Resenha: Uma Canção de Ninar

Título Original: This Lullaby
Autora: Sarah Dessen
Ano: 2016
Editora: Seguinte
Páginas: 320
Compre aqui

Remy está prestes a ir para a faculdade, do outro lado do país e não vê a hora de ganhar sua tão sonhada liberdade. Sua mãe é uma autora de sucesso, porém é muito dependente da filha, sem falar que está prestes a se casar pela quinta vez e deixou todos os preparativos nas mãos de Remy.

Com todos os divórcios da mãe, Remy é cética quanto ao amor. Ela deixou de acreditar nisso há muito tempo. Já teve vários namorados, mas sempre encarou os relacionamentos com frieza, sempre sabendo que teriam um prazo de validade. Além disso ela tem várias regras e uma delas é nunca namorar músicos. Motivo? O pai de Remy era músico e deixou sua mãe grávida e uma música com seu nome para trás.

Ela está confortável com as coisas como elas são e está determinada a aproveitar bem o verão antes de ir para a faculdade, na Califórnia. Porém, com a chegada de uma banda em sua cidade, Remy acaba quebrando algumas de suas regras e seu mundo vira do avesso, fazendo-a enxergar a vida por uma nova perspectiva.

Quem me indicou está leitura foi a Joi, como eu estava em dúvida sobre o que solicitar da editora, ela acabou escolhendo para mim. Eu nunca tinha lido nada da autora, então não sabia o que esperar, apesar de ter uma noção do sucesso que ela fez com seu primeiro título publicado aqui no Brasil pela editora Seguinte, o livro Os Bons Segredos, que já tem resenha aqui.


Mas a Joi acertou em cheio escolhendo esse livro para mim! A estória faz completamente meu estilo, como vocês já devem ter percebidos pelas minhas leituras aqui no blog. Os personagens são um pouquinho mais velhos, a personagem principal tem algumas questões mal resolvidas com o amor e o livro tem uma mensagem bem legal para passar.

Eu amei a escrita da autora! Não é nada monótona, a autora encorpa bem a personalidade de Remy a tornando apaixonante. Aliás, cada personagem tem traços distintos e ao mesmo tempo cativantes. Apesar de a estória ser narrada em primeira pessoa pela Remy, temos a oportunidade de conhecer os personagens secundários, porque Remy é bem observadora e perspicaz.

O livro é ao mesmo tempo leve e denso. É engraçado em alguns momentos, mas sabe ser reflexivo. Se trata de uma trama palpável e me fez repensar algumas opiniões que eu tinha há um tempo. Como um bom young adult, Sarah Dessen tece um romance recheado de dilemas comuns, que experiências ruins vão existir em nossas vidas, mas não devemos nos fechar para o mundo por causa delas. Tudo é aprendizado.

A edição é bastante fiel ao primeiro livro que a editora lançou da autora, para quem adora deixar os livros lado a lado na estante, podem respirar tranquilos! Assim como o primeiro, a edição tem um acabamento soft na capa, as fontes são bastante similares e a diagramação também está ótima para leitura.

Recomendo a leitura para os fãs de YA e também para quem está procurando um livro que acrescente algo a mais à sua vida!

Um comentário

  1. Oi.
    Eu terminei meu primeiro livro da Sarah ontem, chamado A caminho do verão. Acredito que a maioria dos personagens dela são céticos porque a personalidade deles é algo que nunca me cativa, me deixa sempre com um pé atrás. Mas eu amei a narrativa dela, é leve, flui facilmente. Quero muito ler Bons Segredos, que foi um sucesso aqui, e em seguida este.
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderExcluir