Resenha: Alice no País das Armadilhas

Título Original: Alice in Deadland
Autor: Mainak Dhar
Ano: 2015
Editora: Única
Páginas: 256
Compre aqui

Alice no País das Armadilhas é uma releitura do clássico de Lewis Carroll, mas não é qualquer releitura, é a história recontada como uma profecia, num país onde só se encontra morte e destruição.

A Terra entrou em colapso e grande parte da população morreu devido um ataque nuclear chamado Insurreição. Parte dos que sobreviveram, se é que podemos dizer assim, viraram Mordedores, os clássicos zumbis que comem carne humana. Os outro, em condições precárias, continuam lutando por sua sobrevivência, e principalmente, por sua liberdade.

Alice tem apenas 15 anos, mas já a melhor combatente no grupo de seu pai. Ela não viu a Insurreição acontecer, nasceu já fazendo parte deste mundo apocalíptico. Em um dia, quando estava de vigia no assentamento de seu grupo, Alice avista um zumbi com bizarras orelhas de coelho e o inevitável acontece. Ela vai atrás do Orelhudo que se joga de buraco. Na cabeça de Alice o plano é simples, descobrir onde os mordedores se escondem para destruir a maior parte deles.


Porém a quantidade de mordedores é enorme e o plano acaba dando errado, de qualquer forma, o inesperado acontece, e enquanto Alice espera as dezenas de mordidas em sua pele, ela é levada para o centro do abrigo dos mordedores. Jamais isso havia acontece, nenhum humano sobreviveu tanto tempo na presença dos mordedores, o destino desses azarados era o mesmo, virar um mordedor ou a morte.

A partir desse inédito acontecimento que todo o desenrolar do livro acontece. Alice começa a descobrir a verdade por trás da criação dos mordedores, e também da profecia em que baseiam, um tal livro chamado Alice no País das Maravilhas. Tudo parece novo e irreal para a realidade que Alice estava acostumada. Tudo loucura da cabeça perturbada da líder dos mordedores, A Rainha.


É com os mordedores que Alice descobre o que ocorreu antes da Insurreição e como a política influenciou no estado que o mundo se encontra atualmente. Mesmo dentre ao caos, ainda existem forças governamentais chinesas e eles que controlam e até escravizam os sobreviventes remanescentes, para obter alimento e suprimentos.

Dentro de sua releitura o autor aproveita para fazer duras críticas a sociedade e também ajuda a desmistificar a tendência do ser humano a sempre julgar aquilo que não compreendemos, eu achei esta jogada sensacional, e com certeza, é um ponto positivo para o livro. Porém existem aspectos negativos também, apesar de ser uma leitura interessante, enquanto eu lia senti um pouco de dificuldade em contextualizar muitas cenas, mas não meu entendimento.

Eu adorei que a história se passasse na Índia, mas não entendi porquê Alice era filha de americanos. Infelizmente o autor descreveu o final de forma corrida e a velocidade dos acontecimentos foi em demasia, mas eu o perdoo, tudo por que a cena final conseguiu me convencer como leitora. Vejam bem, apesar de parecer contraditório, eu falo que o livro é bom, apenas alguns detalhes deixaram a desejar.


A saga de nossa heroína é recheada de cenas de ação, do início ao fim. Alice é uma personagem forte, uma líder nata, algo bem diferente da obra original o que me surpreendeu bastante. Parabenizo o autor Mainak Dhar por tamanha ousadia em sua história e também a Única Editora que fez um trabalho sem igual com a obra. Este é o primeiro livro de uma série que já tem continuação lá fora, ainda não lançada aqui no Brasil.

Concluo dizendo que o livro consegue cativar diversos públicos, se você gosta de zumbis, releituras e teorias conspiratórias, com certeza este livro é o ideal para você. Alice in Deadland, como prefiro, falará de uma forma instigante sobre liberdade e a busca da verdade, acima de tudo. Tenho certeza que ao finalizar esta leitura, cada leitor vai se ver refletindo por diversos aspectos em nossa sociedade e isso para mim foi ótimo.

Confira a série Alice in Deadland:
1. Alice no País das Armadilhas
2. Resenha: Alice e as Armadilhas do Outro Lado do Espelho

18 comentários

  1. Oi, Joi!
    Tem alguns livros que prefiro os nomes originais porque os nacionais são terríveis.
    Esse livro está nos desejados desde o ano passado.
    Amei sua resenha. Curti como você explanou.
    Agora também fiquei sem entender por que Alice é filha de americanos...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Olá :)
    Que história diferente!Adorei a capa, adorei a resenha e com certeza ainda lerei.

