Por Trás de Seus Olhos | Crítica

17 jun, 2021 Por Clara Vieira

Por trás de seus olhos é uma minissérie dirigida por Erik Richter Strand e baseada no livro homônimo de Sarah Pinborough. Normalmente opto por ler o livro antes de ver a obra de audiovisual que se inspirou nele; nesse caso, no entanto, acabei contrariando meu costume e vendo a série antes, de modo que a crítica aqui se dedicará apenas a obra audiovisual, sem estabelecer comparações com o livro.

Em “Por trás de seus olhos” temos como protagonista Louise Barnsley (Simona Brown), uma jovem mãe divorciada e secretária de uma clínica psiquiátrica. Uma noite Louise conhece por acidente um homem misterioso em um bar. Nenhum deles fala seu nome, mas eles se sentem atraídos um pelo outro. Quando se beijam, o homem volta atrás rapidamente e vai embora. No dia seguinte, Louise descobre que o homem misterioso era o Dr. David Ferguson (Tom Bateman), o novo psiquiatra da clínica na qual ela trabalha, e que ele era casado com uma bela mulher chamada Adele (Eve Hewson). Louise começa a se envolver com ambos David e Adele, e quanto mais se aproxima desta relação, mais percebe que há algo de estranho com esse casal.

Caso você não queira ler nenhum tipo de comentário sobre minhas impressões acerca desta série, recomendo que não leia estes próximos parágrafos, já que podem conter spoilers.

Os mistérios desta série me envolveram logo no primeiro episódio, já que a narrativa é construída de modo a mostrar detalhes estranhos do convívio do casal, dando a entender que fatos passados explicariam aquilo que estava acontecendo. Desta forma, o suspense é um dos grandes pontos altos da trama. O segundo ponto alto que desejo destacar aqui é como a narrativa é bem construída imageticamente. Podemos perceber que no início da série os cenários associados a vida de David e Adele, como a  clínica psiquiátrica e a mansão do casal, são amplos, bem iluminados, extremamente organizados e limpos, parecendo dar a mesma impressão sobre a vida do casal. À medida em que os episódios transcorrem, no entanto, elementos destoantes passam a aparecer como quebras desta impressão original. O cenário da floresta é o primeiro a surgir, obscuro e misterioso. Quando Adele o pinta na parede de casa, percebemos que ali está se imiscuindo um elemento estranho na aparente vida perfeita do casal. 

Outro elemento que acompanha as transformações no cenário é o vestuário da personagem Adele. Em um dos primeiros episódios da série descobrimos que Adele já esteve internada em um manicômio. Suas roupas, mesmo após essa época, são completamente brancas, nos remetendo as usadas no manicômio; soma-se a isso a completa ausência de manchas ou sujeiras em seus vestuários, acabando por construir a imagem de uma personagem tão pura que se desloca da realidade cotidiana, beirando a loucura. Essa visão da personagem é fomentada pela narrativa da série, até que notamos que às vezes Adele se veste de maneira diferente, e passamos a desconfiar que nem tudo sobre ela é o que parece.

Com esta expressiva linguagem visual e uma atuação excelente do trio principal, com destaque para a atriz Eve Hewson, eu estava completamente entretida com os mistérios desta série, o que causou um pouco de decepção quando estes foram desvendados. O primeiro aspecto sobre a resolução destes mistérios é de que eles levam para um caminho que flerta com o “sobrenatural”, entendido aqui como algo não explicado pela ciência atual. Este caminho me surpreendeu, mas a princípio não era um problema para mim. Diversos autores brincam com o sobrenatural em livros cujo foco é o suspense, como Stephen King em “Joyland” e C.J. Tudor em “As outras pessoas”, histórias das quais gostei muito.

Esse toque sobrenatural em Por trás de seus olhos contrariou minhas expectativas, mas neste caso o problema era das minhas expectativas, não da construção narrativa da história, e talvez não tivesse alterado em nada a minha percepção da qualidade da série se não tivesse achado que esta acabou deixando alguns pontos sem nó, como as cenas relacionadas a medicação da personagem Adele. Apesar disso é uma série que recomendo com a ressalva de que a pessoa saiba que nem tudo que aparece é explicado pela nossa ciência atual; com as expectativas adequadas, esta pode ser uma ótima experiência de entretenimento. 

  • Behind Her Eyes
  • Lançamento: 2021
  • Criado por: Steve Lightfoot
  • Com: Simona Brown, Tom Bateman, Eve Hewson
  • Gênero: Suspense Psicológico
  • Duração: 6 episódios - 60 minutos

rela
ciona
dos

Os melhores contos de terror para você ler Livros para ler neste Halloween