Resenha: Frozen - Um Coração Congelado

Título Original: A Frozen Heart
Autora: Elizabeth Rudnick
Ano: 2016
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 319
Compre: Saraiva - Amazon

Anna e sua irmã Elsa costumavam ser inseparáveis quando crianças, porém, um dia Elsa se afasta de tudo e de todos e Anna não consegue entender porque. Os anos se passam e as duas jovens princesas perdem os pais em um acidente. Anna cresce em um castelo vazio e um tanto solitário, enquanto aguarda que um dia as coisas mudem. 

Chega então o dia da coroação de Elsa como rainha de Arandelle e os portões do castelo finalmente se abrem novamente. Anna conhece um jovem príncipe e imediatamente se apaixona por ele, acreditando estar vivendo seu tão sonhado conto de fadas, mas ela vai descobrir que o amor é muito mais do que isso.

Frozen, Um coração Congelado mantém a mesma história do filme, lançado em 2013 pela Disney. Sucesso internacional, os acontecimentos seguem rigorosamente fiéis a animação. Porém, é interessante ver o filme descrito e mais detalhado no livro, mesmo eu esperando que a obra abordasse uma narrativa um pouco mais intensa e talvez mais madura. Segue-se a mesma premissa, inclusive as descrições das personalidades dos personagens, cenários, personagens secundários e desdobramentos, Até mesmo os diálogos. Então, para quem ama o filme e está procurando uma adaptação literária dele, esta é a escolha perfeita.

A narração é feita em terceira pessoa, embora a perspectiva varie entre Anna e o príncipe Hans. Sendo assim, temos o ponto de vista dos dois lados da história e essa é o principal elemento que o livro tem a mais para abordar do que o filme, pois entendemos melhor as motivações de Hans.


Por causa do livro, consegui visualizar muito melhor Hans como um personagem e cheguei até a pensar que talvez ele tomasse um rumo diferente na obra literária. Porém, com certeza, ele é muito mais complexo do que a animação mostra, apesar de ser dúbio no mesmo nível.

A capa condiz com a estória e é romântica, fazendo referência ao casal principal. A edição da Universo dos Livros ficou muito legal, com pequenos detalhes que remetem a história e a fonte é agradável para leitura. O livro é indicado também para crianças e pré adolescentes, pois possui linguagem de fácil compreensão e todas as cenas e diálogos são apropriadas para essa idade. É um livro que pode despertar o interesse da leitura muito facilmente nas crianças.

De modo geral, Frozen não traz muitas surpresas, mas fala sobre o verdadeiro significado do amor e em como, às vezes, o procuramos nos lugares errados. É sobre se aceitar como é e aprender a lidar com suas próprias qualidades e defeitos. É uma das minhas histórias favoritas da Disney, pois passa valores muito importantes, principalmente hoje em dia.

Confira a crítica da animação aqui.

7 comentários

  1. Eu gostei do filme quando assisti, fiquei curiosa quando soube do lançamento do livro, esperava que o enredo inclui-se novos fatos para a estória, mais realmente não tem muitas novidades....mas, vale a pena ler para relembrar.

    ResponderExcluir
  2. Já amo o filme e quando descobri que tinha o livro fique ainda mais fã *_*
    Já gosto do Hans desde o filme e quero muito ler apesar de não ter surpresas

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu normalmente não gosto desses livros inspirados em filmes porque na maioria das vezes eles são praticamente o roteiro escrito por outra pessoa, mas minha irmã leu este do Frozen e disse que tem todo o lado da hsitória do Hans, sentiu até pena e se comoveu com ele e que por isso vale a pena. Como ela tem aqui em casa capaz e eu pegar para ler.

    Ah, não tinha visto o layout novo! ficou lindo!

    Bites!

    Tary Belmont

    ResponderExcluir
  5. Adorei o filme e gostei de saber que foi fiel a animação e achei muito bom ter o ponto de vista dos dois, assim pode-se analisar os dois lados. É uma historia que comove e passa ensinamentos, para pensarmos sobre eles.

    ResponderExcluir
  6. A animação foi bem feita, agora vamos ver se o livro consegue manter a linha. O que parece ajudar é o enfoque maior em alguns personagens um pouco deixados ou que normalmente não são muito trabalhados

    ResponderExcluir
  7. Adoro a animação e esperava que a narrativa do livro fosse um pouco mais madura. Mas, achei interessante saber que há uma profundidade maior na forma como Hans é tratado no livro. Sem dúvida é um livro que pode ajudar muito a despertar o amor pela leitura nas crianças! Bjs!

    ResponderExcluir