Soundtrack

Lançamento: 06 de junho de 2017
Com: Selton Mello; Seu Jorge; Ralph Ineson
Gênero: Drama

Ao se deparar com o trailer de Soundtrack no YouTube, o espectador pode até estranhar. Título em inglês e falas também, um mix de atores estrangeiros e dois brasileiros no meio da neve. Somando tudo isso fica muito difícil chegar a conclusão de qual país é o filme. Dirigido pela dupla 300ml – mais conhecidos no mercado publicitário -, o longa é uma produção brasileiríssima e que foge bastante do que estamos acostumados no mercado do cinema nacional.
O roteiro gira em torno de uma estação de pesquisa polar para onde o fotógrafo interpretado por Selton Mello viaja. O objetivo de Cris é tirar selfies para uma exposição de arte que envolverá imagens e trilha sonora (por isso, o nome Soundtrack). Ele espera que através das fotos e das músicas, as pessoas possam sentir diferentes sensações. No entanto, ele se encontra em uma nova comunidade que não tem nada de artística. 
Cris divide um alojamento com Mark (Ralph Ineson), um cientista especializado em aquecimento global que não fica muito feliz com a chegada do novo colega. A estação ainda tem mais três integrantes: o botânico brasileiro Cao (Seu Jorge), o biólogo chinês Huang (Thomas Chaanhing) e o pesquisador dinamarquês Rafnar (Lukas Loughran).  Todos vivem focados em suas pesquisas, longe da família e praticamente isolados no meio da Antártica

Em um primeiro momento, podemos correr o risco de julgar que o filme se trata de um suposto embate entre a arte versus ciência. Até existe uma reflexão sobre isso. Mas se o espectador se deixar envolver pelas relações humanas – afinal, é o que temos quando se tem cinco pessoas vivendo em uma situação de isolamento -, que acontecem durante os 112 minutos, é possível constatar que o foco de Soundtrack é a amizade.
O ator Ralph Ineson definiu o filme da seguinte forma em uma entrevista: “O script é inteligente, diferente. É, ao mesmo tempo, um
filme brasileiro e internacional”. E essa não poderia ser uma definição melhor, já que Soundtrack tem todo o molde de um filme internacional, mas que foi dirigido e produzido por brasileiros; e mais ainda, gravado no Brasil!

Sobre as interpretações, os atores foram muito bem escolhidos para cada personagem. Não é a primeira vez que a dupla Selton Mello e Seu Jorge trabalharam juntos. Em 2006, eles tiveram a oportunidade de gravar um curta com a 300 ml chamado Tarantino’s Mind. Essa experiência prévia parece ter ajudado na sintonia entre eles. Os outros atores não ficam para trás e trazem vida para os personagens que foram tão bem construídos. E para quem achou que conhece Ralph Ineson de algum lugar, ele atuou em Game of Thrones.  
O espectador encontra tanto um roteiro que aguça a reflexão sobre vários temas, como uma história envolvente que mescla o bom humor e a profundidade de personagens humanos que precisam lidar com suas dores. São poucos os filmes nacionais que eu vi que realmente gostei e faço questão de indicar para as pessoas. Soundtrack acabou de entrar nessa lista. 

rela
ciona
dos