Resenha: Frozen – Um Coração Congelado

07 fev, 2017 Por Raissa Martins

Título Original: A Frozen Heart
Autora: Elizabeth Rudnick
Ano: 2016
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 319
Compre: SaraivaAmazon

Anna e sua irmã Elsa costumavam ser inseparáveis quando crianças, porém, um dia Elsa se afasta de tudo e de todos e Anna não consegue entender porque. Os anos se passam e as duas jovens princesas perdem os pais em um acidente. Anna cresce em um castelo vazio e um tanto solitário, enquanto aguarda que um dia as coisas mudem. 
Chega então o dia da coroação de Elsa como rainha de Arandelle e os portões do castelo finalmente se abrem novamente. Anna conhece um jovem príncipe e imediatamente se apaixona por ele, acreditando estar vivendo seu tão sonhado conto de fadas, mas ela vai descobrir que o amor é muito mais do que isso.
Frozen, Um coração Congelado mantém a mesma história do filme, lançado em 2013 pela Disney. Sucesso internacional, os acontecimentos seguem rigorosamente fiéis a animação. Porém, é interessante ver o filme descrito e mais detalhado no livro, mesmo eu esperando que a obra abordasse uma narrativa um pouco mais intensa e talvez mais madura. Segue-se a mesma premissa, inclusive as descrições das personalidades dos personagens, cenários, personagens secundários e desdobramentos, Até mesmo os diálogos. Então, para quem ama o filme e está procurando uma adaptação literária dele, esta é a escolha perfeita.
A narração é feita em terceira pessoa, embora a perspectiva varie entre Anna e o príncipe Hans. Sendo assim, temos o ponto de vista dos dois lados da história e essa é o principal elemento que o livro tem a mais para abordar do que o filme, pois entendemos melhor as motivações de Hans.

Por causa do livro, consegui visualizar muito melhor Hans como um personagem e cheguei até a pensar que talvez ele tomasse um rumo diferente na obra literária. Porém, com certeza, ele é muito mais complexo do que a animação mostra, apesar de ser dúbio no mesmo nível.

A capa condiz com a história e é romântica, fazendo referência ao casal principal. A edição da Universo dos Livros ficou muito legal, com pequenos detalhes que remetem a história e a fonte é agradável para leitura. O livro é indicado também para crianças e pré adolescentes, pois possui linguagem de fácil compreensão e todas as cenas e diálogos são apropriadas para essa idade. É um livro que pode despertar o interesse da leitura muito facilmente nas crianças.

De modo geral, Frozen não traz muitas surpresas, mas fala sobre o verdadeiro significado do amor e em como, às vezes, o procuramos nos lugares errados. É sobre se aceitar como é e aprender a lidar com suas próprias qualidades e defeitos. É uma das minhas histórias favoritas da Disney, pois passa valores muito importantes, principalmente hoje em dia.

Confira a crítica da animação aqui.

rela
ciona
dos