Imaginem um enredo em os personagens tivessem consciência que são personagens de ficção, que podem se esforçar e aprender a serem protagonistas, vilões ou meros figurantes? Esta é a ideia de Alberto Hupsel com Apaguem Ela Agora e é sobre esta leitura que conversaremos agora.

Anna tem 18 anos e tem plena consciência de sua posição e o quanto deseja ser uma protagonista. Ela vive em Aeris, um reino povoado por heróis, vilões, monstros e piratas, porém aparentemente o Rei de Aeris não anda contribuído com a harmonia do lugar e por causa disso conflitos constantes marcam o local. É assim que Anna se vê em meio uma jornada cheia de ação, mistérios envolvendo sua origem, ao lado de personagens tão peculiares quanto ela. Será que todo este caos em Aeris não estará chamando a atenção do Mundo-Lá-De-Fora?

Logo que recebi o convite do autor Alberto Hupsel para ler seu livro, percebi o quão peculiar era a sinopse de Apaguem Ela Agora. A trama logo me fisgou e me surpreendi com a originalidade do enredo e a coragem do autor em criar algo tão diferente. Criar um universo em que os personagens sabem que são criados por um autor, é uma sacada muito legal, e acompanhar o modo como a narrativa se desenvolve, com a perspectiva de Anna quebrando a quarta parede para conversar diretamente com o leitor, nos coloca como parte da própria história. Como se nós, leitores, fossemos também personagens.

O livro é curto, possui pouco mais de 200 páginas, mas que alegria poder conhecer algo nacional, com uma ideia tão incrível e com infinitas possibilidades. Anna a nossa guia por este mundo, ela é um tanto quanto atrapalhada e possui um sonho inusitado neste mundo medieval, cheio de castelos, vilarejos e criaturas. Ela deseja ser cozinheira! Tem coisa mais maravilhosa? Porém confesso que seu lado sarcástico perde a medida em certos momentos e na minha opinião chegou a ser um pouco repetitiva. Não que seja algo ruim, como disse a quebra da quarta parede é algo extremamente interessante para a construção da narrativa, mas Anna exagera nas tiradinhas.

Os personagens secundários são muito cativantes, que vai desde o Primeiro Leitor, aquele em que teve acesso a esta história pela primeira vez, e ao incríveis vilões da história que se unem para trazer paz a Aeris novamente. Destaque para Makoto  que é incrível, impossível não tentar imaginar sua fisionomia e características, adorei seu visual e personalidade. Queria saber mais sobre a personagem, mas acredito que isso será abordados num segundo livro. Que já foi confirmado pelo autor! Enfim, até mesmo uma pequena aranha rouba o protagonismo por algumas páginas durante a leitura!

A leitura em suma foi muito divertida e flui muito rapidamente. Você quer saber o que acontece com os personagens e com esta história e o modo como ela se correlaciona com o mundo real, que dentro deste livro, faz todo o sentido. E falando nisso, lógico que sobra um espacinho para certas críticas a nossa sociedade envolvendo temas bem atuais, que não necessariamente sejam relevantes para os personagens da histórias. Mas são pequenos comentários que você, um bom leitor, irá perceber.

Este é um ponto positivo que faz com que eu indique a leitura para vocês, pois diante os tempos sombrios que andamos vivendo, talvez Apaguem Ela Agora seja uma luz. E por saber disso que Anna quer tanto lutar pelo lar dela.

Além disso o autor também inclui muitas referências a cultura pop atual, ou seja, é impossível você não se identificar com a história e com os personagens, pois aparentemente, eles estão sempre por dentro do que está acontecendo por aqui.

Conhecer este livro foi com certeza uma experiência incrível, eu não tinha ideia como este enredo poderia ser desenvolvido, mas a ideia se mostrou muito interessante e passível de muito mais desenvolvimento pelo autor. Acredito sim que o enredo pode ser um pouco mais lapidado, mas o diamante está aí, sabem? Assim espero que Anna cative vocês assim como me cativou!

Apaguem Ela Agora está disponível no Kindle Unlimited pela Amazon e vale muito apena! Fica a dica pra vocês se procuram uma fantasia breve, que possui uma pegada mais jovem adulta, despretensiosa e super gostosinha de ler!

  • Apaguem Ela Agora
  • Autor: Alberto Hupsel
  • Tradução: -
  • Ano: 2020
  • Editora: Independente
  • Páginas: 221
  • Amazon

rela
ciona
dos

Confira o teaser do novo filme da saga “Jogos Vorazes” Stranger Things: Livros que expandem o universo Todos os detalhes das obras de Cesar Bravo Todas as novidades do spin-off de “Extraordinário”