Título Original: The Stranger
Autora: Harlan Coben
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Páginas: 301
Compre aqui

Fazia muito tempo que eu queria ler alguma coisa do Harlan Coben. Por diversas vezes escutei falar bem de suas histórias, mas por algum motivo, não tinha a oportunidade de conhecer nenhum livro. Eis que surge a oportunidade perfeita de estrear minhas leituras do Coben, a Editora Arqueiro disponibilizou o último lançamento do escritor, Não Fale com Estranhos. Feito, é agora!
Comecei a leitura sem saber bem o que esperar, primeiro por não ter lido nado do autor, e segundo, nem a sinopse do livro eu quis ler. Fico um pouco receosa com algumas sinopses, acho que as vezes, muito da experiência da leitura é perdida ali. Iniciei a leitura um pouco lenta, mas não por achar a história ruim, eu que estava com uma resseca literária mesmo! A história, pelo contrário, foi desenrolando em um ritmo bem interessante, com diversos elementos diferentes. Vamos ao que interessa?

“O mundo de Adam Price não foi destruído imediatamente pelo que o estranho revelou.”

Adam Price é um homem de meia-idade que leva a vida perfeita. É advogado e trabalha para uma conceituada empresa de advocacia e tem uma linda esposa, Corinne Price, professora e completamente dedicada à família. O casal tem dois filhos, o mais velho, Thomas, e o caçula Ryan. O esporte que move a cidade é o lacrosse, e Thomas faz parte da equipe principal da escola. Corinne faz parte do conselho da equipe de Thomas, e assim como é dedicada à família, Corinne leva muito a sério o seu trabalho voluntário no conselho da equipe.
Adam não tem muito envolvimento com o conselho da equipe, mas se vê obrigado a participar de uma reunião no lugar da esposa, que ficara presa no trabalho. Seria uma monótona noite, se um estranho não o abordasse no bar, e largasse uma bomba em forma de segredo. Uma bomba ligada a sua esposa, Corinne. Á princípio Adam não acredita, mas o estranho havia lhe passado detalhadamente a maneira que ele poderia confirmar tudo, por conta própria. Adam vê seu mundo ruir, tudo que o estranho havia lhe confiado, parecia ser verdade.

“Por um momento ninguém disse nada, ninguém se mexeu. Seu mundo ameaçava ruir. Ele tentou se recompor, tentou dizer alguma coisa, mas não conseguiu articular muito bem as palavras.”

Foi a partir deste encontro que tudo mudou na vida de Adam. Ele resolveu por conta própria começar uma investigação, com a ajuda de um amigo, ex-policial. Porém, o que Adam começa a descobrir fica cada vez mais confuso e intrincado de detalhes que não fazem o menor sentido. Adam se vê no meio de uma teia de informações, e junto a isso, ainda precisa dar conta dos filhos e do trabalho. Parece que todos na cidade estão atrás de sua esposa. O que realmente está acontecendo?
O desenrolar dessa história é realmente surpreendente. Acompanhamos a narrativa a partir do ponto de vista não apenas do Adam, mas de outros personagens também. Isso vai dando um nó (no bom sentido) na cabeça do leitor, pois queremos desvendar logo todo o mistério, mas a cada novo capítulo ficamos mais confusos.
Achei o final simplesmente incrível, completamente imprevisível. Adoro livros que fazem isso, tudo está indicando uma coisa, mas do nada… outra coisa acontece e ficamos sem chão! A forma que o Coben vai desenrolando a trama é muito boa e de forma minuciosa, trunfo de um grande autor com certeza. Os capítulos são curtos e pequenos mistérios são deixados ocasionalmente ao final de cada um (adoro!).
Não sei se todos os livros do Harlan Coben seguem essa linha (suspense, assassinatos e afins), mas fiquei bem curiosa para conhecer suas outras obras, que são muitas! Quem já leu esse livro incrível, ou queira indicar outro que eu possa ler do autor, deixe aqui nos comentários!
Enjoy!
XO!

rela
ciona
dos