Título Original: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord
Autora: Sarah MacLean
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Páginas: 352

Compre: SaraivaAmazon
Meu primeiro contato com a autora Sarah MacLean virou uma agradável experiência. Muitos já sabem sobre a minha paixão por livros de época, mas conhecer uma nova vertente é sempre uma empolgação maior. Dez formas de fazer um coração se derreter é o segundo livro da série Os Números do Amor, mas por se tratar de histórias independentes e de não me importar com pequenos spoilers do livro anterior, resolvi solicita-lo mesmo assim.
Neste livro conheceremos Isabel Townsend. Isabel é filha de um conde e é o tipo de mulher à frente do seu tempo, destemida e ousada, a personagem começou a me encantar quando conheci a relação que ela tem com seu irmão caçula James, herdeiro do título e sua família. Cabe a ela a responsabilidade de cria-lo desde a morte de sua mãe e agora mais, já que também perdera o pai, um velho que nunca valorizou a família que lhe restou, que sempre preferiu a noite e bebidas.
Isabel também protege 12 mulheres desamparadas, algo extremamente proibido frente a sociedade daquela época. E é por este motivo que ninguém deve saber que não há nenhum homem cuidando da sua propriedade em Yorkshire. Para que isso seja possível, os trejeitos de dama refinada são deixados de lado para um lado batalhadora de Isabel, que monta em cavalos e conserta telhados quando necessário. As coisas em sua vida não são muito fáceis, mas com bastante força de vontade ela consegue dar uma boa vida a estas mulheres e para o irmão caçula, porém, logo surge um novo desafio em sua vida.

Isabel está sem dinheiro, seu pai deixou pouquíssimos bens para ela e seu irmão. A situação complica quando um tutor chega, ameaçando os direitos do herdeiro caçula. A dama se vê sem outra alternativa a não ser vender uma antiga coleção de estatuas de mármore que herdou da mãe. Neste momento conheceremos, ou se no seu caso, que já leu o primeiro livro da série, reencontraremos o lorde Nicholas St. John, irmão gêmeo de Gabriel, um dos protagonistas do livro anterior.
Nick é um especialista em antiguidades que acaba de chegar no condado de Isabel com seu amigo e ajudante Rock. Ele chega, a princípio, em busca de paz, cansado de damas e mães casamenteiras no seu pé ele saiu de Londres por ter sido considerado o melhor partido do momento. Nick que irá avaliar as estatuas de Isabel e pretende ajudá-la.
Por um lado, temos uma mocinha desacreditada sobre as honrarias de um homem, criada por um que abandonou qualquer dever com a família, Isabel não confia em homem nenhum e deseja jamais precisar depender de um para viver. Por outro, temos um lorde convicto de sua situação, deseja a solteirice para aproveitar sua liberdade e juventude, mas se vê intrigado pelos mistérios de Isabel. Dois personagens com pensamentos opostos, mas que acabam, ao longo do livro, se descobrindo melhor, se permitindo conhecer o outro lado da moeda.

Um ponto fortíssimo no livro, e que serve como um excelente alívio cômico é a existência de uma revista para mulheres debutantes. A Pérolas e Peliças traz dicas importantíssimas para as ladys fisgarem o conde perfeito e os trechos dessa revista estão presentes sempre a cada novo capítulo. As passagens da revista são muito engraçadas e dão um toque todos especial para a leitura. 
Os personagens secundários têm uma presença sem igual. Seja Rock, amigo de Nick, James que se mostra um garoto muito esperto e também as mulheres que Isabel abriga. Aliás, se você é familiarizado com os livros da autora, vai encontrar alguns personagens que renderam uma série spin-off lançada por outra editora. Georgiana, que ao meu ver merecia ter sua história contada, ganha um livro inteiro para ela. Sem dúvidas, ver todos estes personagens se reencontrando deve encantar qualquer fã.

Apesar de não se aventurar muito com a descrição de novos ambientes, limitando-se em contar sua história e poucos ambientes, como a propriedade de Isabel, Sarah MacLean me mostrou que não é preciso uma descrição ampla de lugares, objetos, tecidos e roupas. Com uma narrativa simples e divertida é possível mostrar todo o envolvimento de um casal, contar suas histórias de forma emocionante e encantadora, com todos seus momentos engraçados, sensuais e prazerosos para fãs do gênero. 
Se o primeiro e o terceiro volume da série apresentar mocinhas tão apaixonantes e fortes como Isabel, que se doam por inteiro para bens maiores, tenho certeza absoluta que Sarah ganhará uma nova fã, aliás, já ganhou. O próximo volume da série se chamará Onze leis a cumprir na hora de seduzir.

rela
ciona
dos