Resenha: Dores e Amores

Título Original: Dores e Amores
Autora: Danielle de Souza
Ano: 2013
Editora: Clube dos Autores
Páginas: 83
Compre: Clube dos Autores - Amazon

É na escola que damos o primeiro ponta pé para o início da escrita, sejam nos resumos dos clássicos literários, seja mas benditas redações dos vestibulares ou também com as primeiras interações com poemas e poesias.

Também é na adolescência, que se começa a sentir toda a mescla de sentimentos que o amor pode nos proporcionar, é na adolescência que vivenciamos nosso primeiro beijo, o primeiro amor e infelizmente, nossa primeira decepção amorosa, e como doí né? Foi nesta descoberta de expressão que a autora Danielle Souza encontrou uma maneira de transformar em palavras tudo aquilo que seu coração transbordava, foi com a escrita que conseguiu transpor para o papel seus sentimentos mais verdadeiros.

Os poemas foram escritos entre 1998 a 2001, quando a autora tinha de seus 15 aos 16 anos. Ao todo, a obra Dores e Amores têm 42 poemas e ao longo da leitura podemos perceber a evolução da Danielle como poeta. No começo, temos frases mais inocentes e imaturas e ao final destingimos mais a experiência em suas palavras. Sem dúvidas algumas, o amadurecimento da autora é notável, não apenas na forma de narrar seus sentimentos mas também na sua escolha de vocabulário.

Sem querer, acabo fazendo uma analogia com nossas vidas, ao decorrer dela conforme vamos passando por tais experiências, vamos amadurecendo cada vez mais, de relacionamento para relacionamento como um eterno aprendizado no quesito, amor. Senti todas as fases do amor muito bem representados no livro Dores e Amores, que vai da descoberta do amor, ao amor platônico, ao correspondido ou não, as sensações, a raiva e as decepções que ele pode causar.

Destaco alguns versos da autora do qual me identifiquei demais, dentre eles Tempo Certo, Nossa Vida e Amar é.... este último que conforta todos os corações dos tolos apaixonados e secretamente dedico para um casal de amigos meus.

Saber que o amor não é um jogo
Apesar de que, às vezes,
Temos que jogar nosso orgulho de lado
Jogar fora a nossa paz,
Quietação, alegria;
E até jogar com a sorte.
Saber que é errando e perdendo
Que se aprende
E saber que
Se ainda erramos e perdemos,
É por que ainda não aprendemos
O que é o verdadeiro amor.
Saber a hora de começar e de parar
De falar e de calar
De agir e de esperar
De sair e de ficar.
Saber ser sensível e dura,
Princesa e fera
Alegre e séria
Lúcida e cega.

O livro tem poucas páginas, mas lembre-se que um livro de poesias não deve ser lido de maneira afobada. Para quem não conhece o gênero, saiba que é uma leitura diferente, daquela que você deve entregar parte do seu coração para a leitura, você tem que senti-los, degustá-lo, apreciar cada traço, cada letra e assim permitir emocionar-se.

Se com 16 anos a autora já mostrava um amadurecimento incrível ao decorrer da sua escrita, fico imaginando hoje em dia. Espero ter a oportunidade de saber como a Danielle se expressa hoje, se continuar da maneira limpa e tocante como foi em Dores e Amores sei que vou amar. Obrigada por me proporcionar a leitura Dani e por me permitir reencontrar a jovem Joice de alguns anos atrás, que sofreu sim, por um amor. Essa identificação que tu proporcionas aos leitores torna teus versos reais. Obrigada por dividir um pouquinho do seu ser conosco.

34 comentários

  1. Olá Joi...
    Adorei a resenha e o poema que você colocou só me fez ficar mega curiosa em conhecer o trabalho da autora. Eu não sou muito ligada a poemas, mas é sempre muito bom reviver o que passamos na adolescência para ver o quanto crescemos enquanto pessoas e enquanto eternos românticos!

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ficou tocada pela obra Fer! Vale a pena! Joi

      Excluir
  2. Oie,
    adorei a resenha, não conhecia o livro. Fiquei bem curiosa

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Vanessa, super indico para você a leitura! Joi

      Excluir
  3. Confesso que poesia não é um dos meus gêneros preferidos, acho que em toda a minha vida li apenas três livros de poesia. Mas mesmo não me identificando com o gênero considero os poetas seres especiais, me encanto pela forma como eles conseguem materializar seus sentimentos no papel e na escrita.
    Esse livro parece ser uma delícia de ler, gostei muito dos versos que escolheu para compartilhar conosco Joi !!!
    Adorei conhecer a autora !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bel, eu era bem resistente a poemas e poesias viu, mas eu acabei tomando gosto pelo gênero! Beijos Joi

      Excluir
  4. Joi, com certeza eu leria esse livro de poemas, pois amo os que falam sobre o amor e, esse me chamou atenção por ser uma coletânea escrito em diferentes épocas, onde conseguimos visualizar uma evolução.