    Beijos,
    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu posso me bater? HAHAHAHA. É que tipo, eu nunca li esses clássicos sabe? E tenho muita vergonha de admitir isso, MAS OLHA QUE COISA BOA. Sua resenha me inspirou tanto que agora fiquei com mais vontade de ler :)

    Beeijão :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Joi,
    Tinha visto falar do livro, mas não tinha parado para ler uma resenha ainda.
    O titulo em inglês realmente é bem mais legal rsrs e confesso que fiquei meio balançada por suas 3 estrelas e ainda não sei se leio.
    Adorei a capa e parabéns pela resenha.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi! Eu não sou muito de ler histórias com Zumbi, mas as resenhas desse livro me encantaram, e o elemento surpresa está em todos, pelo visto a escrita da autora foi o grande destaque transformando uma visão da Alice em uma história maravilhosa. Amei essa capa, já quero. beijos

    ResponderExcluir
  6. Esse livro está na minha lista de desejados, já li outras resenhas, é uma história bem diferente, é uma outra Alice e outro mundo, quero muito ler, a capa está linda demais, beijos...

    ResponderExcluir
  7. Oi Joi! Eu achei este livro bem legal, pena a série ser tão grande e termos que esperar a Editora publicar os demais.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Uaaaaai, nunca tinha visto esse livro!!!
    Eu amooooooo ler outras versões das histórias.
    Não li ainda a verdadeira versão de Alice, mas agora deu vontade de ler só pra conhecer essa depois rs
    Adorei, viu?

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  9. Nos últimos dias a única coisa que fiz foi assistir The Walking Dead, então estou praticamente amando zumbis. Adorei a capa, e achei uma releitura bem ousada, e nunca tinha visto algo parecido. Mas claramente o autor soube administrar essa alta de histórias de zumbis com um clássico. Espero conseguir lê-lo, me deixou realmente curiosa. Beijos Joi.

    Adormecidas

    ResponderExcluir
  10. Ah, estou apaixonada por essa capa, fantástica <3 Confesso que nunca li Alice e sei bem superficialmente sua história (apesar de ter curiosidade em conferir na íntegra). Achei a proposta desse livro muito interessante, ainda mais por conter zumbis <3 <3

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Adorei a sua resenha! Só vejo elogios a essa obra, quem sabe não leio um dia :)
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - SORTEIOS NO BLOG! PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Adorei sua resenha!
    Fico meio em dúvida em ler esse livro, acho que no final vou acabar dando a mesma nota que você. Já li Alice e prefiro o desenho, que vi inúmeras vezes quando criança. Não sei se ler em um cenário zumbi vai me agradar muito ;x
    ps: Eu amo Alice, o livro eu prefiro o Através do espelho *-*
    bj


    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Joi.

    Eu tenho muito curiosidade de ler esse livro por causa da capa que chamou atenção e o detalhe de ser em um cenário zumbi deixa a história mais interessante. Mas não sabia que era uma série. Adorei sua resenha.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Joi!
    Entendo tua sensação sobre o livro! hahaha
    Nem é que entremos em contradição, né? São apenas pontos que poderiam ter sido mais abordados. Mas acredito que seja apenas pontas soltas para serem explicadas mais tarde. Vamos torcer pra isso. hahahaha
    Adorei tua resenha e tua visita! <3 E gostei muito do livro. Espero ansiosa a continuação!

    Beijos
    Danni
    Garotas e Livros

    ResponderExcluir
  15. Oii Joi!!
    Fico envergonhada em dizer que nunca li o clássico "Alice no País das Maravilhas" e consequentemente nem tento ler esses livros de releitura de uma história se nem se quer eu li a original. Eu conheço a trama através dos desenhos animados que assistia, e confesso que não sei se um dia leirei esse livro da resenha, a premissa em si não me desperta tanta curiosidade, o que eu gostei bastante foi da diagramação, a capa é linda! Joi parabéns pela resenha, é muito bem escrita, e da a clareza que o leitor precisa para saber se vai gostar do livro ou não.

    Beijinhos!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir
  16. Oi Joi!

    Mais uma releitura de Alice e com detalhes diferentes, com contextos bem diferenciados, onde a criatividade corre solta.
    Com certeza esse é mais um livro de muitos que virão que usam a história de Lewis Carrow como inspiração.
    Ótima resenha, e o livro parece ser muito lindo, com todos esses detalhes na capa...

    Abração! | Saphy | Facebook

    ResponderExcluir
  17. Oi Joi!
    Já li muitas resenhas desse livro, e gostei muito da sua, mas ainda não sei se eu leria. Amo a história de Alice, mas a mistura do "conto de fadas" com zumbis não me convenceu muito sabe? Também já li que o final foi meio corrido e decepcionou muita gente, mas cada um tem um gosto né? Talvez eu ainda dê uma chance rsrs.
    Adorei a resenha, parabéns!

    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Adoro releituras, pena o final ser um pouco corrido, mesmo assim acho que vale a leitura. Adicionado a minha lista <3

    Beijos,
    Alexia
    http://melivrandoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir