Game Of Thrones – 1º Temporada | Crítica

03 ago, 2014 Por Lili Dalpizol

Criado por: George R. R. Martin

Com: Peter Dinklage, Kit Harington, Lena Headey, Emilia Clarke, Sean Bean
Gênero: Épico, Ação
Duração: 10 episódios – 60 minutos
Lançamento: 2011

Hoje estou aqui para falar de uma das séries que eu mais amo! Game of Thrones – 1º Temporada. A série é baseada nos livros de George R. R. Martin intitulados “As Crônicas de Gelo e Fogo”. Até hoje foram lançados 5 livros, e o 6° está sendo escrito pelo autor, sem previsão de lançamento. A 1ª temporada do seriado da HBO é baseada no 1° livro da saga.
Confesso que estou para fazer esta crítica já há alguns meses, porém, para quem já leu os livros, ou assistiu a série, sabe que é muito complexa. Aos poucos somos apresentados a diversos personagens, e nenhum deles é simples. Todos com segredos, ações que não esperamos com reviravoltas dramáticas. E no quesito, reviravoltas e coisas completamente inesperadas, esse autor se supera, e muito, ou seja, não se apegue muito. A história épica se passa no continente de Westeros, onde estão localizados os Sete Reinos, além de Westeros existe também o continente Essos do outro lado do mar. No continente de Westeros, bem ao norte, temos a Muralha, responsável por defender Westeros do que existe para lá da muralha

Os Sete Reinos são controlados por um Rei. Robert Baratheon (Mark Addy), é casado com Cersei Lannister (Lena Headey), porém os filhos, Joffrey (Jack Gleeson), Myrcella (Aimee Richardson) e Tommen (Callum Wharry) são frutos da relação incestuosa com o irmão gêmeo Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau). Lorde Tywin Lannister (Charles Dance), Senhor do Rochedo Casterly, é pai dos gêmeos, e também de Tyrion Lannister (Peter Dinklage), um anão que é detestado por praticamente todos da família Lannister. Todos vivem em Kings Landing, e além do conselho que ajuda o Rei Robert, há também “a mão do rei” que é um homem considerado seu braço direito.
Com a morte da “mão” atual, Jon Arryn, toda comitiva real parte em direção ao norte, para Winterfell, para solucionar o problema, e nomear a nova mão do Rei. Lorde Eddard Stark (Sean Bean) é o patriarca da família Stark, uma das mais nobres famílias dos Sete Reinos. Casado com Catelyn Stark (Michelle Fairley), com quem teve os filhos: Robb (Richard Madden), Sansa (Sophie Turner), Arya (Maisie Williams), Bran (Isaac H Wright) e Rickon (Art Parkinson). Além destes há Jon Snow (Kit Harington), filho de Eddard com outra mulher, e por este motivo, detestado por Catelyn. Theon Greyjoy (Alfie AllenPatrick) é filho de Balon Greyjoy (Patrick Malahide), que após uma rebelião, ficou morando em Winterfell como protegido.
Robert e Eddard são amigos desde sempre, e o Rei está decidido a levá-lo para Kings Landing como nova mão. Neste período em que a família real está com os Stark, dois fatos importantes ocorrem. Primeiro, Catelyn recebe uma carta de sua irmã Lysa Arryn (esposa do falecido mão do rei, Jon Arryn), dizendo que o marido foi assassinado, e que Eddard não deve aceitar a proposta de Robert. Segundo, Bran, após presenciar algo que não deveria, é empurrado de uma torre e fica extremamente machucado. Após pensar muito no assunto, Eddard decide aceitar ao pedido, e parte com a comitiva real, levando junto as filhas Arya e Sansa. Catelyn fica para cuidar de Bran e Rickon. Robb fica também, para ser o Senhor de Winterfell enquanto o pai está fora, e Jon Snow, parte para servir a Patrulha da Noite, defensores da Muralha, pois ele sabe quer por ser um bastardo, não se encaixa nesta família.
Do outro lado de Westeros, muito antes do Rei Robert ser nomeado Rei, os Sete Reinos eram comandados por Rei Aerys Targaryen II, e a família Targaryen comandava os Sete Reinos a muitos anos, geração após geração. Jaime Lannister fazia parte da Guarda Real, e certo dia, assassinou o Rei Aerys II, passando a ser chamado de Regicida. Após a morte de Aerys II, Robert assumiu o trono. O antigo Rei era pai de Viserys (Harry Lloyd), único filho homem, e de Daenerys (Emilia Clarke), uma jovem com poucos anos de idade. Como estes não poderiam permanecer em Westeros, estes são mandados para viver no exílio em Essos, na cidade de Pentos.
Viserys, na ganância de conseguir um exército para tomar o trono que é seu por direito, vende Daenerys para se casar com Khal Drogo (Jason Momoa), senhor de guerra dos guerreiros nômades Dothraki. Como presente de casamento, Daenerys recebe três ovos de dragão, e fica exasperada com a beleza de ambos. Recebe também, do marido, um lindo cavalo branco, e consegue com sucesso, juntar-se ao povo Dothraki sendo aclamada por todos como Khalessi (Rainha).
O primeiro livro, As Crônicas de Gelo e Fogo – O Jogo dos Tronos foi publicado em 1996 e a série inicialmente foi planejada como trilogia, mas George já disse que os personagens vão crescendo e foi impossível a tarefa. O autor já publicou mais quatro livros. Atualmente está escrevendo o 6° e ainda tem previsão para mais um. O autor planeja acabar a história no 7° livro, mas já escutamos esta história antes né? Outra coisa que acho importante destacar, é que muitas pessoas tem um certo preconceito com GoT, pois acham que tem muita pornografia, mas estamos falando de uma produção HBO, certo? O que realmente é o mais gritante na série é o sangue, é uma série pra quem tem estômago forte, tem que gostar mesmo. Também não existem personagens principais, não existe o preferido que se dará bem sempre.

Com relação a série, acho poucos episódios, para a quantidade de história a ser contada. Mas, os produtores querem assim! Além disso, George faz parte da equipe de produção, ou seja, tudo que ocorre na série é com o consentimento do mesmo.  É uma série detalhista, cheia de intrigas, mortes, amores, brigas.. enfim.. maravilhosa! Espero que também ganhe um lugarzinho no coração de vocês.


rela
ciona
dos