Confesso que me foi um pouco estranho; e digo isso através dos pontos de vista de uma “fã” (não sei mais em que sentido devo usar o termo, mas vamos com ele mesmo) que acompanha, desde quase o início, a trajetória deste que é um dos youtubers mais conhecidos do Brasil; ver que, no momento em que esta personalidade finalmente lança o seu livro, a obra em questão não era de sua autoria.

Dentro desse mercado totalmente bem sucedido que é o lançamento de livros de youtubers, se torna um tanto estranho observar um livro que não tenha sido escrito pelos famosos ghost writers, ou então pelo próprio youtuber. Não venho aqui julgar ou criticar opções e decisões, apenas comento que achei curiosa a escolha, e é verdade que por um momento esperei algo, digamos, mais convencional. Porém, se tratando de quem estamos tratando, não chega a ser uma grande surpresa que ele tenha decidido tomar o rumo que tomou.

Alexandre Matias assina PC Siqueira Está Morto. Considerando o fato de que a mente do autor, em conjunto com a personalidade e história de Paulo Cezar Siqueira, foi capaz de se  inspirar e criar cada história, cada trama presente na obra, pensaríamos em um primeiro momento, que uma parte de si mesmo se revelaria na obra. Porém é a personalidade do youtuber, é sua figura facilmente reconhecida, suas características e detalhes que o tornam quem é, que permeiam cada detalhe, cada segredo, história (sendo verdadeira ou falsa) e momentos das páginas deste livro. Alexandre possui seu papel na criação da obra, porém quem rouba a cena é sua multifacetada personagem principal, aquele ser humano que morre em si mesmo e renasce nos papéis de um viajante de outras dimensões, de um meio capaz de por em prática uma grande conspiração, se transforma em um rapper e ainda pode pular de para-quedas, tudo graças a um único livro.
Esta obra não irá abordar a vida de Paulo Cezar Siqueira (ou será que irá?), não irá lhe mostrar sua jornada rumo ao sucesso, o combate a depressão, as coisas que aprendeu com o Youtube ou fora dele. Ela não irá trazer detalhes e segredos desconhecidos do público. Este livro de contos, se assim posso me arriscar a categorizar, apresentará ao leitor um PC Siqueira diferente, irreal, misterioso, com pequenos toques de verdade em cada história, porém, alguém que desconhecemos, alguém que nasce novamente e se reinventa nas páginas de um livro. E onde existe as melhores partes dessa obra, também encontramos as piores partes, pois o que o torna especial também faz com que perca seu próprio brilho.
Cada trama presente nesta obra é apresentada ao leitor em um formato, estratégia e narrativa diferente da anterior. Algumas histórias possuem uma narrativa mais convencional, outras já decidem seguir o formato de uma história em quadrinhos. Temos ainda aquelas que se materializam sob a forma de uma conversa no WhatsApp e existem aquelas que seguem um modelo de carta ou documento formal. A união de cada uma destas narrativas e a utilização de um formato diferente a cada nova trama poderia transformar essa obra em algo maravilhoso, diferente de muito do que vemos sendo lançado aqui no Brasil, porém em diversos momentos as estratégias utilizadas não funcionaram, ou talvez não tenham sido bem exploradas, deixando o leitor desanimado e até mesmo desinteressado pela leitura.

Existem alguns casos, a história criada, ou talvez a maneira como ela nos é passada, se transforma em uma experiência maçante, não nego que em alguns momentos precisei dar um tempo, respirar e só então retomar a leitura. Em outras situações a trama está tão sobrecarregada de referências, de citações, de dados sobre personalidades, que mesmo com todo o conteúdo e a informação interessante, o texto se torna monótono e cansativo. Para citar outro exemplo, temos a famosa história (já comentada por alguns leitores) em que diversas páginas estão com o texto tarjado.

Após ler cada história criada nesta obra, me arrisco a levantar a bandeira de que a ideia por trás de cada página deste livro era realmente interessante. A grande maioria das histórias pensadas e escritas neste livro poderiam facilmente se transformar em um livro único, porém a execução e a forma de apresentação de várias delas acabou não funcionando. Talvez o livro tenha pecado por uma falta de lapidação, quem sabe as fórmulas inovadoras não tenham auxiliado na construção de uma experiência bacana para o leitor, mas o fato é que em mais de um momento, a leitura que tinha tudo para ser maravilhosa, não chegou onde poderia chegar.

Fazendo um apanhado geral, PC Siqueira Está Morto é um livro com uma proposta interessante. Trata-se de uma obra que chega tentando inovar, ou trazer algo diferente para o mercado editorial brasileiro. Algumas histórias apresentadas nesse livro o salvam, me agradaram muito e foram as responsáveis pela nota que decidi dar, porém a execução e apresentação de outras fizeram com que o livro perdesse seu brilho. Assim, posso dizer que o livro é uma opção interessante para distrair, para passar o tempo, para quem é fã e para quem gostaria de imaginar o que vem a ser real e o que vem a ser fictício ao longo das páginas e palavras aqui mostradas. Uma parte de um dos youtubers mais conhecidos do Brasil está nestas páginas, porém suas diversas vidas e algumas mortes podem ter provocado a perda do brilho nos olhos de um livro que poderia ser muito mais do que foi.

  • PC Siqueira Está Morto
  • Autor: Alexandre Matias
  • Tradução: -
  • Ano: 2016
  • Editora: Suma
  • Páginas: 255
  • Amazon

rela
ciona
dos

Livros de ficção mais vendido de 2021 Lançamentos de livros previstos para fevereiro Um livro para cada fase da lua Os melhores quadrinhos de 2021