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que definitivamente Amor jamais sera um assunto clichê, é tanto falado mas pouco entendido!

      Joi

      Excluir
  5. Oi Joi, tudo bem flor?
    Eu não sou a maior fã de livros de poesia, mas alguns são tão tocantes que é impossível não amar. E acredito que a melhor parte é perceber o amadurecimento do poeta, afinal, poesia é sentimento, e não sentimos da mesma forma o tempo tudo.
    Ótima resenha Joi.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo ótimo Amanda!
      Realmente esta é bem a vibe do livro da autora!
      Joi

      Excluir
  6. Oi Joi, tudo bem?

    As vezes sinto falta de resenhas de poemas e contos por aqui. Já li esse livro e concordo totalmente com você, as fases são muito bem representadas.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi a principal característica do livro né? eu adorei!
      Beijos Joi

      Excluir
  7. Oii,

    Eu não conhecia o livro e estou me apegando mais e mais em livros de poemas e contos, gostei da sua resenha e gostei da capa do livro, muito lindinha!

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super indico Ana, ainda mais para quem está começando! Beijos

      Excluir
  8. Nunca li este livro, mas fiquei curiosa, deu vontade de conhecer a autora e a obra, bjs ♥

    http://sobangulos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu já divulguei este livro lá no blog há um tempo atrás, mas inda não o li...gosto bastante de poesias...

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bá Van de uma lidinha, é bem curto e tocante! Joi

      Excluir
  10. Oi, Joi!

    Não sou muito fã deste estilo de livros, mas quem sabe eu dou uma oportunidade e acabe gostando.
    Linda resenha

    Beijos
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para quem está começando ele é uma ótima pedida Fê, conheça o gênero é sensacional! Joi

      Excluir
  11. Parece ser um livro interessante.. Nao tenho priroridade em ler mas se ganhasse leria na hora..

    So achei a capa feinha..

    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^ fico torcendo que consiga um exemplar, é bem curtinho e vale a pena! Joi

      Excluir
  12. Oii!
    Joi, que gracinha da resenha.
    nao sou a mais chegada nos livros de poesia - algo que tenho que mudar - mas adorei a pegada do livro.
    acho que esses dramas da vida adolescente sempre rendem, boas historias e MUITO drama! haha
    deve ser uma leitura bem gostosa!

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larinha!!!! realmente, quem nunca né? e realmente foi gostosa, te indico! Beijos Joi

      Excluir
  13. Oi Joi, tudo bem?

    Parece um livro muito sincero e profundo, mesmo. Eu fiquei animada para ler.

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super sincero Carol, o sentimento é bem explicito!

      Joi

      Excluir
  14. Oi Joooi!

    Nao sou de ler poesias, mas eu admiro muito e pretendo ler um dia! Como voce disse na resenha, sao menos paginas porque existe aquela profundidade! Deve ser muito bom de ler!

    Adorei a resenha! Super legal indicar coisas diferentes e incentivar os autores brasileiros de poesia tambem

    Beijoooooo

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Caah! Fico feliz que tenha gostado! Joi

      Excluir
  15. Já vi algumas resenhas desse livro
    Mas poesias não me chamam muita atenção

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angela tudo bem? Ahh poesias também não me chamavam mas resolvi conferir e amei! Beijos Joi

      Excluir
  16. Obrigada pelo apoio querida! Conte sempre comigo.

    Agradeço também aos seus leitores, que são super receptivos.

    Beijo enorme,

    Danielle Medeiros de Souza
    Autora do livro Dores e Amores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço Dani, a honra é nossa em poder te apoiar! Beijos e Sucesso!

      Joi

      Excluir
  17. Oi, Joi! De vez em quando, ler livros assim mais diferentes e que tenham um foco maior na expressão dos sentimentos através das palavras é muito legal! Bate aquela identificação dependendo do momento que vc estiver vivendo! Achei muito legal ela ter escrito ainda tão jovem e a escrita dela com certeza se desenvolveu nesse meio tempo! <3 Beijos!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainn Tici como sempre os melhores comentários <3 é bem isso, sem mais.

      Beijos Joi

      Excluir