprio fez coisas ruins, e a maneira com que o espírito consegue
atingi-lo é muito diferente do que com Danny. Jack simplesmente perde todo o
controle e passa a atormentar a sua família.
Não vou contar mais nada da
história, pois não teria graça, sei que muitos ainda não viram! Mas tem alguns
pontos que eu quero destacar. A atuação de Jack é simplesmente… não sei nem que palavras escrever, mas usem as que considerarem de maior poder de elogio! O cara é demais gente! A evolução do personagem é algo incrível de se ver.

A atuação do
Danny também é notável. Ele faz caras de pavor bem convincentes! Igualmente as
gêmeas macabras. A história é
baseada no best-seller de Stephen
King
 e foi lançado em 1977. Stanley Kubrick, diretor do
filme, ligava no meio da noite para o Stephen, para fazer perguntas filosóficas
do tipo “Você acredita em Deus?”. Os donos do hotel
onde o filme foi gravado, pediu para que o número do quarto fosse mudado no
filme, de 217 para 237, pois nenhum cliente iria querer esse quarto após o
filme (coisas bem tensas acontecem nesse quarto). E por fim, quando Jack
estava falando com o “espírito” eles colocavam um espelho para ajudar nas
gravações.

Pois bem! Quem ainda não curtiu
esse filme/livro, espero que aproveitem essa época macabra do ano para
assistirem. É um clássico tanto do cinema, como da literatura, que merece ser
repassada! Ah…assistam acompanhados, só por precaução!
XO,
Scary Halloween!

rela
ciona
dos