Título Original: Let it Snow
Autores: Maureen Johnson | John Green | Lauren Myracle
Editora: Rocco
Ano: 2013
Páginas: 336
Compre aqui
Olá pessoal! Hoje, como é um dia especial, temos uma resenha especial! Mas antes, gostaria de agradecer a todos os leitores do blog e a todos os amigos, parceiros, blogs e autores que acompanharam o crescimento do Estante Diagonal durante este ano. Obrigada por tudo e por fazerem parte deste crescimento.
Obrigada pelas amizades que adquirimos, isso não tem preço! Fazer parte desta grande família, que é a blogosfera literária tem sido uma grande alegria, um caminho longo que faz que nosso hobbie seja ainda mais recompensador, e que todas as horas que nos dedicamos a ele, tenham valido a pena! Apenas por conhecer vocês, pessoas MARAVILHOSAS já valeu! Eu a Lili e a Ryoko, desejamos a todos vocês, um Feliz Natal a todos ao lado de pessoas que lhes queiram e lhes façam bem e que o verdadeiro significado do Natal encha nossos corações de amor e alegrias! 
Agora vamos a resenha de hoje! Todo em clima de Natal, Deixe a Neve Cair é um livro que se passa basicamente no mesmo cenário, mas com personagens diferentes. Cada autor ficou responsável de contar a história de um personagem no dia de Natal, os personagens interagem ao longo das páginas e se misturando entre os contos, eu adorei isso!

“…não é o que o universo nos dá que importa. É o que nós damos ao universo.”


O Expresso Jubileu de Maureen Johnson contará o dia de Jubileu, Julie e de como seu Natal perfeito em família foi arruinado pela obsessão de seus pais em comprar itens colecionáveis de Natal. Estes itens fazem parte da Vila do Papai Noel Flobie, e na véspera eles resolvem acampar na frente da loja em busca de um item raro para a sua coleção. O que Julie e nem seus pais imaginavam é que eles seriam presos por fazerem parte de uma grande confusão, o que resultou em suas prisões.
Agora Julie não passaria mais seu Natal em casa e nem mesmo com seu namorado Noah, que está muito ocupado organizando o da sua família, sem outra alternativa ela embarca em um trem para a casa dos seus avós, a viagem é longa e no meio dela, começa uma grande nevasca. Como conto de abertura eu o adorei, tem a dose certa de romance e comédia, o que me rendeu boas risadas, ainda mais com a escrita super fluida da autora. 

“Eu sei que ninguém é perfeito, que por trás de toda fachada de perfeição há confusão distorcida de subterfúgios e arrependimentos secretos…mas, mesmo considerando isso, Noah é basicamente perfeito.”

O segundo conto é do meu querido John Green, O Milagre da Torcida de Natal contará a aventura de três amigos, Tobin, Duke e JP. Os pais de Tobin estão presos em outra cidade devido a nevasca e restou para eles passarem a noite de Natal assistindo filmes até tarde em casa, até que a ligação de Kuen tira eles do conforto. Um trem fica impossibilitado de seguir viagem e os passageiros resolvem se abrigar do frio no local onde Kuen trabalha, uma Waffle House – espécie de lanchonete americana.
Dentre estes passageiros está um pelotão de líderes de torcida lindas e deslumbrantes e Kuen intimida os três amigos para irem até lá no meio desta nevasca. O detalhe é que eles devem chegar antes dos outros garotos também convidados para a noite de divertimento, apenas os primeiros que chegarem poderão entrar, já que a casa está lotada. Este conto também me arrancou algumas risadas, e como sou suspeita para falar de John Green não preciso nem dizer que sua narrativa foi agradável, seguindo seu estilo que eu adoro.
Por último, temos o conto da autora Lauren Myracle, com O Santo Padroeiro dos Porcos. Nele conheceremos Addie que recentemente terminou seu namoro com Jeb, ela está na pior por que o dia de Natal era muito importante para ambos e trazem muitas lembranças. Decidida a mudar e provar para suas amigas e seu ex. que não é mais uma pessoa egoísta ela cumprirá uma promessa, ela está disposta a tudo, mesmo buscar em pleno Natal um mini porco de presente. Porém isso, talvez, faça com que ela enfrente novamente seus erros.
Eu adorei este livro e achei ele perfeito para o clima de Natal, todas as histórias tem uma pequena mensagem, com a magia do Natal temos a oportunidade de repensar nós mesmos e nossas atitudes, sempre teremos a chance de mudar para melhor. Eu conhecia apenas o autor John Green, mas conhecer as outras duas autoras foi uma grata surpresa, pois infelizmente ou felizmente o conto de ambas superam a de John.
Deixo uma dica aqui, para quem iniciar a leitura reparem bem nos personagens secundários, eles podem fazer um papel importante no conto seguinte, e no final tudo de encaixa. Eu adorei e recomendo a todos que procuram algo divertido, romântico, leve mas realista, com uma ambientação digna de Natal sem querer todos os contos abordam etapas de relacionamentos. 
Um Natal cheio de magia e sonhos!

rela
ciona
dos